História Em Dezembro - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Narcissa Black Malfoy, Pansy Parkinson, Ronald Weasley, Scorpius Malfoy, Viktor Krum
Tags Dramione
Exibições 130
Palavras 911
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpe pela demora .....
Espero que gostem.

Capítulo 3 - Capítulo 3.


Fanfic / Fanfiction Em Dezembro - Capítulo 3 - Capítulo 3.

Draco.
Sai da minha sala a  procura da granger , ela ia me pagar por me deixar duro o dia inteiro , ao chega na sua mesa ela não estava mas liguei pro porteiro e perguntei da granger , ele disse que ela estava saindo.
Desci com toda a velocidade que pude e entrei no carro , ia segui-la e descobrir onde morava, depois de uns 15 minutos seguindo ela , hermione estacionou e desceu do carro e fiquei observando de onde eu estava e ao me deparar com um bebê loiro e olhos azuis como meu , fiquei sem saber o que pensar , será que ela era casada? Aquela criança era parecida comigo. A granger vai ter que me explicar muita coisa, porque ela não me disse que estava grávida , eu sei que foi um erro aquela noite mas a criança não tinha culpa.
Esperei hermione sair pra poder ir embora pra casa.
Cheguei em casa depois de 20 minutos , não conseguia pensar em nada , por isso o projeto da creche , ela queria o bebê perto dela, será que ela amamenta ?
Não conseguia pensar em nada como puder ser rude com ela ., não vou conseguir me perdoar se o bebê for meu.
Tomei um banho e ao sair do banho resolvi ligar pro hospital ., ela tinha o plano  de saúde do escritório , era isso ! Peguei o celular e disquei o número do médico.
-Alô, blasio falando.
- Blasio, preciso falar com você. - diz draco.
- Fala meu chapa , o que ta pegando?
- Eu quero saber se existi alguma paciente que você atende - diz draco
- E qual o nome dela- pergunta blasio.
- A mãe da criança é a granger- diz draco.
- Puta merda malfoy,não vou da informação da Valentina pra você, será que não causou problemas demais pra granger? Deixa ela seguir em frente.- diz blasio.
- Blasio , aquela criança é a minha cara , por favor cara me diz ela é minha filha?- pergunta malfoy.
- ela tem seu sangue, isso é a única coisa que posso falar. - diz blasio.
-blasio, a granger amamenta a bebê? - pergunta draco.
- desde o dia que Valentina nasceu, Valentina é a criança mas amada que já vi , por isso por nossa amizade não faça besteira. - diz blasio.
Não conseguir dormir nada , virava de um lado pro outro , as horas passava diante do meus olhos, assim que deu 6 horas resolvi levantar e vi pro escritório, não conseguia pensar em nada a não ser no bebê que hermione levava em seus braços.
Assim que cheguei no escritório chamei a secretária e disse que queria a granger na minha sala.
Resolvi tomar um dose de wisque pra acalmar os nervos, deu 9 horas e nada da granger e quando por fim a granger entrou da minha sala.
- bom dia flor do dia.
- bom dia malfoy- diz hermione.
E como está a Valentina? - pergunta draco.
- como você sabe dela?- pergunta hermione pálida.
- eu vi você com ela - diz draco
- e porque voce quer saber dela?- ela é minha malfoy- diz hermione.
-errado granger, ela é nossa, porque não contou que estava grávida? Ficou com tanto ódio de me que descontou na nossa filha? Ela é minha filha..- diz draco.
- ela não é sua filha.- diz hermione.
- Então vamos fazer exame pra ve- diz draco.
- Não, por favor malfoy,  não a tire de me - diz hermione aos prantos.
- ela tem quantos meses?- pergunta malfoy.
Vai fazer seis em duas semanas- diz hermione.
Pois bem vou aprovar o seu projeto, sei que quer continuar a trabalhar e não quer deixar ela tão longe de você. Hoje ainda você vai morar comigo, não aceito não seu., você vai trazer suas coisas e da nossa filha e o resto compramos quando dê tempo.
Você está liberada por hoje , pra resolver as coisas na nossa filha e nem tente falar nada.
Assim que hermione saiu da minha sala , meu celular tocou:era o blasio.
- o que aconteceu?
- preciso que você libere a granger, Valentina está com alergia e ela não quer outra coisa , só peito.- diz blasio.
- Eu vou levar a granger até ai.
- Te agradeço- diz blasio
Sai da minha sala e conseguir ir atrás da granger, ela me perguntou o que houve?
Eu apenas disse Valentina está precisando de você.
- porque não me disse que ela estava doente - pergunta malfoy.
- você não iria me liberar.
Vamos logo que Valentina precisa de você.
Entrei no carro e fomos pro hospital, assim que chegamos no hospital blasio já estava esperando por nós, blasio o que houve?
- deixe hermione vim logo , ela precisa dela e está com fome.- diz blasio.
Assim que vi hermione sentar na poltrona e abrir a blusa e da o seio pra nossa filha se alimentar , fiquei fascinado por aquela prova de amor, cheguei próximo delas e perguntei o que ela tinha , hermione disse que era uma alergia que nunca passa.
Perguntei como era isso.
Ela disse que quando ela começa a comer alimentos , Valentina do nada começa a ficar vermelha , calma eu tenho essa alergia, vou falar com blasio e dizer que também tenho.
- obrigada malfoy - diz hermione.
-Faço e faria tudo por vocês.


Notas Finais


Quem não entender alguma parte pode perguntar...
Espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...