História Em festa de criança... Adulto é quem se diverte! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Saga de Gêmeos
Exibições 44
Palavras 2.607
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Pessoinhas e Pessoonas,
Demorei, né?
Mas acreditem, fazer comédia não é fácil, precisa de muita inspiração.
E eu não tive, mas não ficou tão ruim! Tem falsa modéstia, talvez sim!
Mas de verdade, espero mesmo que gostem.
Riam, por favor, nem que seja de pena!
Beijos!

Capítulo 3 - Capítulo 3


Capítulo 3

Às dez da manhã os convidados começaram a chegar. De início ficavam um pouco surpresos com a estranha mistura de temas, mas o evento estava tão bem decorado e tão divinamente organizado que logo a surpresa virava admiração. Os pais das crianças estavam encantados e esse encantamento era partilhado pelos pequenos que olhavam para tudo com olhinhos curiosos brilhando de alegria.

Para que os adultos pudessem aproveitar de toda estrutura da festa havia sido sugerido no convite o uso de roupas confortáveis e descontraídas. Todos os cavaleiros e amazonas estavam vestidos de calças jeans e camisetas, aos pais foram fornecidas camisas com os personagens temas. Rômulo estava vestido com uma camisa do Seriguejo, Juliet usava uma do Bob Esponja, já Katrina vestia uma camisa da Ana e Elsa e Camus uma do boneco de neve Olaf.

Crianças corriam para todos lados enquanto se empanturravam de cachorro quente, pipoca e outros salgados e, ao que parecia, tinha um estranho imã que os atraía o Cavaleiros de Gêmeos. Saga levava esbarrões, pisadas no pé e já estava todo sujo de molho de tomate. Ele se perguntava se a "Tia Celeste" não havia pago aqueles filhos do demônio para fazerem aquilo propositadamente. "Tia Celeste" que, por sinal, não havia aparecido apesar das quase duas horas de festa. Ele não tinha dúvidas que a mulher deveria estar exausta após a noite em claro e a festa corria muito bem com o trabalho dos funcionários, mas a ausência dela trazia ainda mais insatisfação ao homem, de repente a sensação de que não voltaria vê-la lhe trazia um estranho desconforto.

- Senhor Saga Acelo?

- Sim! - O cavaleiro se esforçou muito em não transparecer sua contrariedade ao ser abordado por um funcionário do buffet.

- Celeste pediu para que nos reportássemos ao senhor caso precisássemos de orientação.

Saga apenas bufou. Como odiava aquela mulher!

- Do que precisam?!

- Os animadores não vieram, precisamos de pessoas que possam substituí-los...

- Me diga, mocinha, olhe para essa legião de pequenos titãs e me diga se eles precisam de mais animação? Parece que estão sobre o efeito de tóxicos! Não faremos nada que dê ainda mais disposição para essa corja!

- O senhor não compreende, o show de animação é justamente para que as crianças se acalmem...

- Como assim?!

- Elas se sentam e acompanham a apresentação dos personagens tema! Precisamos que assim seja para que também possamos descansar um pouco...

- E os tais animadores não chegaram?...

- Exatamente!

A jovem chegou a recuar diante do olhar maléfico que o homem fez. Os olhos pareciam te um estranho brilho avermelhado e ela tinha certeza que se alguém ali estava sob o efeito e alguma droga era ele.

- De quantos "animadores" precisa?

- Cinco pessoas, quatro para os principais personagens de Bob esponja. Uma delas deve ser mulher, pois se apresentará como Elsa.

Os olhos do homem brilharam com ainda mais malícia. Ele apontou um grupo de cinco rapazes que conversavam de maneira animada em uma mesa próxima.

- Ali estão seus animadores, o loiro tem uma beleza bem andrógena, tenho certeza que fará uma ótima Elsa, não acharia pessoa mais capacitada, pode até fazer alguns afeitos especiais no show! Aquele moreno, é tão boboca quanto o Bobo Esponja, o de cabelo cumprindo com cara de chinês é tão insosso e chato quando o Lula Molusco, o de cabelo verde vai fazer o que você mandar, é muito prestativo, faça o seguinte, troque ele com o moreno, ele tem um pouco mais de neurônios, deixe o moreno com o Patric! Aquele com cara a cicatriz no olho fará um bom Seriguejo. Ele vai se recusar, mas se pagar cem "mangos" ele aceita, viu como ele serve perfeitamente para o papel?! Será, um sucesso, mocinha, eles estarão praticamente interpretando a si mesmos!

Rindo feito uma hiena enlouquecida o homem se afastou da garota que havia se arrepiado de medo com a risada assustadora. Saga estava feliz, finalmente teria sua vingança daqueles cinco!

-----------------------------------------

- Para onde estão indo, Igo? - Hyoga sentia o corpo todo se arrepiar com o fala de Clarisse que o abraçava por trás e sussurrava em seu ouvido. Ele e Amazona de Lebre estavam namorando há um ano e meio e ainda assim ele sentia o corpo responder de imediato a qualquer aproximação dela.

- Não sei, linda, nós chamaram para fazer uma espécie de animação ou coisa assim.

- Vou com vocês, fiquei curiosa! - Disse a loira dando o beijo no rosto do namorado.

----------------------------------------

No lugar indicado para fazerem a troca de roupa, quatro cavaleiros de bronze e uma loira belíssima riam, riam, e tinham a barriga doída de tanto rir.

- Mas é claro que me recuso a fazer isso, senhorita! Sou um homem! Eu nem mesmo caibo nesse vestido! Clarrisse, amor, linda...

- Nem adianta, Igo, por nada nesse mundo vou me privar do prazer de ver você se apresentar de Elsa, é loirinho como ela!

- Você também é loira, Cla, por favor! Os rapazes vão se apresentar tão fantasiados que ninguém vai reconhecê-los, mas eu, todo mundo vai me ver de vestido cantando "Let it go"!

- Vão sim!

- Clarisse!

A garota ria enquanto via duas garotas passarem o vestido azul da princesa Disney pelo torso do namorado.

-  Vai ver só, Clarisse, relações cortadas com você, acabou sexo gostoso depois do treino, é bom que nem chegue perto de mim!

A loira foi até o namorado, que agora tinha aumentados por um aplique, e lhe deu um beijo devasso nos lábios, deixando o restante dos presentes constrangidos.

- Não faça promessas que não será capaz de cumprir, amor! Te vejo mais tarde e prometo que me visto de princesa Elsa só para você!

Ainda olhando para cara de contrariado do namorado a loira se afastou mandando um beijinho no ar para ele, o deixando ainda mais aborrecido e os demais cavaleiros rindo ainda mais.  

--------------------------------------

As crianças já estavam sentadas para verem a apresentação assim como os adultos que estavam confortavelmente instalados nas mesas. A primeira apresentação foi a da turma do Bob esponja. Como Seiya, Shun, Shiryu e Ikki estavam completamente fantasiados ninguém os reconheceu. Apenas Saga ria de satisfação, mas não tanta quanto queria, pois os bronzeados pareciam estar se divertindo muito com aquela apresentação estúpida. Seiya e Shun interpretaram perfeitamente seus papeis, assim como, surpreendentemente, Ikki. Shiryu era tão sem sal e sem expressão que conseguiu ser mais sem graça e monótono que  o próprio Lula Molusco.

Fato é que apresentação fora um sucesso e os três aniversariantes, assim como as demais crianças riam e batiam palmas entusiasmadas.  Clarisse se sentou na mesa junto a Camus e Katrina, apesar da loira ter tido um caso com Camus antes do casal se casar e até mesmo ter participado de planos arquitetados pelo ex-cavaleiro de Taça contra o aquariano e o Santuário, agora era uma amiga querida da duquesa de Norfolk depois de ter se redimido atuando junto a Hyoga para salvar a vida do duque.

- Se preparem, a próxima apresentação será emblemática!

- O que andou aprontando, Clarisse?! - Camus perguntou jocoso.

- Eu?! Absolutamente nada! Mas garanto que vão gostar muito da apresentação de "Let it go"!

Assim que a jovem terminou de falar as cortinas do palco improvisado se abriam e um Hyoga, vermelho como um pimentão, duro feito uma estátua de gelo e vestido como a princesa Elsa, surgiu.

Um silêncio tangível tomou conta do lugar enquanto a música que seria apresentada não começava a tocar. Cavaleiros e Amazonas completamente mudos, sem conseguir creditar no que viam. Um choro de bebê foi ouvido e Juliet, esposa do cavaleiro de Câncer, acalentava a filha, Valentina, que parecia assustada com a visão que vinha do palco. Mas o choro foi superado uma por sonora gargalhada que, de tão absurda, conseguiu chamar ainda mais atenção que o cavaleiros de cisne vestido de princesa Disney.

- Louis! Para! - Katrina tentava conter o marido que chegava a por mão na barriga.

Ninguém nunca havia visto o cavaleiro de Aquário rir de forma tão entusiasta, mesmo que ele não fosse mais tão frio e impassível desde que havia se casado e se tornado pai, quanto mais gargalhar como estava fazendo. O homem chegava a lacrimejar e nem mesmo os beliscões da esposa foram capaz de contê-lo! Até Milo sentia pena do pobre cavaleiro de bronze que estava  para congelar o mestre e provar, novamente, quem era o mais capaz na hora de atingir o zero absoluto.

A música começou e tremendo de raiva Hyoga começou a se apresentar olhando com ódio para Camus e Clarisse que batiam as mãos no ar rindo sem parar. As atenções já haviam se voltado para apresentação pífia protagonizada pelo bronzeado quando, no momento em que a música chegava ao seu ápice o cavaleiro foi abruptamente empurrado por uma outra Elsa.

- Não vou permitir que destrua com a imagem dessa rainha diva! Sai do palco, pato! Deixa que quem sabe da coisas assuma!

- Senhor Jesus! - Shura colocava a mão no rosto e balançava de um lado para o outro a cabaça como se não acreditasse no que via.

- Aquele é o Afrodite?! - Perguntou Aiolia.

- Ele mesmo! - Falou Rômulo rindo.

- Ele está com a perna depilada? - Dohko comentou parecendo chocado.

- Deve ser meia...- Milo sugeriu.

- Não é não! é a perna dele mesmo, malditos homens, olha a perna dele! - Katrina disse indignada.

- Meus olhos sangram! - Gemia Shura!

Afrodite divou! Perfeitamente fantasiado, chegando até mesmo a confundir algumas pessoas quanto a seu gênero, pediu para que a música voltasse a tocar desde o início e fez uma dublagem impecável, com todos os movimentos de Elsa ao cantar a música no desenho. Ao terminar o cavaleiro de peixes foi ovacionado e aplaudido de pé!

- Não quero nem saber como foi que ele aprendeu a fazer toda essa performance! - Shura faltava querer enfiar a cabeça num buraco, será que o homem não percebia que era um cavaleiro de ouro! E quando Saori subiu ao palco para abraçar o pisciano, toda alegre, o defensor da décima casa se perguntou se dar sua vida por Atena era mesmo uma escolha honrosa para sua vida, mesmo ainda se sentindo o mais fiel seguidor da deusa.

------------------------------------

Saga ria de forma descontraída após a apresentação de Afrodite.

- Então está de divertindo, Acéfalo?!

- Tia Celeste, não pensei que fosse vê-la, já recomposta?

- Consegui dormir por umas três horas, me sinto renovada. Como estão indo as coisas?

- Um verdadeiro, sucesso, devo dizer, e não graças a você! Lembro que fez constar no contrato que o tema Bob Frozen era minha responsabilidade, acho que vou querer uma gorda comissão, não esqueci o valor absurdo daquele cheque. Além do mais, só tivemos essas apresentações inesquecíveis por eu ter achado substitutos mais que adequados para o seus animadores que nem mesmo vieram. Vou abrir concorrência... Mundo Mágico do Tio Acelo! Viu como soa inocente, bucólico e não pecaminoso e sugestivo como Celebração Celestial?  

Celeste respirou fundo. O homem era insuportável.

- Com o seu gosto por crianças tenho certeza que será um sucesso, isso se não se levar a falência comendo todos os doces para compensar suas frustrações.

- Como é malvada, Tia Celeste! Mas acho que devíamos fazer uma sociedade, eu com as ideias brilhantes e minha espetacular capacidade de gerenciamento e você com o seu conhecimento sobre os gostos das pestinhas. Temos um acordo?

Ele lhe estendeu a mão e ela apenas o ignorou, passando por ele para conversar com uma de suas funcionárias. Saga ficou observando a morena se afastar reparando nos atributos traseiros da jovem; decidiu que precisava urgentemente de um brigadeiro!

---------------------------------------

Shaka não tirava os olhos da loira que brincava animada com Victório, irmão gêmeo de Valentina e Filho de Rômulo e Juliet. Não a via desde o casamento do casal. Ela estava ainda mais bonita, suas formas ainda mais femininas com a passagem de um pouco mais de um ano. Pensava em uma forma de arrastá-la para algum canto, onde, que sabe, após ser habilmente persuadida ela colocasse aquele boca linda em volta de seu membro.

Viu uma animadora da festa tirar o bebê do colo da jovem e se aproximou.

- Parece mais atenta hoje, senhorita, ainda não a vi trombar em ninguém!

Aisha sentiu cada célula do corpo reagir àquela voz. Mesmo tendo se passado mais de um ano desde a última vez a que a ouvira ela se lembrava do tom grave e másculo com perfeição.

- Como vai, senhor Shaka? É esse seu nome, sim?

- O nome mesmo é Eliot, mas todos me chamam de Shaka por ter sido o nome pelo qual meu mestre, um guerreiro indiano, me chamava.

- Gosto do Eliot... É menos...  Sério...

- Sou um pessoa série, senhorita Aisha, em tudo que faço, quando tivermos uma oportunidade mais adequada para nos conhecermos lhe provarei o que digo.

- Me mudo para Grécia semana que vem! - A loira afirmou dano a Shaka um belo sorriso.

Embora mantivesse o rosto inexpressivo o virginiano sorriu com a informação.

- Então nos vemos por ai, senhorita!

Sem dar chance dela se manifestar o cavaleiro de afastou já imaginando o que faria com a bela prima de Juliet quando ela se mudasse em definitivo para Grécia.

------------------------------------

Após as apresentações e o parabéns os adultos se entregaram definitivamente à festa. Mesmo os cavaleiros de ouro, conhecidos por sua seriedade  e prepotência, caíram com tudo na diversão. Disputavam quem pulava mais alto na cama elástica, quase acabaram com o bate-bate de tanto se baterem, disputaram cabo de guerra. Na verdade a disputa do cabo de guerra começou entre Saga e Shaka, sempre houve uma entre os dois uma rivalidade quanto a quem era o cavaleiro mais forte, aos poucos, como a "guerra" não acabava e as crianças estavam sendo privadas do brinquedo, outros cavaleiros foram se juntando, ora ao lado de Saga, ora ao lado de Shaka.

Após intermináveis 40 minutos de uma disputa infantil, com Shaka, Mu, Milo, Camus e Shura de uma lado e Saga, Kanon, Aiolia, Rômulo e Dite de outro, que levava os espectadores aos risos, Aldebaram acabou com a brincadeira derrubando todos os dourados puxando a corda pelo meio.

Celeste olhava fascinada para o senhor "Acéfalo". Saga brincava de forma descontraída, estava tão sujo quanto qualquer criança, deslaço, usando apenas uma calça jeans clara fazendo a jovem admirar o torso perfeitamente desenhado. Ficou encantada quando o homem pegou os dois meninos que aniversariavam e carregou um em cada braço brincando de avião. Ele tinah um sorriso lindo e parecia estar muito feliz.

Riu quando o viu olhar irritado para mesa de doces.

- Algum problema, senhor Acéfalo?!

- Eles comeram tudo! - Ela quase podia ouvir uma voz de choro.

- Já faz mais de uma hora que catamos o parabéns, o que esperava?

- Maldito Shaka! Me prendeu no cabo de guerra! Olha lá, só sobrou aquele horrendo bolo de ameixa! Nem as velhinhas amigas de Lady Margaret comeram daquela coisa!

A jovem colocou uma caixa em frente ao cavaleiro, nela havia um enorme pedaço de bolo (de coco com doce de leite) e vários docinhos.

- Percebi que estava distraído com a brincadeira com seus amigos... Obrigada pela ajuda, Saga, não teria dado tudo tão certo se não tivesse me ajudado.

O cavaleiro foi até a mulher e lhe deu um beijo suave nos lábios.

- Quando a festa acabar, Celeste, teremos a nossa comemoração!...

CONTINUA 


Notas Finais


E terminamos esta festa no capítulo que vem junto com a fic.
Aguardem a comemoração de Saga e Celeste regada a muita calda de chocolate!
Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...