História Em poucas palavras - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Jellal Fernandes
Tags Jerza
Visualizações 62
Palavras 289
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Em poucas palavras o White Day


Fanfic / Fanfiction Em poucas palavras - Capítulo 1 - Em poucas palavras o White Day

Eu nunca vou esquecer da visão dos cabelos vermelhos de Erza Scarlet através das janelas de vidro da escola. Era incrível como o vento o convidava para dançar; e como a harmonia do escarlate voando ao seu prazer sob a tela azul do céu me hipnotizava. E foi justamente um solitário fio escarlate que, há um mês, encontrei no meu armário, solto, caído junto da caixinha anônima de chocolate de dia dos namorados.

Desde então, eu me perguntava se seria possível que justamente ela, a garota dos meus sonhos, tivesse colocado aqueles bombons ali. E planejei cuidadosamente a minha declaração no White Day. Reuni toda a minha coragem para arriscar com tudo o que tinha. Eu só torcia para que tivesse sido realmente ela a me entregar os bombons ou a minha cara de idiota eu realmente não saberia onde enfiar.

E então, quando eu observava seus cabelos dançando com o vento, meu peito se encheu de coragem para gritar seu nome. Erza Scarlet.

Tenho certeza de que o rubor do meu rosto envergonhado não era tão lindo quanto o vermelho dos cabelos dela, dos lábios sorridentes dela a receber o pequeno ursinho que eu planejei como retribuição aos chocolates do Valentine´s Day.

“Eu pensei que você não perceberia os meus sentimentos nunca” foi o que ela disse. E meus lábios externaram a felicidade do meu peito, que sorria em meio às batidas descompassadas.

Enquanto nossos rostos vermelhos, escondidos pelos fios escarlates dela, encostaram seus lábios pela primeira vez, eu pude sentir que meu amor de longe sempre fora retribuído. E não era somente eu que lhe retribuía no White Day. À partir dali, os nossos destinos seriam marcados pela retribuição dos sentimentos, dos nossos sentimentos mútuos de amor.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...