História Em Quadra! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Haikyuu!!, TWICE
Personagens Baekhyun, BamBam, Chen, D.O, Dahyun, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Jungyeon, Kai, Mark, Nayeon, Rap Monster, Suga, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Ação, Amizade, Amor, Aventura, Bts, Colegial, Drama, Esportes, Exo, Gay, Got7, Haikyuu, Romance, Taekook, Vkook, Voleibol
Visualizações 43
Palavras 1.104
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shounen
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Explicando coisas: Algumas frases em itálico são os pensamentos dele na hora porque a fic é ele contando a história então ele meio que lembra de alguns pensamentos.
Dahyun do Twice na fic tem 7 anos <3
Se vocês notaram os filhos são tudo no hyun/hyung, tipo aquelas família de Ana Paula, Ana Maria, Ana Clara...entenderam, né? KK

Boa leitura^^

Capítulo 3 - Desafio


Fanfic / Fanfiction Em Quadra! - Capítulo 3 - Desafio

Sem dúvida o terceiro ano do ensino médio não é nem de longe o mais fácil. Você está no fundamental e já está sofrendo antes do tempo pelo ‘terceirão’.

–Tae, você tem que começar a ir atrás de concursos! Eu sei que você trabalha com o seu pai e que quer investir no vôlei, mas...e se não der certo?

Suho na maior parte do tempo não passava de um avoado, ele vegetava toda hora durante todas as aulas. Um verdadeiro terror na educação física, não é à toa que estava no clube de pintura. Mas ele ainda assim era inteligente.

–Como assim “se não der certo”? Não tem como não dar certo!

–Sei lá...só quem sabe, você não nasceu pro vôlei.

–É claro que nasci pro vôlei! Sou um ótimo meio de campo! –mordisquei meu sanduíche.

–Mas você nem joga no time! –protestou bebendo seu leite fermentado em seguida.

Eu já sabia daquilo, mas ainda acreditava que iria ter algum dia a oportunidade de jogar sério.

–Você quer fazer arte, né?

–Sim. –me olhou acanhado, sem muita segurança em responder ou não.

–Pois e como você sabe se dará certo? Tipo, se suas obras não fizerem algum sucesso você passa fome.

–Mas essa não será minha real profissão. Se der certo melhor, senão eu apenas fico tentando enquanto sou psicólogo.  

Revirei os olhos e continuei com meu lanche.

–É por isso que estou falando que você precisa de uma coisa fixa pra não passar fome caso o vôlei não dê certo!

Ele tinha razão, mas eu queria acreditar que apenas meu sucesso no voleibol masculino coreano, iria garantir-me uma boa vida.

–Hey, olha lá! É a Nayeon!

Suho apontava para algum luar às minhas costas, olhei para trás com a bochecha explodindo pelo tamanho do pedaço que mordi e a vi.

A garota mais bonita, inteligente e atlética da escola. Ela fazia parte do clube de voleibol feminino e mesmo com seu porte físico “fraco” ou “delicado”, era uma ótima receptora.

–Meu deus, ela ta vindo pra cá! –Suho tinha uma síncope toda vez que o assunto era “uma garota bonita do colégio”.

–Bom dia, Tae. –disse ao passar por nossa mesa acompanhada de suas amigas.

“Bom dia”? Pra mim?

Quase me engasguei com o bocado de pão que estava mastigando quando vi a expressão assustadora de Suho.

–ELA SABE SEU NOME! –Suho gritou fazendo o refeitório inteiro olhar em nossa direção, mas como esperado de mim, eu já havia fugido pra bem longe.

Discrição era o ponto fraco de Suho.

 

Eu não aguentava mais ver números na minha frente. Por que matemática tem que ser tão difícil? Resolvi descansar um pouco após um dia inteiro de estudo. Mesmo já sendo final de tarde fui ao clube, sabia que não haveria ninguém lá aquele horário. Me enganei.

Será que esse cara nunca descansa?

 

–Olá, Jungkook.

–Não me atrapalhe. –QUEM ELE PENSA QUE É?

–Eu mesmo sendo auxiliar, entrei no clube para jogar vôlei e é isso que vim fazer! –cerrei os punhos o enfrentando.

–Você acha que pode simplesmente entrar em um ginásio, pegar uma bola, jogar pra cima e dizer que está jogando vôlei? –ele vinha na minha direção com o mesmo olhar do outro dia, mas eu estava cansado daquele cara.

–E não é isso que você faz?

Olá, eu sou o Kim Taehyung e no tutorial de hoje vou ensinar como provocar alguém até apanhar!

 

A expressão desgostosa de Jungkook se fixou em seu rosto.

–Você fala mais do que joga, ferrugem.

Sério? Que piada de criança.

–Achei que fundamental não participava do clube de voleibol.

Sim, eu estava afrontando, mas eu estava louco pra chorar de medo por dentro.

–Vou te mostrar como não sou do fundamental. –sorriu irônico.

–Isso foi uma afronta. –me posicionei do outro lado da quadra vendo um sorriso assustador se esboçar eu seu rosto. –Saca, covarde!

 

Talvez nesse momento você esteja pensando “Taehyung é louco!”, “ele desafiou o melhor jogador da sua escola e cidade sem nunca ter jogado sério com alguém antes!”, mas acredite, eu também estava pensando isso enquanto o desafiava.

Jungkook tinha evidentemente mais experiência em quadra do que eu, muito mais. Ele tinha habilidade, mas isso era um fator comum para nós dois.

Seu saque foi em direção ao final da quadra, mas meus pés eram mais rápidos que meus pensamentos, me fazendo alcançar a bola e lança-la de volta ao outro lado da rede com uma manchete.

Eu nunca havia mostrado meu talento a ninguém, talvez até fosse por isso que ninguém acreditava no meu potencial, mas eu sabia muito bem do que era capaz.

Me virei voltando à posição rapidamente e vi o “Grande JK” atônito.

–Não contavam com minha astucia! –citei o grande Chapolin vendo Jungkook franzir o cenho em seguida e rebater contra minha jogada marcando o primeiro ponto.

Certo, era óbvio que isso ia acontecer.

Minha dignidade foi pisoteada, ou melhor, levou várias boladas. Mas eu não estava triste, pelo contrário, foi um jogo bom, onde tive certeza que eu tinha chance contra Jeon Jungkook, o Grande JK.

Eu não conseguia marcar ponto em Jungkook, mas para quem nunca havia jogado sério antes, minha recepção era excelente –mesmo perdendo–.

 

–Então isso que é cortar, TaeTae?  -minha irmãzinha perguntou enquanto assistíamos a uma partida de voleibol feminino na TV.

–Exatamente! Você aprende rápido Dahyun! –a elogiei afagando sua cabeça.

Mesmo sentados no chão enquanto Baek dormia no sofá, torcíamos como loucos.

–Maninho...um dia eu quero ser igual à ela! –apontou para a televisão.

–A camisa 5? –perguntei.

–Sim! Eu quero aprender a cortar igual à ela! –Dahyun era mais inteligente que eu e Baekhyun juntos.

–Da pra fazer silêncio os dois?! –murmurou e jogou uma almofada em nós.

Tava demorando.

–Aish Baekie, eu queria que você me ensinasse coisas que nem o TaeTae! –Dahyun fez uma carinha triste e Baekhyun a olhou.

–Eu te ensinei a limpar a bunda!

–NÃO CONTA! FOI SÓ PORQUE VOCÊ NÃO QUERIA ME LIMPAR E MESMO ASSIM EU FICAVA SUJA!

–Você nem lembra! –retrucou.

–Foi o TaeTae que contou, então é verdade.

–Não devia confiar tanto no que esse toupeira te conta, DaDa!

Os dois estavam discutindo.

Baekhyun tinha 21 anos e Dahyun 7. Acredite, por mais que pareça o contrário.

–Ás vezes acho que eu sou o irmão mais velho. –soprei.

 

Baekhyun é um pé no saco, mas ainda era meu irmão e por mais que seja horrível admitir...eu o amo.

Dahyun com certeza trilharia quase os mesmos caminhos que eu, com certeza ela será uma grande atacante e ficaríamos conhecidos como “Família do vôlei”.

Menos Baekhyun, ele ficaria dormindo.

 

 


Notas Finais


Obrigada por ler e não esquece de comentar, xuxu^^

Confira minhas outras fanfics:
Imagine Jungkook:
https://spiritfanfics.com/historia/magnetic-love--imagine-jungkook-8271022
Imagine Yoongi;
https://spiritfanfics.com/historia/the-love-contract--imagine-yoongi-8900462

Quer que eu faça sua capa?
https://goo.gl/forms/1QJxY3uGT6uliiyJ3


Até o próximo e beijos da tia Po satanubbie <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...