História Em sintonia com Bangtan Boys - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~BBC_Zicova

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 38
Palavras 1.692
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Nossa, mas a foto do cap n ta combinando com o nome ''cronograma''
Gente, ao lerem o cap vcs vão entender ;-;

Capítulo 7 - O Cronograma.


Fanfic / Fanfiction Em sintonia com Bangtan Boys - Capítulo 7 - O Cronograma.

 

— Kim Taehyung On —

Jungkook não saiu do quarto o dia inteiro. Ele sempre fica horas tocando violão, mas já está lá a muito tempo, ele sai para almoçar mas dessa vez não saiu... Karoline também não desceu para almoçar. Faz exatamente três horas que há pedi para chamar Jungkook. Estou ficando preocupado com os dois.

-Jiminnie – o chamo recebendo sua atenção que antes se dirigia ao rádio de pilha de Namjoon.

-Sim.

-Jungkook e Karoline ainda não desceram- Jimin me olha incrédulo- Estou preocupado com eles, poderia os chamar?- pergunto e Jimin assenti, se levantando, logo subindo as escadas.

— Kim Taehyung Off —

—Park Ji-min On—

Subi cada um dos degraus da escada, coloquei meu melhor sorriso no rosto e fui em direção ao dormitório de Karoline. Assim que me aproximo de seu quarto escuto o som de um violão e duas vozes cantando, uma meia desafinada e a outra calma e doce. Reconheci a voz de Jungkook mas aquela outra voz... era....

-Karoline? Karoline estava cantando?- falei pra mim mesmo baixinho, deixando uma risadinha debochada sair.

Caminhei a passos cautelosos até o nosso quarto. Abro a porta lentamente. Observando cada detalhe daquela cena. Karoline estava com a cabeça apoiada nos ombros de Jungkook, tentando meio que cantar o refrão da musica que Jungkook cantava. Risos escandalosos, sorrisos alegres. Jungkook nunca deixou que alguém se aproxima-se dele desse tal modo. Pelo menos, não uma garota. 

Fiquei parado os olhando, encostando meu corpo na lateral da porta. Um sorriso estampou em meu rosto. Parte de mim queria entrar nessa brincadeira dos dois a outra só queria ficar ali, os observando. Até o momento onde Karoline por um impulso olha em direção da porta. Ela não ficou constrangido, apenas sorriu e me saudou, chamando a atenção de kook que também olhou para mim no mesmo momento.

—Park Ji-min Off—

—Karoline Simmons On—

-O que esta fazendo? – pergunta Jimin se aproximando de mim

-Estávamos cantando, kook canta muito bem – Sorri

-Isso eu sei, eu estou perguntando o que você está fazendo?- Jimin sorriu- você canta muito mal- riu

-Ei...infelizmente eu não sou perfeita igual você- indaguei 

-Bem- ele passou as mãos nos cabelos- quem sabe um dia você chega lá- rimos

-Estou ficando com fome!- afirma Jungkook largando seu violão ao lado da cama

-Haa, é mesmo, eu tinha me esquecido- me levanto- V me pediu para chamar você para almoçar.

-E isso foi quando?- pergunta Kook

-Acho que umas Três horas atrás- afima Jimin, olho para ele espantada 

‘’Passou tanto tempo assim. Eu acabei me distraindo com Jungkook. Tenho certeza que se Jimin não tivesse subido eu poderia ficar mais umas cinco horas ouvindo Jungkook cantar que nem notaria.’’

-Vamos logo. V vai me matar- falo puxando Jungkook

-Calma, ele não vai ficar brabo pela demora- Jungkook tenta me acalmar

-Ele vai ficar brabo se ver que você desmaiou de fome por uma distração minha- kook ri enquanto o puxo para fora do quarto seguido de Jimin com um sorriso bobo no rosto.

(...)

A cada passo que dávamos. O barulho dos garotos conversando, ecoava por todo o corredor. Podia ouvir Suga resmungar, J-Hope rir, Alguém dar um tapa em um dos integrantes e algo cair ao chão. Podia ser ouvido de longe o sons dos estilhaços de vidro sendo chocado ao chão. Com certeza todos tinham chegado.

Assim que entramos na cozinha. Kook e Jimin se afastaram de mim e foram em direção ao Namjoon que olhava para um vidro de Ketchup, completamente imóvel.

-Namjoon eu disse para não mexer nas minhas compras- diz Jin furioso

-Desculpe, estava escorregadio, eu não pensei que iria cair no chão- Respondeu Namjoon com a voz um pouco travada- J-hope e Suga se entreolharam e começaram a rir da situação toda.

-Você deveria tomar mais cuidado- disse Jimin apoiando Namjoon

-Isso está parecendo sangue- disse Suga debochado, se agachando e passando uma de suas mãos sobre o Ketchup.

-Não mecha nisso, você pode se cortar- fala Jin preocupado com Suga

-Se tivessem levado Namjoon para o quarto como eu disse para fazer isso não teria acontecido- fala V se sentando na cadeira a minha frente.

-Não foi minha culpa- repetia Namjoon, logo sendo abraçado com delicadeza por Jimin, que passou as mãos em seus cabelos de quem diz ’’tudo bem’’

-Sabe...- Pronunciei uma palavra e todos olham para mim ao mesmo momento, como se não tivessem percebido minha presença ali- Vidro de Ketchup..são muito escorregadios- falo meia nervosa sobre o olhar carregado de todos- Eu posso limpar... se quiserem!

-Não, tudo bem, Suga limpara- fala Jin sorrindo ao olhar Suga

-O que? Por que eu? Foi Namjoon que derrubou!

-Mas você que passou a mão no Ketchup, aproveite e limpe suas mãos- Fala Jin ao se retirar da cozinha acompanhado dos outros garotos. Jimin ria ao olhar Suga resmungando baixinho. 

Resolvi me sentar em uma das cadeiras enquanto Suga limpava o Ketchup no chão com o todo a preguiça do mundo. Pensei em ajuda-lo mas isso faria com que Jin brigasse comigo, se ele realmente brigasse, mas achei melhor não arriscar.

Logo quando Suga terminou ele olhou para mim dando uma longa respirada. Ele abriu a boca para falar algo mas logo a fechou como quem muda de ideia em algo. Ficamos ali parados por uns cinco minutos até os outros membros entrarem. Jin foi diretamente para o fogão, algo que me espantou. Eu não imaginaria que um deles cozinha. Jin pegou alguns ingredientes que estavam sobre a bancada. Como não estava mais na hora do almoço, Jin fez um belo café reforçado no estilo Sul coreano. Todos se sentaram a mesa a espera de Jin, que logo chegou com os aperitivos que ele avia preparado. Olhei para ele sem dizer nenhuma palavra e sorri. Logo abocanhando um dos aperitivos que Jin avia preparado.

-Isto está realmente Otimo- falo com o olhar brilhante

-Obrigado- fala Jin com um sorriso nos lábios

-Jin é o nosso cozinheiro aqui- Diz Namjoon ao tomar um gole de café

-Você é realmente PERFEITO Jin- falo abismada com tanto talento na cozinha que Jin tem

-há, karoline- fala Namjoon, me estendendo um tipo de agenda- Isso aqui é o nosso cronograma. Algo que preparei para você não perder nada.- ele me entrega

-Eu vou teque fazer tudo isso com vocês- falo, folhando a agenda

-Você ganhou o Talk Show, vai estar ao nosso lado sempre- fala Jimin sorrindo

-E no que realmente estou me metendo?- pergunto

-Eventos, shows, Lives, Ensaios, Seção de fotos e... algumas surpresas- fala Namjoon dando ênfase a palavra ‘’Surpresas’’

-Que tipo de surpresas?- pergunto curiosa

-Encontros! - Namjoon fala tão naturalmente a palavra encontros que um arrepio percorre meu corpo.

-C-Como..A-assim? – falo nervosa ao olhar assustado de Jungkook

-Algo que Manager sugeriu para a mídia saber que você está se simpatizando com cada um dos membros!

-Mas, não pode ser só um de nós? – pergunta Suga um pouco intimidado ao saber que vai teque me levar a um encontro.

-Não, se não iam pensar que Karoline tem algum tipo de relacionamento com um de nós!

-E não pode ser todos?- pergunta J-hope

-Eu também havia pensado nisso, mas manager me convenceu que a mídia precisa saber que Karoline esta se dando bem com cada um em particular!

-Por mim está tudo bem- fala Jimin ao me olhar, com um sorriso lindo em seu rosto.

-Então, todos concordam- pergunta Namjoon. Todos se entreolharam e assentiram. Suga ficou uns instantes parado de quem se recusa a aceitar a ideia de passar um dia comigo. Mas acabou aceitando no final. Eu fiquei meia sem jeito ao saber que teria um encontro com cada um deles. E mais ainda por não saber exatamente o dia e nem a hora. Como disse Namjoon  ‘’ Uma Surpresa’’.

(....)

22:30 Pm 

Resolvi subir para o quarto. Eu precisava dar uma olhada nesse cronograma que Namjoon tinha me passado. E me acostumar a ter uma vida corrida e horários marcados por longos Quatro meses. Não fazia nem uma semana que estava ali e minha vida já estava virando uma bagunça. Falei para os garotos que ia dormir. Assim eles não me chamariam para Jantar. Desde que me mudei para cá confesso que minha alimentação está meia desandada. Mas eu realmente preciso de uma boa noite de sono.

Estava andando pelo longo corredor em direção ao meu quarto. Até que uma porta entre-aberta no final do corredor me chamou a atenção. Eu mal conhecia cada comodo dali, por não ser minha casa, achei melhor não me meter em qualquer lugar, eles poderiam entender errado, afinal eu sou uma estranha aqui. Olhei para os lados apreensiva e segui para a porta, tinha um sino vermelho na maçaneta da mesma. Segurei o sino para que ele não fizesse qualquer barulho e me pus a entrar no quarto.

Era uma biblioteca, com grandes prateleiras cheias de livros, separadas por cada categoria. Desde romances para terror. E no centro um piano, um piano preto que ocupava quase toda a biblioteca. Passei meus dedos sobre o piano. Ele era lindo. Logo meu olhar foi de encontro a um livro. Me aproximei do livro e o peguei da prateleira. 

‘’Anjos- A um motivo para os anjos caírem’’

Esse livro me chamou bastante atenção, era como se ele me atraísse de alguma forma.

Pensei em coloca-lo no lugar. Algum dos garotos poderia dar falta e pensar que roubei, mas... eu realmente estava curiosa sobre esse livro.

‘’Eu poderia pega-lo e falar com Namjoon amanhã- pensei comigo mesma’’

Peguei o livro e sai da biblioteca deixando a porta exatamente como eu havia a encontrado, fui para o quarto e guardei o livro na minha cômoda. Eu queria abri-lo no exato momento que cheguei, mas se eu o lesse e Namjoon não deixar, eu ficaria me corroendo por ter lido um pedaço e não saber o que aconteceria a cada capítulo daquele livro.

Coloquei meu pijama de sempre. Aquela longa camisola de seda branca  e me pus a dormir tranquilamente com a luz da lua ao meu rosto. Apesar de alguns sentirem medo pela janela estar completamente aberta, eu me sentia livre. Algo que eu prezava bastante.


Notas Finais


O livro não tem nada haver com coisas ''sobrenaturais''. é só um livro, que vai fazer sentido mais na frente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...