História Embriaguez. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Akatsuki no Yona (The girl standing in the blush of dawn)
Personagens Ki-Ja
Tags Jae-ha, Jaeki, Kija, Ryokuhaku
Visualizações 25
Palavras 421
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Shonen-Ai
Avisos: Álcool, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie \o

Finalmente voltei com mais uma Jae-Ha/Kija, apesar de estar bem besta. :3 Essa também foi inspirada em um OVA do anime. <3

Enfim, não tenho muito o que dizer, mas espero que gostem!

Desejo uma boa leitura e peço desculpas pelos possíveis erros.

Até breve! <3

Arte da capa pertence a artista Natsuki via site do Pixiv. <3 /Link nas notas finais./

Capítulo 1 - Desejo.


O Ryokuryuu observava Kija dormir tranquilamente, logo depois de provar um único gole do glorioso Sakê que haviam adquirido. Realmente os outros dragões não eram boas companhias para uma saborosa bebida, pois logo de primeira já caiam no sono por completo.

Normalmente Jae-Ha contaria com a presença de Hak para apreciar a bebida e aproveitar a noite tranquila, mas o besta trovão já havia sumido com uma Yona bêbada em seus braços. Até mesmo Yoon já havia partido para o reino dos sonhos naquele instante, portanto só restara ele, solitário e com uma enorme garrafa de Sakê para usufruir.

Depois de diversos goles e de suspiros entediados, Jae-ha começou a prestar a atenção novamente no companheiro que jazia dormindo ao seu lado. O Hakuryuu estava completamente largado sobre a grama verde, com a boca entreaberta e o rosto levemente corado por efeito da bebida. O Ryokuryuu  aproximou-se do companheiro, mesmo com a visão um pouco alterada, consegui subir por cima do corpo do menor e por ali ficou, observando Kija como uma presa indefesa e completamente absorta do perigo eminente.

Passou o olhar por todos os traços do rosto completamente delicado do Hakuryuu, os olhos fechados e cobertos pela franja bagunçada, a respiração leve e comedida, pelos lábios avermelhados e um pouco salientes.

A mente nebulosa de Jae-ha só indicava uma única e necessitada direção, aqueles lábios, por mais estranho que fosse desejava apenas provar deles, como um amante de bebidas raras e saborosas, mas que agora buscavam um gosto ainda mais requintado.

Aproximou-se vagarosamente do rosto de Kija, sentindo a respiração do mesmo bater em sua face, aquecendo-a, entreabriu os lábios sentindo a sede que agora o dominava, sede por algo que normalmente aconteceria apenas em suas fantasias, os delicados lábios do Hakuryuu. Findou o resquício de espaço entre suas bocas, provando pela primeira vez o contato completamente novo, não pode intensificar as coisas, aliás, ele era o único “consciente” ali, mas mesmo com o leve tocar de seus lábios, pode sentir o reboliço interno e a sensação de satisfação lhe atacar.

Jogou o corpo para o lado, permanecendo ainda próximo de Kija, volveu- o olhar para o céu escuro, um sorriso completamente besta insistia em surgir, fora algo tão breve, mas que não se resumiu apenas a um mero sonho.

Na manhã seguinte colocaria a culpa em sua embriaguez, pelo simples fato de tal iniciativa, mas isso ficaria para amanhã, naquele instante apenas desejava dormir e absorver por completo o leviano sabor que capturara com sucesso em sua aventura.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...