História Emison - Boate da luz vermelha - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jessica DiLaurentis, Melissa Hastings, Mona Vardewaal, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh
Tags Emison, Hot, Intersexual, Prettylittleliars
Visualizações 452
Palavras 800
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Atrasei um pouquinho mais esta ai cap. 12.... Depois me contem o que achou..

Boa noite e Boa leitura

Capítulo 12 - Me respeita


Fanfic / Fanfiction Emison - Boate da luz vermelha - Capítulo 12 - Me respeita

EMILY

Conhecer a futura sogra nessa situação não era uma boa, queria ver a desculpa da Ali agora, porque eu travei, não tinha nem voz naquele momento.

-Mãe o que faz aqui? – Isso é pergunta Ali

-Que eu saiba essa é minha casa. – Ela respondeu ainda parada na porta

-Não é isso, é que não sabia que iria chegar hoje. – Ela estava em pânico dava para perceber

-Quis fazer uma surpresa. –

-Mãe essa é Emily, uma amiga. – Está na hora de minha voz sair.

-É um prazer conhece-la senhora Dilauretis. – Sou muito educada

-Desculpe, pelos meus modos Emily, é que achei estranho você pegando na mão da Alison, isso parece um jantar romântico. – Fudeu

-Mãe, Emily é apenas uma amiga, não tem nada de errado aqui. –

-Tudo bem, vou subir para tomar um banho, termine o jantar. Foi um prazer Emily. – Sorri ainda apreensiva e ela subiu, olhei para Ali, que me olhava respirando fundo

-Nossa, nunca passei por isso. – Ela falou

-Pensei que ia ter que sair daqui correndo. – Falei rindo e ela descontraiu

Terminamos nosso jantar e eu pensando que ia ficar com a minha loirinha tive que ir para casa. Me despedi dela com um beijo rápido para não correr risco, e sai.

ALISON

Eu tentei ficar normal depois que minha mãe subiu para Emily não notar, mais eu conheço minha mãe ela não iria ficar numa boa, qualquer um que visse iria ver que aquilo não era um simples jantar de amigas. Assim que ela foi embora, fui na cozinha e organizei tudo, olhei para flores e num impulso jóquei fora, não quero dar explicações por isso também. Subi ao passar em frente ao quarto da minha mãe ela me chamou e eu entrei

-Sua amiga já foi embora? -Ela me perguntou seria

-Já sim. –

-Agora pode começar a explicar o que está acontecendo, porque se a senhorita acha que eu acreditei naquela baboseira está muito enganada. – Ela falou com um dom bem mais serio

-Mãe na boa, eu já sou bem grandinha para ficar dando explicações da minha vida. – Nossa vou apanhar eu nunca falei assim.

-Que modos são esse Alison, você me respeita pode ser adulta mais ainda mora sobre meu teto me deve respeito.

-A senhora, está tirando conclusões que não existe, ela é minha amiga. –

-Alison chega de mentir, eu não aceito isso, eu e seu pai criamos você e o Jason com valores, e eu proíbo aquela Emily de voltar nessa casa, e se eu ver você com ela, pode juntar suas coisas e ir embora da minha casa. – Nossa porque tem que ser tão difícil.

-Mãe para com isso, eu não estou fazendo nada de errada, Emily é uma boa pessoa, que gosta de mim como ninguém nunca gostou, me respeita a senhora e aceita minhas decisões. –

-Nunca, você que tem que criar vergonha na cara, onde já se viu vir com essa agora, isso tudo é para chamar atenção minha filha. –

-Que chamar atenção mãe, para com isso. –

-Chega, vai para seu quarto, eu preciso respirar. –

Fechei a porta e fui para meu quarto, nossa parece que tenho 16 anos depois disso que ridículo, deixei algumas lagrimas caírem, queria contar para Emily mais ela iria rir de mim. Ela não vai dar moral para mim despois de saber que eu ainda tenho briguinhas com a minha mãe parecendo uma adolescente, ela que é toda independente.

EMILY

Ao sair da casa da Ali, a Aria me ligou falando que estava na casa da Spen, resolvi dar uma passada lá. Ficamos conversando por horas, queria mandar uma mensagem para minha loirinha mais ela não tinha falando mais nada resolvi fiar na minha também.

Estava bom com as meninas, começamos a assistir um filme Hanna toda hora me encarrava, acho que ela queria saber de alguma coisa, eu ria. Aria tentou ligar para Ali mais a mesma não atendeu, não entendi o motivo. Spen e Aria foram na cozinha pegar mais bebida e deixou e a Han sozinhas.

-Pode ir falando, porque não era para você estar aqui. – Ela me disse

-Jantei com a Ali, e a mãe dela chegou e pegou eu a encarando com a mão por cima da mão dela, foi a maior saia justa, nunca fiquei com tanta vergonha. –

-Mais a Ali, confessou então que estão juntas?

-Não, fez uma história me colocando como amiga dela, mais acho que a mãe dela caiu, deixou a gente terminar o jantar e subiu.

-Que chato, ela não é mais adolescente para ficar escondendo isso, se ela gosta fica e ponto. -

-Eu também acho, mais vou respeitar ela, vamos ver até onde vai.

Mudamos de assunto quando as meninas voltaram terminou o filme e resolvemos dormi ali mesmo, amanhã cedo passava em casa antes de ir para a construtora.

 

 

 

Continua...........


Notas Finais


O capitulo foi pequeno, mais era só para não deixar de postar hoje....

Alison e agora???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...