História Emoção - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink
Tags Drama
Exibições 15
Palavras 301
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olázinho!

Hoje eu estou postando essa pequena e tristinha One Shot.

Eu gostei de escreve-lá, talvez eu poste mais algumas de vez em quando T.T

Boa leitura.

Capítulo 1 - Único


 

“Nós caímos para aprendermos a levantar, minha querida Jennie”

 

A frase que a garota levará para a vida nunca havia a deixado tão desorientada, as perguntas que passavam em sua cabeça a deixava tão confusa “Por que não podemos viver uma vida fácil? Sem cair, sem confusões, sem sofrimentos?” sua avó também costumava lhe dizer que o fácil era chato e monótono; ela achava que era verdade, até se machucar feio pela primeira vez.

Sempre começamos com pequenos tropeços, evoluímos para alguns tombos que com o tempo acabam ficando engraçados, mas na reta final nós ganhamos um machucado que com certeza iria deixar uma cicatriz. As vezes não é apenas uma vez que nos machucamos, são duas, três, quatro vezes até aprender que continuar a repetir aquela ação só deixaria uma cicatriz cada vez mais profunda, atacados sempre no mesmo lugar, o coração.

O coração era estupido as vezes, seguir a razão sempre foi a melhor opção; porém inocentes demais para enxergar a maldade de algumas pessoas nos deixamos levar pela emoção. A emoção sempre fora pura, mas com alguns machucados se formando no seu coração ela foi aprendendo a não confiar muito, confiava somente em quem ela tem um laço.

Mas conforme você vai quebrando, mais e mais a emoção se esvai e nos resta somente a razão. E a razão sempre fora a nossa melhor opção.

Mas lembre-se que sem a emoção a razão não tem com quem duelar, sem duelos não há novos aprendizados, sem novos aprendizados não há vida e sem a vida não há nada. E com o nada nos resta a cruel morte.

A garota sorri com desgosto, sua emoção estava destruída. Mas ela sorri, sorri por não cair mais em armadilhas estúpidas.

Mal sabe ela que quem a destruiu caiu em sua própria armadilha.


Notas Finais


Ela é bem curtinha mesmo, mas eu tentei expressar o máximo de sentimentos possíveis.

Eu não sei se deu muito certo, já que é a primeira vez que eu faço algo do tipo, mas eu espero que vocês reflitam um pouco com isso rs <3

Comentem o que acharam, se refletiram sobre algo, eu adoraria responder vocês.

Beijinhos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...