História Empire Of The Mafiosi - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Katekyo Hitman Reborn!
Personagens Chrome Dokurou, Colonnello, Dino Cavallone, Giotto Vongola, Gokudera Hayato, Kozato Enma, Kyoko Sasagawa, Kyoya Hibari, Lambo, Reborn, Rokudo Mukuro, Ryohei Sasagawa, Tsunayoshi "Tsuna" Sawada, Viper "Mammon", Xanxus, Yamamoto Takeshi
Visualizações 15
Palavras 1.491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shounen, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoo minna. Bem eu venho com o primeiro capítulo da fic,então eu espero que vocês gostem obrigado

Capítulo 1 - Descendente


"O tempo mudas coisas a o seu redor,mais não o coração das pessoas filho tanto tempo sendo a Quarto Kadzuki mais forte de todas gerações que eu nem percebi o quanto você e seu pai foram importantes para mim"

Com Amor, Mamãe" 

Namimori,7:00 da manhã...

O Sol batia na janela e entrava no quarto o iluminando uma boa parte,e também iluminava a foto da mãe do garoto que morreu em um acidente de carro no aniversário de cinco anos do garoto 

-  Tá na hora de ir,mas antes tenho que escovar os dentes

O garoto escovava os dentes e pensava que a vida tinha o minimo de sentido,ele pensou bem e vou até que tinha, a vida dele era normal,ele acordava escovia os dentes saía de casa ia para escola e voltava da escola ia para o parque

Escola Hayama...

Na escola dele tudo era a mesma  coisa,professores,alunos,coordenação,Secretaria mais uma coisa não era normal, mas uma coisa não era a mesma ele quase nunca ia pra escola se ele entrase na escola todos ia ficar olhando para o garoto que já que só ia uma vez na semana

- É ele o garoto que nunca vem para escola - Falavam dois alunos conversando no corredor

- Sério?? não sabia que era ele

- Sim é ele sim,mas porque ele veio justo hoje??

O garoto ouvia aqueles dois garotos falando dele,por um lado eles estavam certos,quem sou eu no meio dessa multidão?? Alguém importante ou irrelevante??

- Bom Dia Kusanagi - Falava o diretor surpreso na aparição do garoto 

- Bom Dia diretor

Dois minutos depois...

- Alunos esse é o novo aluno - Falava o diretor da escola dentro da sala do garoto

Ele o olhava e era mais um aluno transferido,durante todos esses anos sempre teve alunos novos de outras escola,mais isso não era novidade todo ano tem uns quinze que vem para essa escola

- Esse é o Saitou Kazou,então eu peço que sejam educados com ele ja que ele e novo por aqui,senhor Kazuo,sente-se ali - Falava o professor apontando para a mesa atrás do garoto 

O garoto pensava o por que que sempre eu estava rodeado por pessoas novas,a três anos atrás duas pessoas entraram ao mesmo tempo é por incrível que pareça todas elas sentaram do lado do garoto

- Oi meu nome e Saitou Kazou ,qual seu nome? - Falava o garoto se apresentando para o mesmo

- Meu nome e Shuukurou Tsukishima,por quer saber? - Falava o nome para Saitou

- ah nada... - Interrompido pelo sinal

Depois que o sinal toca é a hora de todos ir em embora,o garoto ia até uma locadora onde trabalhava meio período por dia

- Olá você tem o firestar 3 - Falava um garoto de cabelo branco com uma faixa na cabeça escrito "Kyoske Tsurugi"

- Desculpe Kyoske  temos está esgotado - Falava para o garoto,que sai da loja enfurecido

- Ahhh!!!!!!! - o menino gritava de raiva o garoto que ataca a faixa no chão e pisava nela com força a deixando extremamente suja

O dia estava acabando,então quando ficou de noite o garoto tinha fechado a locadora,ele foi até sua casa,ele entra toma um banho,ele percebe algo errado ele vê uma carta Branca que estava escrito "Kadzuki" então o garoto a abre e a lê 

"Shuukurou aqui é o Pai,espero que você não tenha raiva de mim,por não estar presente em sua vida,eu só quero que você fique bem

Com Amor Pai"

- Que carta idiota,ele nunca se preocupou comigo uma vez na vida e quer que eu peça desculpa - Falava o garoto jogando a carta no lixo 

No Dia Seguinte,10:00 Na Escola...

- Ei! Shuukurou Tsukishima - Fslava Saitou chamando Tsukishima

- O que foi Saitou? - Falava Tsukishima perguntando para Saitou

- Você quer vim na minha casa hoje? - Saito perguntava para Shuukurou se queria ir em sua casa

- Não,e muito menos estou interessado? - Shuukurou responde Saitou com tom alto de ignorância 

- Não seja ignorante,por favor venha na minha casa eu imploro - Falava Saitou implorando de joelhos no chão para que Shuukurou ir em sua casa 

Shuukurou suspira e responde Saitou

- Sim,eu aceito Saitou,então que é para ir? - Shuukurou perguntava para Saitou que hora era para ir sua casa

- Que tal... depois da escola ok?? - Falava Saitou fazendo um sinal de joia

- Sim,depois da escola - Falava Shuukurou saindo do local

O sinal toca,os dois saem correndo para a sala,mas cruzam com um garoto com aparência assustadora,Shuukurou olha para o garoto com a cara de novidade 

- Onde vocês estão indo?? - Falava o garoto perguntando para os dois 

- Para a sala Suguro,não queremos briga - Shuuurou falava para Suguro para não começar uma briga

- Quem é ele Tsukishima?? - Falava o garoto encarando Saitou 

- O nome dele é Suguro Kurosawa - Digo para Saitou quem era pessoa

- Não é estranho,o menino que nunca vem e o menino novo,não querem que eu não os bata até a morte - Falava Suguro com tom assustador e ameaçador - Me desculpem eu não posso resistir a infratores como vocês... - Um telefone interrompe a conversa de Suguro com os dois

- Alô 

- Quem é que fala

- Aqui é o Mishiba,então você quer se juntar a nós 

- Eu estava esperando por isso,obrigado eu aceito

- Bem vindo ao nosso grupo Kurosawa 

12:00 Da Manhã,Centro De Namimori...

- Senhor,eu estou de volta 

- Senhor Mishiba o que encontrou

- Eu encontrei uma mensagem,e o título era Kadzuki,e eu consegui chamar o Kurosawa 

- Kadzuki?? Interressante,agora traga o Kurosawa aqui,hahahaha 

No Dia Seguinte... 

Shuukurou acordava todo pensativo sobre está carta está martelando a cabeça dele, dia e noite,Shuukurou pensava se deveria realmente ir para o lugar ou não...,mas também ele não conseguia pensar que o Saitou não tem Pai

Casa De Saitou,Dia Anterior...

- Shuukurou eu quero te contar um segredo,mas não conte para ninguém 

- Sim Saitou eu não conto

- Eu não tenho Pai,sabia??

- Como assim?? Você não tem??

- Ele morreu a um ano atrás,em um acidente de carro quando ia trabalhar

Aquelas palavras sinceras de Saitou, deixaram Shuukurou imóvel naquele lugar ,isso era a primeira vez desde que Shuukurou tinha se mudado para Namimori a dois anos atrás. Em momento Shuukurou pensou e disse"vou para lá mesmo"

12 horas depois...

Shuukurou estava indo até o local que era um apartamento muito grande é quando entrou no local,entra em uma sala onde tinham várias pessoas

- Tsc... mais uma pessoa nesse lugar

- Que demora - Falava um garoto todo irritado por causa da demora

Então mais um garoto entra pela porta,ele tinha uma faixa preta na cabeça esse era Kyoske Tsurugi

Pensamento De Shuukurou - Não pode ser é o garoto da locadora 

- Interessante - Dizia garoto se sentando na cadeira do fundo

Então entra mais um garoto na sala esse era Saitou

- Então todos estão aqui então vamos começar - Falava um cara no microfone - Meu nome e Colonnello. Eu os lhe chamei aqui para serem membros de uma máfia e agora estão dispensados

- Sai da e garoto,deixa eu continuar

- Dispensados como?? Eu cheguei e já estou sendo dispensado,que coisa idiota - Falava Kyoske 

- Que inteligência ein Kyoske - Falava a pessoa o elogiando

- Pelo que eu entendi você está nos chamando para uma máfia,então a gente consenquentemente vamos virar criminosos - Falava um garoto sentado na  terceira poltrona na esquerda com aparência fechada 

- Meu jovem qual é o seu nome ? - Falava a pessoa no microfone perguntando do garoto

- Na verdade qual é o seu nome verdadeiro? - Falava o garoto com tom de ironia para a pessoa do microfone 

-Kean Sandore,irmão de Shean Sandore - Falava Kean se sentando em uma poltrona falando em um megafone

- Prazer,Oujirou Kunisawa - Falava Oujirou o respondendo, então quem são vocês? - Falava Oujirou perguntando para todos na sala

- Por que quer saber? -Falava Shuukurou o respondendo de forma grossa

- Por que se fomos formal essa tal máfia precisamos saber os nomes de cada um - Falava para todos na sala

- Shuukurou Tsukishima 

- Ryuchi Shigaraki

- Kyoske Tsurugi - Falava Tsurugi de braços cruzadoS

- Eu vou dizer uma coisa paravoces vocês,um de nós é descendente legítimo dessa máfia - Falava a Kean de forma misteriosa 

- Então quem é o descendente - Falava Oujirou se referindo a todos na sala

- Talvez seja você ou eu ou ele ali do canto ou Kyoske - Falava Shigaraki olhando para todos na sala

- De Qualquer forma eu estou saindo,já que estou dispensado - Falava Tsurugi se levantando da poltrona saindo do lugar 

- Eu também estou indo alguém mais quer ficar?? - Falava Ryuchi saindo também do lugar

- Quer saber vamos acabar com isso,até amanhã podem ir embora - Me encontrem daqui a duas semanas até lá encontrem os membros de suas próprias máfias 

Saindo lugar Shuukurou ouve uma conversa de Ryuchi com Kean

- Esse tal de Shuukurou e descendente da... 

- Sim,eu quero que você fique de olho nele,entendeu Shigaraki 

- Sim Kean pode deixar eu estarei de olho nele vinte quatro olhos 

-"Então eu sou o descendente" - Pensava Shuukurou,percebendo que era descendente 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...