História Empty - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 15
Palavras 308
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drabble, Ficção

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo Único - Empty.


Faz tanto tempo que deixei de sentir alguma coisa. Mas quando eu não sinto nada, sinto o vazio. Logo ele que me acolheu de forma tão amigável em um dia perdido enquanto caminhava em direção a morte e ela recusou-me por ser vazio demais, ou talvez fosse o fato de que eu estivesse destinado a estar vazio para sempre. O vazio de alguma forma preencheu a parte em mim que estava cheio de nada. Feito um copo: cheio de nada quando não tem água.

Ontem visitei minha amiga, mas ela não apareceu e assim veio meu amigo que machucou-me com seu brilho e retornei para casa onde encontrei minha outra amiga. Ela estava mais atraente do que o costume e abracei-a deixando que o vazio completasse-me por completo. Peguei um cigarro e deixei que a fumaça preenchesse meus pulmões para que eu pudesse sentir nem que fosse por alguns segundos cheio. Encarei a minha mãe no canto do quarto, ela estava lá, independente da hora, do dia e de como eu estivesse. Ela pegou no meu pé e arrastou-me para as cobertas, fechou meus olhos e fez-me jogar o cigarro fora. Nada fora do comum. 

Passou-se o dia assim. 

Não fui visitar minha amiga porque ela estava entrando no meu quarto. O vazio virou o pai dos meus sentimentos e como minha mãe já estava comigo, ambos simplesmente desejaram-me um boa noite e fechei os olhos. Incontáveis vezes encarei meu mundo e vi todos aquele pontos brilhantes. Minha amiga raramente sorria para mim, outras vezes sequer mostrava a cara, ela simplesmente sumia, e eu tinha que contenta-me com meu brinquedo preenchedor de sentimentos.

Era tão jovem para permanecer-me tão vazio, entorpecido, solitário. Às vezes queria que alguém tocasse-me, talvez eu pudesse sentir alguma coisa além do costumeiro vazio que também habitava meu coração, meu corpo e minha mente.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...