História Encontro ás escondidas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adam Lambert
Exibições 1
Palavras 897
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Festa, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo único


 Eu e umas amigas tínhamos combinado de sair para dançar mas estava chovendo muito, então tive que chamar um táxi. Mal sabia eu que o local era uma dessas boates onde os homens dançavam para as mulheres.
 Chegando lá, elas me esperavam na porta com a maior cara de inocentes do mundo. Pagamos nossas entradas e logo fomos recebidas por um garçom bem bonito, nos oferecendo um bom lugar perto do palco de apresentação dos rapazes.
 Estávamos bebendo e conversando até que o show começou. Estava indo tudo muito bem. Cada hora aparecia um rapaz diferente dançando. Um mais bonito que o outro. De repente eles começaram a chamar algumas moças para subir no palco e dançar
com eles.
 Como nós 3 estávamos na frente, fomos umas das1ª a ser escolhidas e um bonitão de olhos azuis me puxou para o seu lado, pegou minhas
mãos e começou a deslizar lentamente pelo seu corpo. Eu comecei a delirar, não queria que aquele momento terminasse nunca.
 Ele perguntou meu nome eu disse que era Júlia. Logo em seguida ele disse que se chamava Adam e que tinha gostado de mim e que se eu quisesse era só pagá-lo bem que ele se encontrava para concluir o show.
 Na hora, eu fiquei sem reação mas pensei: "se cheguei até aqui e gostei é melhor que seja por completo". Então, coloquei uma nota de cem em sua sunga e ele sussurrou em meu ouvido que depois mandava o número de telefone para marcarmos o encontro, mas que não era para falar para ninguém. Seria um segredo só nosso.
 Voltei para a mesa e minhas amigas me perguntaram o que aquele dançarino tinha me dito e eu só disse que ele gostou e gostaria que pagasse bem a ele e foi o que fiz. Dei a ele uma nota de cem e ele me agradeceu. 
 No momento que minhas amigas foram ao banheiro, um garçom me apareceu dizendo que um dançarino o pediu para entregar um bilhete para mim. Olhei e vi que era o número do celular dele e guardei na bolsa.  Minhas amigas voltaram e eu fiz de conta que nada tinha acontecido, depois fomos embora.
 No outro dia, peguei o número dele e liguei dizendo: 
 "Alô. Gostaria de falar com o Adam, por favor". uma voz do outro lado disse: "É ele. Quem gostaria de falar comigo?". "Você está lembrado da moça que dançou com você ontem á noite e você acabou me dando seu número de telefone? Então, sou a Júlia".
Ele disse que se lembrava mas tinha esquecido de dizer que o serviço ia ser á 3, pois um outro dançarino também tinha se interessado por mim, Tommy. Pensei antes de responder e disse: "ele é assim bom como você? Porque se for eu topo". Ele respondeu: "Baby, só na
hora que você descobrirá".
 Acabamos marcando de nos encontrar mais á noite num motel próximo á boate onde ele trabalha. Comprei uma bela lingerie e subi para o quarto marcado e bati na porta. Adam me recebeu com seu melhor sorriso e uma taça de champanhe na mão me oferecendo e disse que Tommy já estava chegando e que era para relaxar comendo umas frutas enquanto esperava.
 Pouco tempo depois, o telefone do quarto toca e ele pede para Tommy subir. Na hora, eu fiquei tensa, pois não conhecia esse outro rapaz, mas assim que ele entrou, se apresentou e perguntou meu nome. Ele disse que também se interessou por mim, mas Adam já estava
fazendo o serviço, então pediu para ele falar comigo 1º.
 Depois de apresentado e explicado a situação, Adam me ofereceu outra bebida para me deixar menos tensa e aproveitar melhor o momento. Assim que bebí, notei que realmente estava mais relaxada, então me sentei na cama. Adam começou a me beijar de leve e a me
empurrar mais para cima da cama até me beijar com gosto na boca e eu não resistir aos seus encantos.
 Ele tirou minha roupa delicadamente enquanto Tommy estava no sofá apenas olhando atentamente a cena. Adam continuou me beijando cada vez mais forte até que tirou a sua roupa também e passou a sua mão forte e macia percorrendo todo o meu corpo. Por fim, acabou introduzindo seu belo "membro" em mim e eu gozei gostoso pela 1ª vez. Quando acabou, me deu mais um beijo e viu que agora Tommy se aproximava da cama e deitou ao nosso lado.
 Tommy me pegou e fomos para o chuveiro, que tinha porta transparente, deixando Adam ver tudo. Nos amamos tomando banho e Adam não resistiu e foi lá dentro também, esquentando ainda mais a coisa. 
 Terminado o banho, nós 3 nos secamos e voltamos para o quarto, ficando deitados na cama. Eu disse que tinha gostado dos 2 e que eles tinham uma pegada forte. Depois nos vestimos e disse que nunca contaria ás minhas amigas o que tinha acontecido naquele dia, mas que queria encontrar com eles mais vezes.
 É claro que eles toparam a idéia e marcamos outra data no mesmo local. Adam pagou a conta e me chamou um táxi para não levantar suspeitas para ninguém quando chegasse em casa.
 Foi a melhor coisa da minha vida tê-los conhecido. Até hoje minhas amigas não sabem dos meus  encontros secretos, apesar de termos voltado umas 2 vezes naquela boate onde Adam e Tommy trabalham.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...