História Encontros - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Bulma, Chichi, Goku, Goten, Lunch, Marron, Personagens Originais, Raditz, Trunks, Vegeta, Videl, Yamcha
Tags Dragon Ball, Hentai, Luta, Novela, Romance
Exibições 14
Palavras 2.020
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi genteee.
Voltei.
Capítulo novo pra vocês.
Boa leitura e beijos.

Capítulo 39 - Você não confia na minha força?


RADITZ

Escutar tudo o que Vegeta e Bulma contaram a Ellie foi uma surpresa atrás da outra!

Quando achei que ela ia desmoronar sob o peso de tudo o que escutava me surpreendi com sua força e determinação... Por que não consigo confiar nela como Vegeta fez?

Foi uma surpresa vê-lo se aproximar de Ellie e se ajoelhar em frente a ela – chocou a todos que conhecem seu orgulho – mas depois, à medida que foi falando com ela; a forma como segurou suas mãos e suportou toda a dor que via nos olhos de minha fêmea; como a encorajou apenas com algumas palavras e um olhar...

Como é possível que a conheça melhor que eu? E, por mais que eu queira me enganar, não havia nenhum pingo de interesse sexual envolvido. Vegeta é louco pela Bulma desde que ela o conquistou; vai ser fiel a ela enquanto estiverem juntos.

Não, o interesse dele por minha fêmea é diferente... Quase como se ela fosse...

Sua igual!

Porra será que é isso? Vegeta tem um lado negro, sombrio que ele esconde por causa de Bulma e Trunks. Apenas alguns de nós já vimos o que ele é realmente capaz de fazer. Será que vê Ellie como uma versão feminina dele mesmo?

Se for isso mesmo estou na merda!

Se Ellie for minimamente parecida com Vegeta no seu lado sombrio... Vou precisar conter minha fêmea!

Caralho! Estamos fodidos!

..........................................................

KARL

A tarefa que Ellie me pediu vai ser um desafio. Já passou muito tempo.

Vou ter que revirar muita pedra e dar de cara em muito beco sem saída antes de achar alguma coisa... Merda!

Fora que ainda não consegui marcar uma reunião com o conselho...

Tsc. Vou ter que ligar pro meu coroa e falar pra ele interferir. Não queria ter que fazer isso, mas como membro do conselho ele pode ter mais acesso do que eu e exigir uma reunião.

- Karl desfaça a redoma. Vegeta e Bulma já terminaram de conversar conosco. Já lhe dei suas ordens. Está na hora de jantar. – Ellie estava diferente. Seu ki estava perturbado, mas havia mais coisas ali... Como se tudo o que Vegeta e a mulher tivessem falado abrissem mais camadas de sua personalidade, tão profundas que acho nem mesmo Ellie sabia que existiam.

A forma como falou que ia caçar... Senti um arrepio na espinha. Justo eu que já vi muita coisa feia no submundo... Mas que custo isso teria para a personalidade dela? Esse tipo de coisas deixa marcas...

- Karl, já falei, desfaça a redoma. – ela estava olhando friamente pra mim e me arrepiei de novo. Vou precisar falar com o Raditz.

- Antes de fazer isso quero falar sobre minha incapacidade de marcar uma reunião com o conselho; eles dependem da minha rede de informações, mas não consideram minha solicitação válida – o que é bem irritante – por isso quero te dizer que vou pedir ao meu pai que faça o pedido em seu nome.

Ela me olhou ponderando um pouco.

- Até onde seu pai é confiável e você sabe em quem ele deposita a lealdade dele? – ela foi direta. Estava pensando, pesando, planejando... Quando ela ficava desse modo não era difícil de imaginar que havia sangue sayajin correndo nas veias dela...

- Ele não é confiável e não estará ao nosso lado, entretanto, você sabe que ele é o guardião da tradição do clã. Você exigiu seus direitos de primogenitura e questionou a escolha de Yamcha para herdeiro porque ele não tem sangue Lanza. Esses também foram argumentos dele na reunião que escolheu o novo Herdeiro, entretanto, seu pai abafou esses protestos alegando que você era fraca e incapaz de liderar; e, como você teria se casado com Yamcha, ele achou alguma lógica distorcida para alegar que o cara estava destinado a ser o futuro líder. Minha posição era cômoda e não me coloquei a favor de ninguém, o que agora não é o caso, mas ele também te acha fraca, então apesar de você usar a lógica e a tradição não vai ser fácil convencê-lo da sua capacidade de liderar o clã.

Ela me olhou profundamente, pesando as informações que eu havia dado a ela. Havia cruzado os braços na frente de seu corpo e pensava.

- Angus vai estar lá? – ela pergunta depois de um momento.

- Provavelmente. Sabe que ele é o Executor e que existe a possibilidade dele lutar contra você... A lei do clã permite, pois Yamcha é apoiado pelo atual Alfa e o resto do conselho, eles vão te fazer parecer uma traidora. – alerto ela, mas por um momento ela está longe, totalmente voltada para sua mente.

Nesse momento percebo uma sutil mudança nela, Raditz também – pela postura dele ele não gostou do que viu.

- O que está pensando? Vai querer lutar com esse cara, esse tal de Angus, igual fez com Seripa e Sari? – ele estava irritado, essa lembrança não deve ter sido boa.

Ellie olha de Raditz para mim e depois para Vegeta, gira a cabeça e se concentra em Bardock, Kakaroto e Gohan.

- Sabe Raddie, você tem a estranha mania de não confiar na minha força. Nesta sala estão alguns dos mais fortes guerreiros que andam sobre a Terra e, se eu fosse lutar com cada um de vocês nesse momento, apenas Vegeta e Kakaroto me causariam problemas. – ouço Raditz engasgar e rosnar. Ellie atingiu o orgulho do cara... Isso vai exigir uma senhora DR depois...

- Mas não vou te enganar. Se soltarem Angus numa arena junto comigo, existe uma grande possibilidade dele me vencer. Ele sempre foi o mais forte, brutal e sanguinário... Antigamente, eu tremia tanto na presença dele que chegava a desmaiar de medo; e é como Karl disse: como Executor seu papel é eliminar quem o conselho manda.

- E você quer enfrentar um merda desses? E que porra de papo é esse que não confio na sua força? Já estou de saco cheio de você achar que pode jogar com sua vida e que eu não estou nem aí. – Raditz falava e avançava em direção a Ellie, eles pararam um em frente ao outro medindo olhares.

Todo mundo observava e ninguém falou nada, todos claramente desconfortáveis com toda aquela situação.

Ellie sorri, mas não é seu sorriso habitual, esse é diferente...

Então ela olha pra mim, questionando de que lado eu ficaria, ando até os dois, mas fico ao lado de Raditz.

Caralho! Vou ter que apoiar o cara nisso; se ela enfrentar Angus é capaz dele mata-la.

- Escute Raditz! Mesmo que possa lutar contra Angus e ganhar – coisa que sinceramente duvido – ainda vai ter que enfrentar todo o resto do clã. O mais provável é que ele te mate, com bastante dor no processo. Ou você já esqueceu como ele é? – Falo sério e sou o mais frio que posso ser. Em meu olhar ela consegue ver que acredito falar a verdade.

- Então os dois vão se unir e ficar contra mim? – ela inclina a cabeça um pouco, como se nos analisasse – Mas me digam desde quando estão tão amiguinhos? – ela pergunta irônica.

- Desde o dia do corredor... Sabe, existem poucas coisas que podem fazer dois caras que se detestam ficarem unidos: uma delas é uma joelhada no saco, como a que você me deu. Sabe como é a solidariedade masculina. – falo de forma desagradável, mas ela apenas arqueia a sobrancelha, não acreditando em uma palavra do que digo.

Pelo canto do meu olho percebo que Vegeta sentou ao lado da mulher e está acomodado como se estivesse em seu trono observando uma peça teatral.

- Oh sim... Mas para dois caras que se dizem tão entendidos em mulheres vocês não estão usando muito a cabeça de vocês não é? – ela fala pacientemente, como se estivesse dando uma lição em alguém.

- O que quer dizer com isso Ellie? – Raditz pergunta e fico com medo de escutar a resposta quando vejo o brilho no olhar de Ellie.

Não vem boa coisa por aí...

- Diga que eu não posso fazer algo, diga que não posso ter o que quero, diga que não sou digna de nada... Quantas vezes escutei isso? Quantas vezes provei a mim mesma que estavam errados? Me quebrei e me reinventei durante todo esse processo... Cada vez que caía, levantava, ficava mais forte... Ah, mas a vida com os Lanza me ensinou muitas coisas: esconda sua força, seja resistente, seja paciente; olhe, escute, aprenda. Agora é a minha hora! Você já devia saber isso Raddie, você já viu. Karl vai ver ainda... E você ainda me pergunta por que eu acho que não confia em mim... – ela falava sem tirar os olhos de Raditz, fuzilando-o com seu discurso, enquanto ele cruzou os braços e ficou ali só recebendo tudo o que ela lançava nele.

- Cara, parece até que eu tô vendo um filme reprisado. Desiste logo Ellie e deixa o Raditz te levar pro quarto. – é Kakaroto quem falou, mas tem algo que não encaixa ali e Raditz percebeu.

- Cala a boca irmãozinho! Ellie não terminou. – Raditz está calmo até demais pra quem está levando essa surra verbal. O que será que ele entendeu que eu ainda não?

- Sabe Raddie, eu não estou louca. Estou nervosa e ainda processando tudo isso, mas sei muito bem o que estou fazendo, assim como sabia o que fazia na arena. Vai me apoiar ou fazer como antes – tentar me impedir de fazer algo que preciso? – ela fala desgostosa com ele.

- E você Karl, que agora está tão amiguinho de Raddie, você não acredita na minha força. Ainda vê a Ellie de antes... Vai tentar me impedir? – ela me questiona. Estou a ponto de responder quando me ocorre algo.

Ela quer lutar com Angus!

- Afinal, por que quer lutar com Angus? Sabe que ele é um desgraçado sádico que gosta de brincar com suas presas, ele até tem alguma honra – não vai tentar te envenenar ou te atacar pelas costas e nem permitir que alguém faça isso – mas não entendo essa insistência. Parece até masoquismo...

Ela para e me olha por algum tempo. Raditz está alerta agora, ele sabe que se Ellie falar algo vai ser importante pra entender o que se passa dentro dela.

- Vou lutar com ele para provar um ponto de vista. – ela diz serenamente – e essa conversa está encerrada. Não vou mais brigar ou discutir por algo que pode não acontecer.

- RRRRR. Você me disse exatamente a mesma coisa sobre lutar com Seripa. – Raditz estava muito irritado agora.

- É mesmo? – ela pergunta fazendo cara de inocente – Bem, mas você pode até concordar que não fui eu quem a desafiou para uma luta... E também não fui eu que a provocou... Ou você esqueceu que ela fez aquela ceninha por causa da música que você fez questão de dançar comigo? – é impressão minha ou Raditz ficou embaraçado?

Vou ter que falar com o Kakaroto e saber dessa história direitinho...

- A situação é diferente! Agora é você que está provocando. Já tem o Karl ao seu lado, pra que precisa da sua família? – ele questiona.

- Novamente: pra provar um ponto de vista. – ela não vai falar mais nada.

Toco no ombro de Raditz chamando sua atenção. Quando a consigo apenas balanço a cabeça, ele me entende, mas não gosta. Recuamos e vejo Ellie analisando essa nossa troca; ela está curiosa e pensativa.

- Até que enfim pararam com essas idiotices! Raditz já te falei uma vez e vou repetir: Respeite as decisões da sua fêmea... É melhor pra sua saúde. – foi Vegeta quem falou e eu estranhei ele ter ficado em silêncio até agora. – Agora vamos jantar, como Ellie disse, estou querendo provar a comida da senhora Gine, já que Kakaroto e Raditz só elogiam a comida da genitora quando o assunto é esse. – e o assunto foi adiado.

Quando todos estão saindo percebo algo interessante: Bulma fala algo no ouvido de Ellie – que sorri, mas logo fica séria – e Vegeta acena levemente pra ela.

Tenho a impressão que acabamos de ser manipulados por esses dois...

 


Notas Finais


Foi isso por hoje.
Espero que tenham gostado.
Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...