História ~Endless days | ChaeJung | TWICE~ - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, TWICE, WINNER
Personagens BamBam, Chaeyoung, Dahyun, JB, J-hope, Jungyeon, Lu Han, Mino, Momo, Taehyun, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Bts, Chaejung, Dahmo, Exo, Got7, Mais Yuri Por Favor, Namsong, Twice, Vhope, Winner, Xiuhan, Yaoi, Yugybam, Yuri
Visualizações 19
Palavras 1.689
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, FemmeSlash, Fluffy, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Nhaa oioi! :P

Tudo bem?
Tudo bom?
Como vai?

Boa leitura! ♥

Capítulo 5 - "Jeongie,... eu sinto muito."


Fanfic / Fanfiction ~Endless days | ChaeJung | TWICE~ - Capítulo 5 - "Jeongie,... eu sinto muito."

"As vezes quando gostamos de alguém, Chae, no começo parece que não e acabamos negando tanto pros outros, quanto pra nós mesmos, mas com o tempo, esse sentimento vai ficando cada vez mais forte e assim você descobre que precisa ter essa pessoa."

_________//________


Por mais que eu ache que não exista sentimento algum, preciso concordar com Hobi. O cérebro engana o coração.

As vezes amamos aquela pessoa, mas deixamos levar por ilusões da nossa mente e com o tempo... o sentimento fica tão grande, que precisamos tê-la. 

Mas ainda continuo achando que não tenha nada. Não tem nexo, fora que... ela tinha um namorado, não? Obviamente a opção dela é garotos.


-Foi assim com ele, Hobi?-pergunto-

-Com Taehyung?-assinto-É,... foi sim.-

-E como você descobriu? Como descobriu que gostava dele, Hobi?-

-Chae, eu... sinceramente não gostava de garotos. Toda a minha vida, ou pelo menos desde o momento que eu descobri o que era amar, tinha opção por garotas, mas quando o Tae entrou na minha vida,... Não sei, mas no começo eu era assim, que nem você está agora. Eu negava, negava, negava, até que chegou um dia. O primeiro dia de primavera, eu e Tae estávamos tomando sorvete de baixo de uma árvore e estudando para uma prova de Química, mas a única química que rolou mesmo... foi a nossa.-

-Nesse dia... ele te beijou?-

-Não. Eu beijei ele.-

-UOOOOOOOOOOOOOU, nossa senhora dos céus!-ri-

-Eu precisava fazer isso. Era um desejo que estava me matando, era uma vontade enorme de ficar perto dele, era um ciúmes imenso ao vê-lo apenas abraçando outras pessoas.-

-Hobi, qual foi a primeira coisa que fez ao ver que gostava dele?-

-Eu fui atrás do mesmo.-

-Nossa, que lindo! To emocionada, até.-rimos-

-Chae, posso perguntar uma coisa?-

-Pode sim.-

-Você tem certeza?-

-Ugh? Certeza do que?-pergunto confusa-

-Dos sentimentos por Jeongyeon. Tem certeza? Faça tudo Chaeyoung, mas não fale que tem certeza de algo que não tem.-

-Hobi, eu...eu não sei, acho que não. Nao tem nexo nenhum e mesmo assim, ela é hétero. H É T E RO.-

-Hétero? uh? Eu também era.-


Após o menino ter falado, imediatamente se levanta e caminha para longe, me deixando pensativa. 

Eu gosto dela?

Eu não gosto dela?

Eu posso gostar dela?

Ela gostaria de mim se eu gostasse dela?

Eu estou mentindo para mim mesma? 

Eu não sei.

Não sei mais.


-Chaeyoung?-escuto alguém chamar por mim e ao olhar pro lado avisto Jeongie-

-Jeongie?-meu coração acelera.-


•Uma pergunta•

POR QUE DIABOS MEU CORAÇÃO ESTÁ ACELERADO?


-Você está bem?-pergunta preocupada-

-Estou sim. Por que?-pergunto soando litros nas mãos-


•Outra pergunta•

POR QUE DIABOS EU TAMBÉM ESTOU SOANDO? -Isso é nojento!-


-É que você havia sumido após aquilo lá no pátio. Fiquei preocupada e vim procurar por você.-

-Eu estava falando com o Hobi.-

-Hm... legal.-

-Jeong, posso te fazer uma pergunta?-

-Já fez!-ri-Pode sim.-

-Olha, não pense nada disso, mas... se alguém gostasse de você,... Uma garota. Teria possibilidades de você gostar dela também?-


Após a pergunta, ela me encarou e ficou calada por alguns segundos. Parecia pensar.

Medo.

Medo do que ela irá responder.


-E por que não?-fala-

-Ugh? Como assim?-pergunto confusa-

-Por que não gostaria?-responde com um sorriso-


S O C O R R O.


-Achei que gostasse de garotos, afinal, você namorou um, não?-disse-

-Chaeyoung, quando se gosta de alguém, não importa quem seja, é um sentimento. Por mais que você negue, você gosta dela e esse sentimento é por qualquer um, por mais que você prefira garotos. Afinal,... as vezes a vida nos pega de surpresa, nos prega peças e temos que aceitar.-rimos- Agora eu posso te perguntar algo?-

-Me perguntar? Hm.. pode!-

-Chaeyoung, eu... sei que nos conhecemos ontem, não é? Mas.. seus amigos, eles estão te pressionando tanto sobre algo e agora eu estou... curiosa? Bem, não sei, mas... eu preciso saber e por isso quero te perguntar. Você gosta ou tem alguma chance de você gostar de mim?-


engasguei.


-Chae, por favor, seja sincera. É tudo o que eu peço.-ela pede como se estivesse... desesperada?-


Merda!

Merda!

Merda!

Mil vezes merda!

Eu preciso mesmo ser sincera?


-Está bem, então.-suspiro- Jeongie, eu vou ser sincera com você. Ou pelo menos tentar, vou apenas dizer a verdade do que eu estou "sentindo". Olha só,... eu realmente, sinceramente, literalmente NÃO SEI! Jeongyeon, eu sou uma pessoa, certo? Eu tenho sentimentos e os mesmos são confusos. Eu,... eu te conheci ontem, eu não sei de nada. Quando te vi pela primeira vez, eu senti. Senti que precisava ser sua amiga, senti que precisava ser próxima de você. Não vou mentir que te achei bonita, mas isso não vem ao caso. Todos acham alguém bonito, certo? Não necessariamente precisam gostar dessa pessoa, apenas acham. Todos estão em cima de mim porque eu senti isso em você. Eu sou uma pessoa difícil, eu não faço amizades facilmente, sou extremamente rigorosa com pessoas e com você... eu só te vi, eu apenas olhei pra você como uma pessoa olha para a outra normalmente e senti que deveria estar perto. Eu não vou dizer pra você que não gosto, mas também não vou dizer que gosto. Meus sentimentos estão confusos, eu preciso de um tempo pra eu pensar, reorganizar tudo, ver o que meu coração quer de verdade. Quando eu descobrir, você será a primeira a saber, mas enquanto isso, por favor, me deixe pensar.-falo e saio correndo dali-

________________//_______________


Alguns dias após~


Pov's Jeongyeon 


Após aquele dia, Chaeyoung resolveu me ignorar e não ir mais a escola. 

Se estou preocupada? Talvez. Sim. Muito.

Ela não responde minhas mensagens, me ignora nos poucos dias que vai a escola e me deixa extremamente preocupada não só com ela, mas com as notas da mesma também. Ela está faltando muito, assim pode perder pontos e até repetir de ano. Não quero que isso aconteça a ela.


•Message on•


Você: Chae? 

Você: Chae, me responde, por favor! 

  ~Visualizado as 13:44~

Você: Chaeyoung, por favor! 

Você: Preciso falar com você.

~Visualizado as 13:45~


Message off•


ELA NÃO RESPONDE!


•Uma idéia•

Ir na casa dela.

~

•Um fato•

Ela com certeza não vai abrir a porta.

~

•Uma reação ao fato supracitado•

Eu não me importo, então se eu tiver que dormir na frente daquela porta e morrer de fome ali, eu morro. 


~QUEBRA DE TEMPO~


Pov's Chaeyoung


Ela não desistiu ainda.

Ela é persistente.

Eu estou afastada de Jeongyeon a pelo menos uma semana e não! Ela ainda não desistiu de mim e continua a me procurar e a me mandar mensagens.

Eu meio que me sinto feliz por ela vir atrás de mim, mas me sinto mal por ignora-la. Ela deve estar preocupada, achando que tudo foi culpa dela. 

Mas tudo isso é por uma boa causa. Eu disse que estava confusa, que precisava pensar, me reorganizar. 


~ding dong~


Fala sério! Visita?

Olho pela janela do meu quarto para tentar ver quem é e...M E U D E U S 

Ela é realmente persistente! 

Eu atendo?

Não atendo?

Atendo?

Não atendo?

Sim? 

Não? 

AISH, DECISÕES... tão difícil...

 .....................................já sei!



-MÃÃE!!-grito e a mesma vem correndo-

-O que houve? Se machucou?-pergunta preocupada- 

-Não, mas preciso que faça algo pra mim....-


Digo tudo o que ela deve fazer e a mesma desce para atender a porta. Eu sento na escada para tentar ver e ouvir algo e até que consigo. Bem pouco, mas consigo.


"-Olá! A senhora deve ser a mãe da Chaeyoung, não?-l

-Sou eu sim! Prazer...?-

-Ah, Jeongyeon! Me chamo Jeongyeon. O prazer é todo meu!-

-Enfim,... o que deseja?-

-Então,.. a Chaeyoung está?-

-A-ah... ela,..... ela está!


Droga!

Droga!

Droga!

Mil vezes droga!

Minha mãe não sabe mentir.


-Eu poderia falar com ela?-

-Ah, sinto muito! Chaeyoung não está em um bom momento agora. Ela disse que não quer falar com ninguém.-


ISSO AÍ, MÃE! q


-Ah, eu sei porque ela está assim e, na verdade, foi por isso mesmo que vim aqui. Preciso muito falar com ela. É coisa de vida ou morte.-


Vida ou morte? Sério, Jungyeon?


-Desculpa, mas ela realmente não quer falar com ninguém. Agora se me der licença, preciso arrumar as coisas aqui em casa. Vá para a sua. Taltez seja melhor tentar conversar com a minha filha uma outra hora, pois agora ela realmente não está disposta.-"


ISSO AÍ, MÃE!

"CARA EU AMO MINHA MÃE, ESSA LINDA! q"

Após ela fechar a porta, vou até ela e... eu não vou dizer que apenas dei um pulinho em cima dela porque.. então... coitada da coluna da minha omma.


-OBRIGADA, MÃE! VOCÊ É O MELHOR SER HUMANO JÁ FEITO NESSE MUNDO. EU TE AMO!-

-Ai, minha coluna, Chaeyoung.-é, eu falei hihi-

-Desculpa!-ri-Obrigada mesmo, mãe!

-De nada, mas ... por que está ignorando aquela menina.. Jeongyeon, não?-

-Ah,... nada muito importante.-


Subi para o meu quarto e me joguei na cama sorridente por dois motivos.


Os motivos•

1-Jeongyeon não desistiu de mim.

2-Minha mãe conseguiu fazer com que ela fosse embora e eu não preciso falar com ela agora hihi


~tac tac tac~


Escuto um barulho vindo da janela e abro a mesma me deparando com...


-AUUUUUUUUU!!!-


Eu não acredito que fui acertada por uma pedra!


-Aish, meu olho!-falo-O QUE VOCÊ QUER?-

-Chaeyoung?-fala meu nome-


Espera um pouco...

"Chaeyoung?"

Essa voz...

Eu conheço essa voz.

JEONGYEON!

Ela estava realmente lá embaixo.

Ela não foi embora.

NÃO É POSSÍVEL, ESSA MENINA NÃO DESISTE!


-Jeongyeon, o que você quer?-falo-

-Chae, eu preciso falar com você. Você está me ignorando a dias e eu preciso falar com você novamente.-

-E o que você quer falar comigo? Quer me perguntar se eu já me decidi? Se for isso,... NÃO, não me decidi!-

-Não é isso, Chaeyoung! Eu só quero falar com você, saber como está. Eu quero saber porque está assim. Chaeyoung, você faltou quase a semana inteira, estou preocupada.-


Ela...

 Ela se preocupou realmente comigo.


-Espera ai!-falo em tom baixo-

-O que?- 

-ESPERA!-


Desço e abro a porta. Jeongyeon estava na parte ao lado da minha casa e eu estava parada na porta pensando se o melhor a fazer é realmente falar com ela.

Eu sou péssima com decisões e acho que isso já ficou bem óbvio.

Vou até a parte ao lado e vejo Jeongyeon sentada com as pernas cruzadas no jardim, brincando com as flores.


-Jeong?-chamo e a mesma me olha-


Sabe aquele olhar?

Aquele olhar de quando você ama alguém e sente a falta dela como se não visse ela a 40 anos? 

Foi assim que ela me olhou.

Eu fiquei parada;

Esperei ela falar algo;

Esperei ela fazer algo, mas... ela ficou parada também.

Ela estava me observando e eu estava observando ela. 

Poderia fazer isso para sempre? 

Sim! Ou talvez muito mais que o sempre.


-Jeong... voc...-sou interrompida- 


Fui abraçada.

E não era um abraço comum,

Era um abraço de saudade.

Pude sentir lágrimas quentes em meu ombro também.

Eu a fiz chorar.


-Chae,... eu sinto muito.-fala-

-Jeong.. Jeongyeon, olhe para mim!-falo séria-


É tão bom olhar seu rosto novamente.

Eu senti falta disso.

Mas é tão ruim ver lágrimas nele.


-Jeogie,... eu sinto muito.-



CONTINUA...









 

























Notas Finais


Eu to chorando q dkdkx
Está uma bosta, mas eu juro que me esforcei.

Espero que tenha gostado! ♥

Comentem o que acharam e me digam os erros que cometi na escrita, que eu consertarei.

Kissus kissus♥

ByeBye~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...