História Enemy - Imagine Lee Hyun Woo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lee Hyun Woo
Personagens Lee Hyun Woo
Tags Bullying, Hyun Woo, Imagine Lee Hyun Woo, Lee Hyun Woo
Visualizações 28
Palavras 1.946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OOOie
Estavam ansiosos para o 2 capitulo? Eu tava rs
Bem...não tem muito oque falar...
Boa leitura <3

Capítulo 2 - "Eu sou e sempre serei um monstro"


Fanfic / Fanfiction Enemy - Imagine Lee Hyun Woo - Capítulo 2 - "Eu sou e sempre serei um monstro"

-Você mudou...muito! – sorriu

Eu estava sem reação. Hyun Woo tinha mudado, não era mais aquele moleque antes, ele está ainda mais bonito.

Mas isso não quer dizer que ele parou de ser o cara que me zuava, jogava minhas coisas no chão e falava o quanto eu era feia.

O empurrei.

-Como tem coragem de vir a minha festa depois de tudo que fez pra mim? – o olhei séria

-Ah, qual é S/n! Eu era uma criança na época! Não sabia oque eu estava fazendo...vamos esquecer isso, hun? – sorriu fraco e tentou pegar minha mão, mas eu me afastei.

-Esquecer isso? Quer que eu esqueça? Como pode dizer uma coisa dessas? Sabe o quanto eu sofri? Meu único amigo era você, eu confiei em você, meus melhores momentos com você! Eu nunca fui bem aceita na escola por ser estrangeira, mas eu não me importava, por que VOCÊ estava comigo! E sabe oque aconteceu depois? Você jogou tudo oque me fazia feliz no lixo, e tornou minha vida em um inferno. Comecei a sentar sozinha no intervalo enquanto você se divertia com os outros, fazia meus trabalhos em grupo sozinha, já que ninguém queria fazer comigo. Aos poucos fui me tonando uma pessoa invisível. Mas isso mudou. Isso mudou depois que os seus amiguinhos começaram a me fazer bullying, eu era conhecida por toda escola como “Estrangeira nerd fedida e esquisita”! Eu pensei que você me protegeria. Mas você fez ao contrário, riu e fez a mesma coisa que os outros faziam comigo. Sabe aquelas lágrimas que eu derramava quando vocês me zuavam? Não era por causa dos apelidinhos, nunca me importei com oque os outros pensavam de mim. Mas o motivo de chorar foi por que meu MELHOR AMIGO ESTAVA LÁ TAMBÉM. – deixem algumas lágrimas caírem – E você ainda me pede pra esquecer? – falei com uma voz tremula e fraca por conta das lágrimas.

 

Lee estava estático, sua boca estava levemente aberta, ele queria falar alguma coisa, mas nada saía. Abaixou a cabeça.

-Você é mesmo um idiota Lee. Nunca mais me procure ou olhe na minha cara. – sai de lá o deixando sozinho.

Não vou chorar, não vou chorar, não vou chorar...

Droga Hyun Woo! Por que teve que voltar agora?

Subi para o meu quarto com a desculpa de ter ido retocar a maquiagem. Tranquei a porta a sentei na minha cama.

Como aquele idiota teve coragem de vir falar comigo depois de tudo? E ainda com a esperança que eu o perdoasse. QUE RAIVA!!

-S/n? Está tudo bem? – ouso a voz de Hana

Ando devagar até a porta e puxo Hana pra dentro.

-O Lee é um idiota!! – me joguei na cama e ela se sentou na minha cadeira.

-Oque aconteceu? – suspirou

-Lembra do cara que eu contei que era meu amigo, e depois começou a fazer bulliying comigo? Quem você acha que é?

-NÃO ACREDITO! POR QUE VOCÊ FOI FALAR COM ELE AINDA?

-Por que vocês estavam com aquele olhar e...eu estava curiosa pra saber como ele estava... – fiz um bico

-Oque ele falou pra minha bebê? – se levantou e veio até mim e me abraçou.

Hana sempre foi a irmã mais velha que eu nunca tive.

Quer dizer, eu tenho uma...mas ela nem sequer lembra do meu nome.

-Falou pra eu esquecer tudo oque ele tinha feito, e que ele ainda era uma criança na época. Foi fácil esquecer pra ele, mas aquilo vai ficar marcado em mim até o fim da minha vida.

Hana bufou

-Vou quebrar a cara desse moleque – se levantou, mas eu a puxei outra vez.

-Você não vai fazer nada, okay? Não vamos perder nosso tempo com ele. – falei a olhando.

-Tudo bem..mas eu já vou avisando, se ele mexer com você de novo...

-Eu entendi. Agora vamos descer e o ignorar. – me levantei

 

 

 

 

A festa estava ocorrendo normalmente, crianças correndo e brincando por todo lado (Não vou negar, eu também estava brincando com elas), mais e mais conhecidos chegando, minha mãe tentando por tudo em ordem, Hana roubando os docinhos da mesa sem ninguém ver...

E eu continuava ignorando Hyun Woo.

Ele continuava perto da piscina, mas agora estava sentado em um banco de madeira que tinha ali, ele mexia do celular, provavelmente estava jogando alguma coisa.

-S/n? Você está bem? – a Sra.Lee apareceu

-Ah...sim. Só estou pensando em algumas coisas...

-Você está com 23 anos certo? Imagino que faça alguma faculdade, já que sempre foi inteligente...

-Sim, eu faço! Faço faculdade de direito. – sorri

-Sério? – sorriu também – você vai ser uma ótima advogada, lembro que você tinha ótimos argumentos quando eu ia dar uma bronca em vocês dois.

Sorri

-Talvez isso já estivesse no meu sangue, não é?

-Acho que sim. Bem...Hyun Woo abriu uma empresa de games sabia? Acho que isso já estava no sangue dele também. – sorriu fraco – S/n, por que vocês se afastaram de um dia pro outro?

Sim. Sra.Lee, minha mãe, meu pai, ninguém sabe sobre oque aconteceu.

-Bem...sabe como é né? Novas pessoas, novos gostos...apenas nos afastamos um  pouco! – sorri fraco

-Que pena, tinha certeza que vocês se casariam quando ficassem mais velhos!

Arregalei um pouco os olhos.

-Eu e Lee erámos apenas amigos, e agora somos conhecidos.

-Entendo... – Abaixou a cabeça – Vou ajudar sua mãe com algumas coisas, foi bom conversar com você.

Saiu.

Se casar poderia ser uma opção, mas Lee estragou tudo...

 

 

Depois de umas semanas....

 

 

-Estou exausta! – me joguei no sofá junto com Hana

-Acho que nunca comi tanto na minha vida! – fechou os olhos

-Vá tomar um banho antes de você acabar dormindo no sofá. Depois vai se deitar. – falei a empurrando

-Okay – se levantou cambaleando um pouco por causa do sono.

Lee não incomodou mais, agradeço a ele por isso. Mesmo morrendo de vontade de ir até sua casa e perguntar o motivo de ele ter feito aquelas coisas, eu também não fiz nada.

A Sra.Lee falou que ele abriu uma empresa de games...será que ele é famoso?

Subi para o meu quarto e peguei meu notebook. Pesquisei “Lee Hyun Woo” no Google. Encontrando algumas informações sobre ele.

“Lee Hyun Woo é um jovem CEO de uma empresa de jogos. Mesmo sendo um homem importante, não deixa de ser brincalhão e carismático, isso faz que várias de suas empregadas sejam caidinhas por ele”

Tadinhas, aposto que nem conhecem a real face dele.

Apertei em um vídeo, era uma entrevista.

“-Senhor Hyun Woo, quando surgiu o seu amor por games?”
 

Quando o irmão do pai dele comprou um Game Boy Pocket.

“-Foi quando meu tio comprou um Game Boy Pocket!

-Quais são seus passa tempos?”

Jogar, desenhar, ler e assistir coisas aleatórias

“-...Eu gosto de jogar novas coisas, ler alguns livros, desenhar as vezes...e assistir filmes, séries, vídeos no Youtube...

-Aaaah! – o apresentador exclamou – Hyun Woo, agora uma pergunta que todas as mulheres querem saber...você tem namorada?

-Sim!”
 

Ué, quem é a louca?

 

“-Podemos saber quem é?

-Minha cama claro! – toda a plateia riu

-Você ainda tem chance. – o apresentador olhou para câmera e sorriu – Aproveita em quanto há tempo! – piscou”

Credo, eu hein!

Fechei a tela do notebook e peguei um livro.

Escutei uma coisa na  janela da minha sacada. Ignorei pensando que era o vento, mas escutei outra vez.

Tá, se eu falar que eu não estou com medo eu vou estar mentindo.

Andei devagar até lá e abri as portas. Me segurei pra não gritar.

Abri a porta rapidamente e fechei outra vez.

-Oi S/n. – sorriu

-Oque você faz aqui? – franzi o cenho – falei pra não me procurar mais e...

-Eu sei, eu sei. Mas por favor, me escuta. – falou com uma cara de cachorro pidão

-Não quero. – ia voltar pro meu quarto mas ele segurou meu braço.

-10 minutos. Por favor.

Suspirei.

-5. E seja rápido.

Ele abaixou a cabeça.

-Desculpa. Por tudo que eu te fiz. Por te zuar, rir de você, rasgar seus trabalhos...tudo. Você sempre foi minha melhor amiga, minha verdadeira amiga. Eu estava tão cego por ser popular, que eu não enxerguei o quanto eu estava sendo idiota por deixar você sozinha. Eu devia ter te protegido e te defendido. – olhou pra mim – Me perdoa pequena. – falou quase chorando

Vi que ele estava sendo sincero, meus olhos já estavam marejados.

-Okay, eu te perdoo – falei fraco.

Ele sorriu.

-Mas infelizmente não vamos ser amigos outra vez. – ele olhou para baixo e vi pequenas lágrimas caindo sobre seu rosto – Volte para sua casa agora. – me virei e sai da sacado, o deixando sozinho.

 

Tranquei a sacada e fechei as cortinas. Deixei todas as lágrimas que eu estava segurado caírem, e depois as limpei rapidamente e deitei em minha cama, olhando o teto. Será que Lee Hyun Woo realmente mudou? Será que ele está disposto a ser meu amigo outra vez?

São tantas coisas em minha cabeça!

Hana entrou do nada no quarto e se jogou na cama, e dormiu uns 3 segundos depois disso. Ainda bem que ela estava com muito sono, se ela me visse chorando era capaz de ela ir pra casa dele e enforca-lo com o próprio travesseiro.

E eu estou falando sério.

Suspirei fundo e fui tomar banho.

Apenas meu chuveiro me faz esquecer meus problemas.

 

 

 

 

 

 

HYUN WOO ON

 

Sai da sacada de seu quarto, pulando em uma árvore que tinha ali, indo para o meu quarto, que ficava em frente ao quarto dela.

“Eu sou e sempre serei um monstro”. Pensava isso toda vez que eu lembrava do que eu havia feito com ela.

 

 

 

 

 

FLASHBACK ON

 

 

Eu andava com os meus novos amigos. Eu estava adorando ser popular, era tudo tão novo...

E S/n? Bem...acho que ela me entende. Pelo oque eu sei, ela nunca se importou com minhas novas amizades, só não entende o motivo da gente só conversar fora da escola.

Nunca quis falar isso pra ela mas...se me vissem com ela, iam começar a me zuar, e eu ia passar de popular para “o amiguinho da nerd estrangeira”.

-Olha quem está ali... – falou MinHo, droga S/n...

-A estrangeira nerd! Que tal brincarmos com ela um pouquinho? – falou Hongbin. Comecei a ficar desesperado, oque eu faço agora?

-Vamos lá pessoal! – falou Joy mascando um chiclete e sorrindo, logo indo até S/n com os outros.

S/n deu um pequeno sorriso quando me viu, aquele sorriso que eu tanto amava...

Mas logo seu sorriso acabou quando meus amigos começaram a fazer aquelas coisas com ela. Logo quase todos os estudantes pararam pra ver oque estava acontecendo.

Hongbin jogou seus livros no chão, e depois pegou sua mochila, a virando pra baixo fazendo que todas as suas coisas caíssem.

MinHo pegou seus óculos e os quebrou no meio, rindo em seguida.

Depois Joy pegou um suco de morando que um aluno tomava e o jogou na roupa dela, e depois colo o chiclete que mascava em seu cabelo.

Todos riam. S/n olhou pra mim como se pedisse ajuda, e sabe oque eu fiz? Comecei a rir dela também.

E por ultimo, fui até ela e rasguei o trabalho de 15 páginas que demorou mais ou menos 2 semanas para ela terminar. E depois a empurrei.

Seus olhos estavam cheios de lágrimas, algumas já escorriam pelo seu rosto.

Oque eu fiz?

Todos ali gargalhavam, e eu tinha uma risada falsa em meu rosto.

-Vamos galera, a feiura dessa ai pode ser contagiosa! – falou MinHo e saímos deixando os outros rindo dela, enquanto ela chorava.

 

 

Depois daquilo tudo, corri para o banheiro dizendo que era uma emergência. Entrei em uma das cabines e comecei a chorar como um bebê. Como eu pude fazer isso com ela?

 

Eu sou e sempre serei um monstro.

 

 

 

FLASHBACK OFF

 

 

 

Estou disposto a ser amigo dela, outra vez.

 

 

 

                                                         Continua...

 

 


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim :)
TADINHA DA S/N GENTE, HYUN WOO SEU...LINDO
Será que eles serão amiguinhos de novo?
Desculpe algum erro (Se encontrarem algum, por favor me digam)
Até o próximo cap :)





Beijos com Yoongi <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...