História Enemy or Lover - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arrow, Fifth Harmony, Legends of Tomorrow, Supergirl, The Flash
Personagens Alex Danvers, Ally Brooke, Barry Allen (Flash), Camila Cabello, Cisco Ramon, Detetive Joe West, Dinah Jane Hansen, Dra. Caitlin Snow, Eliza Danvers, Felicity Smoak, Iris West, James "Jimmy" Olsen, J'onn J'onzz "John Jones" (Caçador de Marte), Kara Zor-El (Supergirl), Laurel Lance, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Personagens Originais, Sara Lance, Thea Queen, Wally West (Kid Flash), Winslow "Winn" Schott Jr.
Tags Camren, Karamel, Norminah, Sanvers, Supercorp
Visualizações 183
Palavras 1.880
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eu acho que eu nunca demorei tanto como agora e eu realmente peço que me perdoem por isso.
E se preparem porque esse capítulo tem mais supercorp que camren bdjdjfjr
E o nome do capitulo se chama 1000 hands porque eu estava ouvindo a esse hino enquanto eu escrevia esse capítulo e eu super indico que vcs ouçam enquanto estiverem lendo esse capítulo.

Capítulo 23 - 1000 hands


      Narrador Pov's 

 Ja fazia uma semana que Camila estava de volta ao apartamento de Normani e honestamente nada havia melhorado para a kryptoniana.

 Ela não conseguia dormir, os ataques de pânico estavam cada vez mais frequentes, ela não falava com ninguém e ela não permitia que ninguém entrasse em seu quarto.

 Tudo o que ela fazia era ficar deitada em seu quarto tentando não pensar no que aconteceu, mesmo sabendo que essa tarefa era quase impossível. 

 Ninguém ali podia negar que as coisas estavam difíceis, mas os pais de Camila estavam vindo a National City e sinceramente Dinah esperava que pelo menos eles conseguissem fazer a mulher de olhos castanhos comer algo, ja que nem mesmo Ally estava conseguindo realizar  essa proeza.

Lauren estava em semana de provas na faculdade mas sempre que podia passava lá para dar uma olhada em Camila. 

 Talvez ela fosse a unica pessoa que conseguia entrar naquele quarto, mas não é como se ela conseguisse algo, ela simplesmente ficava ali em silêncio fazendo companhia a kryptoniana, pois ficar longe dela por muito tempo havia se tornado uma tarefa impossível para Lauren e, bem, quem poderia culpa-la por isso, não é mesmo? 

 Naquele dia ela havia chegado mais cedo da faculdade e ido direto para o apartamento de Normani que pediu para a mesma ficar de olho em Camila já que ela iria ter que ir buscar Alejandro, Sinu e a pequena Sofia no aeroporto. 

 A hispânica esperava encontrar Camila em seu quarto mas foi surpreendida quando a encontrou sentada no sofá da sala praticamente entrando em uma combustão demasiadamente dolorosa, ela trincava a mandibu-la na tentativa de evitar os soluços, tentativa essa que claramente não estava dando certo. 

 Era como arrancar o coração de Lauren de dentro do peito assistir aquela cena, os olhos de Camila que antes tinha um brilho que Lauren adorava, agora estavam quase sem vida e seus olhos vermelhos por conta do choro só fazia com que Lauren sentisse uma vontade absurda de protege-la do resto do mundo. Camila era tão pequena e estava tão vulnerável que fazia com que Lauren sentisse uma vondade de acabar com a pessoa que havia feito aquilo com sua garota, sim, ela era sua garota e Lauren não iria deixar ninguém a machuca-la novamente.


         Kara Danvers Pov's


 Fazia uma semana que eu não via Lena já que ela resolveu me ignorar novamente. No começo eu realmente achei que ela não fosse fazer isso comigo novamente, mas já fazia uma semana que ela foi embora do DEO sem nem ao menos se despedir de mim

 Todavia dessa vez eu não iria permitir que ela me afastasse novamente, dessa vez as coisas seriam diferentes, ou pelo menos, dessa vez eu lutaria por ela. 

 As vezes eu simplesmente tinha vontade de agradecer ao Rao por Lena ser viciada em seu trabalho, pelo menos assim eu sabia onde encontra-la. 

Já estava bem tarde e a empresa já estava vazia, exceto pelo laboratório, que foi onde eu a encontrei  tão imersa em seu trabalho para até mesmo perceber a minha presença. 

 Aquela era a primeira vez que eu a via daquele jeito, Lena usava óculos e eu sequer sabia que ela precisava deles, o jaleco de laboratório que ela usava por incrível que pareça a deixava ainda mais atraente. Não sei dizer oque, mas algo naquela cena era simplesmente magnífico, ou talvez eu fosse apenas uma idiota apaixonada, bom, provavelmente dever ser isso. 

 - Vai ficar parada me observando até quando senhorita Danvers? - Ela disse com sua voz gentil, me fazendo despertar de meus devaneios. 

 - Me desculpe - Respondi sentindo minhas bochechas corarem - Ahn, Lilian pediu para você ir ve-la e eu só vim te dar o recado.

 Naquele momento eu senti vontade de me bater, que merda eu estava pensando em dar essa desculpa? Merda provavelmente. 

 - Eu praticamente deixei o rosto dela desfigurado e ainda assim ela quer me ver? - Lena perguntou com uma sobrancelha arqueada me fazendo engolir em seco. 

De todas as desculpas para dar eu admito que essa foi realmente a pior, talvez o melhor a se fazer nessa situação fosse realmente ser sincera, mas o modo como meu coração martelava contra meu peito não estava me deixando raciocinar direito. 

 - Bem, não - Eu respondi mordendo meu labio inferior nervosamente - Essa realmente não foi uma boa desculpa, todavia, era a única que eu tinha.

 Fechei meus olhos com força, com medo de sua reação, por que tudo estava dando errado? Quer dizer, tudo o que eu tinha que fazer era falar a verdade, mas estar na presença de Lena depois de tanto tempo certamente estava me afetando, ela claramente era a minha pura kryptonita com o poder de me destruir a qualquer momento, mas não é como se isso importasse para mim. 

Ouvi os passos de Lena se aproximando e logo em seguida senti segurar minha mão.

 - Olhe para mim - Lena pediu suavemente me fazendo abrir os olhos - O que te trouxe aqui? 

 Olhar naqueles olhos verdes tornava minha situação ainda pior, eu nem sequer conseguia desviar minha atenção deles, parecia que toda vez que eu olhava para eles eu entrava em algum tipo de transe.

 - Eu percebi algo sobre você enquanto estava desaparecida - Comecei hesitante, sentindo Lena apertar levemente minha mão tentando me passar alguma segurança. - Algo sobre nós.

 Não sabia identificar a expressão de Lena naquele momento, ela soltou minha mão e voltou a fazer o que eu estava fazendo antes me deixando totalmente confusa. 

 - Não sabia que existia um nós, Kara - Lena disse com uma pitada de amargura na voz que me deixou levemente desconcertada. Eu nunca quis ter a machucado e certamente eu não fazia ideia de como ela aguentou o meu namoro com o Mon-El, ja que com a simples ideia de Lena estando com alguém que não fosse eu fazia com que eu me quebrasse por dentro. 

 - Por um momento achei que fosse te perder - Eu disse evitando olhar para ela, pois sabia que se o fizesse não iria conseguir dizer nada 

- Eu estou aqui - Lena disse antes que eu pudesse continuar, a cada segundo que passava eu sentia toda a minha coragem se esvaindo.

 - Eu não sei como te dizer isso - Murmurei finalmente a olhando, Lena me encarava praticamente com um ponto de interrogação em sua testa, respirei fundo e passei minhas mãos trêmulas nervosamente pelo meus cabelos nervosamente 

 - Você esta me assustando - Lena disse me analisando. 

 - Quando você começou a me ignorar - Eu disse desviando meu olhar do seu - Me senti perdida...

 - Kara eu… 

- Me deixe terminar - Eu a interrompi - Me deixe falar tudo o que eu tenho que falar, depois você pode até me expulsar daqui se for isso o que quiser fazer.

 - Tudo bem - Lena disse parecendo atordoada 

- Quando você começou a me ignorar eu me senti perdida e parecia que tudo o que eu fazia estava dando errado - Apesar de eu não estar a olhando, eu podia sentir seu olhar sobre mim - Até mesmo estar com Mon-El parecia errado. Eu só não conseguia suportar a ideia de que você me queria longe, sabe? Eu não tinha percebido o quão depende de você eu me tornei, até o dia em que tive que ficar afastada e por Rao! Ficar longe de você pareceu ser a coisa mais difícil que eu tive que fazer desde que cheguei a Terra - Eu finalmente a olhei, eu podia ver que ela queria chorar pelo modo que seus olhos estavam brilhando e pelo jeito que aua mandíbula estava trincada. - E você tem ideia de como eu me senti quando você sumiu?- Lena negou - Não se afaste de mim dessa vez Lena, eu não sei se suportaria ficar sem você novamente, eu te amo e eu nunca mais vou deixar alguém tirar você de mim, esta entendendo?

 Lena arregalou os olhos surpresa com a minha declaração, me aproximei dela colocando seu rosto entre minhas mãos a fazendo olhar em meus olhos, os verdes de seus olhos em uma batalha silenciosa com os azuis dos meus, por um momento senti meu coração falhar e meu estômago dar piruetas somente pela intensidade sobre a qual ela me olhava de volta. 

 Era meio cliche mas assim que eu senti os lábios de Lena sobre os meus, tudo ao meu redor desapareceu e a única coisa que eu tinha consciência naquele momento era do gosto dos lábios de Lena sobre os meus. 

Não foi mais do que um simples encostar de labios, mas eu sentia que eu poderia morrer somente com aquilo.

 - Eu te amo Kara Danvers. - Lena disse abrindo um sorriso e pela centésima vez só esse dia, senti que estava me apaixonando novamente por aquela mulher. 


               Narrador Pov's 


 Maggie revirou os olhos pelo que parecia ser a décima vez só naquele minuto, a verdade é que ela não aguentava mais ver Alex brigando com Lauren por conta de uma coisa que a mais nova não tinha culpa nenhuma, afinal de contas quem é que escolhia por quem se apaixonava? E além do mais, Maggie achava que não era tão difícil assim se apaixonar pela kryptoniana, ela até mesmo desejava conhece-la algum dia, mesmo que ela já tivesse a conhecido quando teve que a levar para casa quando estava bebada demais até mesmo para dizer seu nome. 

 - Alexandra - Maggie esbravejou chamando a atenção das duas que estavam brigando na dala desde que Lauren havia anunciado que estava indo morar com Kara.

 - Esta de que lado?- Alex perguntou incrédula, não acreditando que sua noiva tinha chamado apenas sua atenção. 

 - Isso não se trata de lado Alex - Maggie disse séria - Sua convivência com Lauren está cada vez pior e o fato de estarem morando juntas não esta ajudando em nada. 

 Lauren deu um pequeno sorriso agradecido a Maggie que fez questão de retribuir

 - Você errou ao apontar aquela arma em direção a Camila que por sinal tinha acabado de ser resgatada porque estava sendo usada como cobaia para sabe-se la oque que Lilian pretendia 

Alex abaixou a cabeça envergonhada, ela estava arrependida e o fato de Maggie estar praticamente jogando a verdade em sua cara a fazia se sentir uma criança estúpida que havia acabado de ouvir uma bronca enorme de seus pais.

 Ela só queria proteger Lauren e por Deus! Ninguém poderia dizer que ela não tinha razões para ficar com o pé atrás em relação a kryptoniana. 

- Deixe Lauren ir morar com Kara - Maggie disse - Vai ser o melhor para vocês. 

Alex não respondeu e nem precisava, Lauren já estava indo para seu quarto fazer as malas se sentindo um pouco mais leve. 

 A hispânica não podia negar que morar com Alex naquele momento não estava a fazendo nada bem, principalmente quando ela desandava a falar sobre o porque de não querer que a mais nova ficasse perto de Camila. E não é como se ela não amasse sua irmã, mas se Lauren precisasse enfrentar Alex para poder ficar com Camila então ela não pensaria duas vezes, a hispânica ficaria contra o mundo se fosse necessário.    


Notas Finais


Eu realmente espero que me desculpem pela demora. Me contem oque acharam do capitulo e deem a opinião de vocês porque eu realmente leio todos os comentários.
E A ATUALIZAÇÃO DOO PRÓXIMO CAPITULO SÓ DEPENDE DE VCS.
OUÇAM MUITO ANGEL
DA PARA ACREDITAR QUE PODEREMOS ESCUTAR FIFTH HARMONY JÁ NESSE MÊS?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...