História Engana-me se puder - Capítulo 26


Escrita por: ~

Exibições 70
Palavras 1.784
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oiiie minhas vidas que eu amo muito, eu to amando escrever pra vocês.
Essa fic é o meu xodó, sério, e vocês são meus bombomzinhos shsuahsuaha.


Eu esqueci da imagem, sorry ta ai !!!

Capítulo 26 - Aquele dia que não se esquece


Fanfic / Fanfiction Engana-me se puder - Capítulo 26 - Aquele dia que não se esquece

   "Não importa o que aconteça, as vezes tudo o que precisamos é daquela pessoa pra fazer o nosso mundo girar de ponta cabeça "

   Após um tempo, Ally acordou em meio aos lençóis ,ela se espreguicou e passou a mão pela cama procurando por Enzo, ela se sentou na cama puxando o lençol para se cobrir,ela abriu os olhos e olhou em volta a cama estava bagunçada havia peças de roupa em toda espalhados por toda parte e havia uma blusa do Enzo ao seu lado, ela sentiu um cheiro ótimo vindo da pequena cozinha que havia ali, e teve uma visão linda, lá estava ele apenas de short sem camisa e descalço de frente para o fogão fazendo o que parecia ser panquecas e bacon, Ally pegou a blusa dele e vestiu e saiu da cama indo até ele e o abraçando por trás.
- Huuum, O cheiro parece otimo. - Disse ela ao abraçar ele.
- Já acordada princesa, espero que esteja com fome..
- Aham e estou disse ela indo sentar na mesa, enquanto Enzo colocava um prato e duas panquecas a sua frente.
- Eer... Nós podemos estar aqui?
- Olha... Pro seu pai a gente não poderia, pro pessoal do clube sim - Disse Enzo sorrindo e sentando a sua frente.
- Aah ,então você sempre fica aqui, quando vem no clube?
- De certa forma assim, por ser mais afastado das outras coisas os outros sócios não gostam de ficar aqui, e eu pedi pra ficar aqui hoje.
- Espera... Você já sabia que a gente ia... -Disse Ally corando e não terminando de falar a frase.
- Não... Mais imaginei, eu peguei a chave daqui para gente ter aonde descansar, só que foi mais longe do que eu imaginei - Disse Enzo se debruzando na mesa para dar um selinho nela.
- Ah entendi, mais e se a gente não viesse cedo hoje?- Disse Ally ainda corada olhando pra baixo.
-  Eu iria te pegar depois da escola e te trazer pra cá, mais ainda bem que deu pra gente vir mais cedo graças ao Ezra. - Disse Enzo revirando os olhos.
- Ainda não acredito que ele fez isso comigo... Com a gente.
- Amor não vamos pensar nisso, o dia ta maravilhoso, só eu e você aqui, mas me diz como que você ta?
- To...bem, porque não estaria? -Disse Ally sorrindo.
- Você não ta dolorida?
- Não... Eu to bem amor.
   Eles ficaram em silêncio por um momento e terminaram de comer.
- Hey minha menina, porque ta assim? -Disse Enzo levantando e pegando na mão de Ally e a levando par o sofá, assim que ela levantou ele não pode deixar se perceber que ela estava apenas com a sua camiseta e nada mais.
- Não é nada... Porque tá me olhando assim? -Disse Ally sorrindo.
- Nada, é que você tá linda só com essa camiseta, minha roupa fica melhor em você  do que em min - Disse Enzo agarrando ela pela cintura e beijando seu pescoço.
- Lorenzo!! - Disse Ally rindo ,enquanto ele a levava para o sofá.
- Apesaaar... Que eu prefiro você sem nada - Disse ele com um sorrisinho e passando a mão no corpo dela.
- Amoor...
  - Só quero te beijar princesa, vou me segurar prometo - Disse Enzo rindo.
- Não confio em você Enzo! - Disse Ally em meio à risos.
- Ue, porque??
- Haha e você ainda me pergunta? Olha no que deu eu vir aqui com você - Disse Ally rindo. 
- Deu que a gente aproveitou maravilhosamente nós dois.
- Huuum - Ally fez biquinho, e Enzo voltou a beijá-la, ele colocou a mão por baixo da blusa dela e começou a passar a mão por todo o seu porto, barriga, cintura, seios.
- Você é  impossível - Disse no ouvido dele, enquanto ele beijava seu pescoço.
- Impossivel por você, quem mandou ser linda desse jeito, se eu pudesse te deixava aqui comigo, sem você ter que voltar mais pra sua casa.
- Me parece uma boa proposta - Disse Ally sorrindo.
- Princesa... Você já tá bem?
- Estou amor, porque pergunta isso?
- Porque eu fico preocupado com você, quero que tenha cido bom... E também porque eu quero de novo... 
- E foi, perfeito e eu estou otima para ser sua de novo. -Disse Ally com um sorriso no rosto.
- Huum, você não  sabe como isso soa bem aos meus ouvidos. - Disse Enzo rindo
   Ally só sentiu a ereção por cima do short de Enzo sobre a intimidade dela.
- Posso? -Disse Enzo em um sussuro.
- Deve. - Disse ela com um sorriso.
    E ele tirou seu membro para fora do short e mais uma vez entrou dentro dela que por sua gemia de prazer, agora era mais gostoso do que a primeira vez, não havia aquela pontada de dor, e ela ja sabia qual era a sensação, era mais proveitoso, dessa vez ele aumentou o ritimo das estocadas, os gemidos de Ally eram mais altos e lhe davam prazer de serem ouvidos e ele aumentava o ritimo cada vez mais, ele invadi ela com toda a vontade que havia dentro ele, como se fosse a ultima vez que ele pudesse fazer isso com ela, as mãos dela passavam pelo peito dele enquanto ele a invadia, ela arranhava ele e dessa vez olhava para seu rosto,ele sem sair de dentro dela puxou sua blusa para cima a fim de tirar, ele olhava cada curva do corpo dela e ela olhava ele era tão bonito, e agora eles colocavam o amor que eles sentiam em prática ,ele pertencia a ela, e ela a ele, e mais uma vez, mais demorado do que antes, eles gozaram juntos.
    Enzo deitou do seu lado, no sofa pequeno e a puxou para seu peito.
- Eu também amo você Enzo. - Disse Ally em um sussuro.
- Você tinha ouvido né?
- Sim, mais achei que já estivesse sonhando quando ouvi, agora sei.
  Ele lhe deu um beijo no alto da cabeça dela e puxou seu corpo contra o seu, ela estava nua e ele apenas de short, Enzo olhou a hora e ja eram 5 da tarde.
- É engraçado como a hora passa quando a gente ta com quem a gente ama.
- Aaah meu Deus que horas são ???-Disse Ally se levatando.
- Calma amor, ainda são 5, quando for 6 eu te levo pra casa,  ainda temos uma hora -Disse Enzo puxando ela.
- Ah sim que susto, eu acho melhor eu me vestir... - Disse Ally querendo levantar.
- Não!!! Você ta otima assim, não precisa por roupa - Disse Enzo impedindo ela de levantar.
- Amor! Não, ta estranho - Disse Ally rindo.
- Não tá, quer que eu tire o meu short tbm?- Disse Enzo tirando.
- Enzo! -Disse Ally rindo.
- Porque isso? Eu ja vi você sem roupa e acabamos de ter o nível máximo de intimidade que um casal pode ter.
- Ah amor... É estranho.  - Disse Ally escondendo o rosto no peito dele.
- Estranho é  a gente ficar nesse sofá pequeno, com um cama enorme bem ali. - Disse Enzo levantando e pegando ela no colo, Ally soltou um gritinho e se segurou nele dando risada, ele colocou ela na cama com cuidado e puxou o lençol para cima deles.
Eles passaram o resto do tempo juntos, abraçados e conversado até que deu 6 horas e eles acharam melhor irem, eles pegaram as roupas que estavam espalhadas e se vestiram.
- Não quero ir embora.  - Disse Ally fazendo bico.
- Eu também não quero, mais é melhor a gente ir para poder voltar outro dia - Disse Enzo abraçando Ally e lhe dando um beijo.
- Então a gente vai voltar? -Disse Ally sorrindo.
- Mais é claro princesa, agora vamos - Enzo entrelaçou a mão na da Ally, e eles foram para o estacionamento, ja estava escuro mas havia algumas lampadas iluminando o caminho no bosque e eles chegaram no estacionamento, Molly e Adrian estavam chegando. 
- Nossa seus sumidos aonde vocês estavam? Vocês perderam eu dirigi uma moto - Disse Molly dando pulinhos.
- E bateu em uma árvore!!!! -Disse Adrian.
- Quase! Foi quase, mais eu aprendi.
- A gente tava andando por aí - Disse Ally rindo.
- Que dó de você cara, mas é  melhor a gente ir, eu e a Ally vamos passar em um lugar antes.
- Eu sei cara, também to com dó de min-Disse Adrian fazendo cara de choro enquanto Molly lhe dava um soco no braço.
- Vamos? - Perguntou Ally para Enzo.
- Vamos princesa... - Disse Enzo subindo na moto junto, com Ally.
- Nós vemos amanhã Molly.
- Até Ally.
   Enzo dirigiu por outro caminho, até uma farmácia e parou a moto na frente.
- Fica aqui princesa, eu já volto, bem rápido.
- Enzo, o que vai fazer.
- Ja falo - Disse Enzo saindo da moto e entrando na farmácia, não demorou e ele já estava de volta.
- Vai me dizer agora?
- Fui comprar um remédio pra você, nós não usamos camisinha e você precisa tomar ele. -Disse entrando a pilula e uma garrafa de água.
- Aaaaaaah não espera eu posso.... AAAAAH NÃO. - Disse Ally surtando.
- Não se você tomar amor, desculpa eu nem lembrei, nem pensei que a gente ia chegar a fazer... Amor, mas é só tomar que nada de "mais" vai acontecer.
- Ufa, eu nem lembrei disso.
    Ally tomou a pílula e Enzo dirigiu a caminho da casa dela, era 7 horas quando eles chegaram.
    Enzo deixou ela na porta de casa e se despediu com um beijo, Ally entrou e seus pais não haviam chegado ainda ,apenas seus irmãos estavam junto com a babá.
- Ally!!! Aonde você estava? -Disse Dani correndo até ela.
- Estava... Com uns amigos Dani, cade a mãe e o pai?
- Devem estar no trabalho ainda, você estava com o...
- Sim Dani ,xiu.
  Ally dispensou a babá e ficou com seus irmãos, não demorou muito e seus pais chegaram, ela subiu para seu quarto e foi tomar um banho, o dia tinha cido simplesmente perfeito junto com o Enzo, ela saiu do banho e foi para quarto, ela pegou seu celular e viu que havia uma mensagem dele.
             –----------------

     Hoje foi sem dúvida o melhor dia que já tive, eu te amo, nunca tenha dúvida disso. Boa noite, princesa.
                                  
                                 - Enzo.
             –----------------


Notas Finais


Estou tão ansiosa para continuar escrevendo vocês terão uma GRANDE surpresa em breve


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...