História Engraçadinha... Seus amores e seus pecados - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 11
Palavras 341
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Engraçadinha se despede de Rita e vai ver o Maia... Ela bate no vidro do carro...

Maia: Engraçadinha!...

Engraçadinha: estava com saudade de mim?

Maia: claro que sim, depôs daquela noite como não? Onde está o seu carro?

Engraçadinha: o motorista veio buscar, por que?

Maia: por nada, só por cuidado... Eles se beijam...

Engraçadinha: agora eu tenho que ir Maia... Ela vai, enquanto isso ele vê o seu corpo... Engraçadinha vai longe e vê um rapaz sem camisa, suado e forte na rua... Ela acha ele muito bonito e se aproxima fazendo com que ele veja ela... Ele também acha ela bonita...

Otávio: você precisa de ajuda?, parece estar cansada

Engraçadinha: estou, por que?

Otávio: se você quiser entrar...

Engraçadinha: com sua licença... Os dois entram na casa...

Otávio: me espere aqui, eu vou tomar banho

Engraçadinha: está bem, posso pegar um copo d'água?

Otávio: claro que pode... Enquanto ele toma banho, ela fica olhando a casa, vê todas as fotos... Ele sai do banho vestido...

Engraçadinha: eu gostei da sua casa você divide com alguém

Otávio: não, meus pais moram em outra cidade e eu sou solteiro

Engraçadinha: que bom, você está aqui à muito tempo?

Otávio: eu nasci aqui

Engraçadinha:... Eu sou de São Paulo, já foi lá?

Otávio: não!

Engraçadinha: você nunca viaja?

Otávio: eu sempre fico aqui

Engraçadinha: eu adoro viajar

Otávio: e você? É casada?

Engraçadinha: não!... Fred e Lucas vão para a casa de Fred

Lucas: eu não sábia que você morava sozinho, não têm medo?

Fred: não, prefiro morar só, eu sofri muito com o meu pai, ele já me deixou ajoelhado no milho, já me bateu com chicote, me deixou sem comer

Lucas: meu Deus, que horror, eu sinto muito por você

Fred: ele já está morto

Lucas: e sua mãe?

Fred: eu só nasci, por que ele explorou minha mãe, ela só tinha quatorze anos

Lucas: também morreu?

Fred: sim, agora só têm eu, estou só...

Lucas: eu também estou sozinho, quem sabe nós não moramos juntos?

Fred: como um casal? Eu amei, nós vamos fazer o que nós quisermos, só eu e você... Eles voltam a se beijar...

Engraçadinha: tchau Otávio, muito obrigada, você é muito gentil, ela beija a boca dele e vai embora...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...