História Enigma Mortal - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 4
Palavras 216
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Samael


Estava voltando para casa quando passei em frente a uma loja de magia, um daqueles charlatães que fazem tudo por dinheiro me chamou e disse:

-Detetive! Eu o vejo em você!

-Vê? O que está dizendo?

-Você é especial, ah é sim! Você está encrencado detetive, estão procurando por você agora!

-Quem está me procurando?

-ELES! Vão te matar, querem sua alma agora!

Ele tentou me segurar como se estivesse desesperado, eu me soltei estas tivesse fui embora:

-Me solte maluco!

-Você não sabe o que faz.... Perdoados sejam os tolos...

Continuei meu caminho, chegando em casa corri ao meu escritorio, algo estava errado, tudo estava espalhado e bagunçado, quem quer que tivesse feito isso, estava procurando por mim, e chegou antes....

Abri um alçapão colocado em baixo da minha mesa, onde guardo todo o meu armamento, peguei minha arma e começou a vasculhar a casa, talvez o intruso ainda estivesse aqui...

Foi quando ouvi um barulho no sótão, decidi ir até lá, precisava saber o que estava fazendo aquilo. O frio na minha espinha me paralisava, sentia meus dedos na arma rígida estava fria, vi que a janela estava aberta, foi ali que o intruso entrou? Não é possível, está a 4 metros do chão....

Subi no sótão, estava escuro, olhava somente pelo cano da arma, ouvindo meus arredores, sons que não consigo explicar ecoavam no lugar...


Notas Finais


Capítulo não terminado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...