História Ensino médio - sentimentos - Capítulo 16


Escrita por: ~ e ~marilogs

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 78
Palavras 1.335
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Estou com medo


Fanfic / Fanfiction Ensino médio - sentimentos - Capítulo 16 - Estou com medo

JungKook on

Como ele pôde? Ele sabia que era segredo e o pior eu não consegui fazer nada, apenas soltei o Jimin e me encolhi num canto ja com lagrimas nos olhos, não sei o que fazer e nem mesmo tem o que fazer, apenas aceitar que o que ele disse é verdade. Me afastei um pouco mais e me encostei na porta, abri a mesma com brutalidade e comecei a correr.

Jimin on

Quando percebi que Kook havia saído dali correndo não esperei para ir atrás dele, soltei Yoongi com brutalidade no chão e corri o mais rapido que pude, a porta do elevador estava se fechando e desesperadamente gritei para que JungKook segurasse a porta e a unica coisa que ele fez foi chorar mais e apertar freneticamente o botão na intenção de que fechasse mais rapido, olhei ao redor e achei as escadas e sem pensar duas vezes comecei a descer os degraus correndo como um louco e quando finalmente cheguei na portaria JungKook ja estava gritando por um taxi, corri até o mesmo que não havia notado minha presença e o abracei por trás eu também ja estava em lágrimas e era capaz de escultar os soluços do choro dele.

- Por que fugiu Kookie?

- N-Não q-quero f-falar sobre i-isso Hyung... - ele disse abaixando a cabeça.

- JungKook olhe para mim... - ele balança a cabeça negativamente - Por favor JungKook... quero olhar nos teus olhos- ele lentamente se vira para mim com os olhos enchados e o nariz vermelho- Por favor não chore você fica mais bonito quando sorri- ele força um sorriso - Por que correu Kookie?

- P-porque o que e-ele disse é-é v-verdade Jiminie... eu gosto mesmo de você - sorri para ele.

- Que bom... porque eu também gosto de você.

- N-não esta entendendo Jiminie... eu gosto de você só que em outro sentido... no sentido romântico...

- Eu sei... eu também gosto de você nesse sentido Kookie.

Rebeca on

Não podia acreditar, isso não podia estar acontecendo, ele esta solto? E agora? N-não sei o-oque fazer... E se ele v-vier atrás de m-mim? Pedi que Tae me deixasse em casa depois que jantamos, não contei para ele que iria para a casa da minha avó. Sim eu iria fugir, porque sim,eu estou com medo dele vir atrás de mim.

~Flashback on

Por um milagre me desfiz dos braços dele e me tranquei no quarto da minha mãe enquanto ele falava coisas estranhas e ameaças e batia com força na porta estava morrendo de medo e corri para o telefone do quarto e liguei para a polícia ja que minha mãe estava viajando com meu pai a trabalho e me deixou com esse monstro mas não culpo eles afinal, eles não sabem o que ele faz comigo. Uns 15 minutos depois ele consiguiu arrombar a porta e eu comecei a chorar mais ainda quando ele estava quase me pegando um policial apareceu na porta. Ele prendeu aquele monstro e ligou para meus pais eles queriam me levar para a delegacia e enquanto o policial chamava outra viatura para que eu e o monstro não fossemos na mesma viatura... Lembro das palavras dele, ele virou para mim e cuspiu essas palavras:

- Eu vou voltar querida sobrinha e apenas espere eu vou fuder tanto com você quanto com a tua vida.

~Flashback off

Ele não podia voltar, não agora que estava tudo dando certo. Fui em direção ao meu quarto e joguei minhas roupas quase todas na mala de um geito apressado sem dobrar nada, provavelmente ficariam todas amassadas depois da mala "pronta", liguei para minha avó pedindo para ela mandar o motorista vir me buscar pois voltaria a morar com ela por um tempo e ela concordou. Quando cheguei lá minha avó foi muito gentil comigo... sera que ela sabe?

- Vovó... - ela olha para mim esperando que eu continue - você sabe? Sabe que ele foi solto, não sabe?

- S-sim minha netinha - ela me olhou triste e me abraçou - Não se preocupe não vou deixar que ele chegue perto de você novamente... e outra ele está na Inglaterra não seria fácil ele vir para Coreia do Sul...

- Não é fácil mas não é impossível vovó... estou com medo...

- Quem sabe que você veio para cá?

- Alem da senhora, ninguém...

- ótimo você estará segura aqui não se preocupe...

~Um mes depois

As professoras passaram vários trabalhos em dupla e adivinha com quem eu vou ter que fazer o meu? Sim, com o Yoongi já que Jimin e Kookie estão namorando, não que eu ainda guarde magoa dele mas sei lá... enfim vamos fazer hoje a tarde já que daqui uma semana começa as ferias do meio do ano, mais conhecida como férias de verão ou Julho. Ainda estou morando com minha avó, minha tia me liga uma vez por semana, nas duas primeiras ela me dava informações que tinha sobre ele e sua localização mas nessas duas últimas minha tia disse que ele simplesmente sumiu do mapa o que confesso, me da medo, minha avó viajou ontem a noite para a Inglaterra em questões de trabalho de acordo com ela, mas acho que ela percebeu que eu estava começando a ficar afoita e com mais medo de tudo aquilo e foi lá tentar resolver isso, eu e Tae estamos bem mas ele ainda não sabe onde eu estou morando já que geralmente saimos depois da escola junto a Jimin e Kookie e depois eu vou para a aula de boas maneiras já que de acordo com minha avó minhas maneiras são horríveis e inaceitáveis na nossa sociedade, ninguém sabe onde estou morando e Yoongi vai ser o primeiro a saber ja que ele vem fazer o trabalho aqui, Tae esta desconfiado pelo meu humor ultimamente, então decidi que assim que Yoongi for embora vou chamar ele aqui e falar para ele, vou abrir o jogo e contar toda a verdade e espero que ele não me julgue.

~ 4 horas da tarde

Eu e Yoongi estavamos terminando o trabalho, porem não havíamos comido nada a tarde inteira e eu estava com muita vontade de comer chocolate e pedi que ele fosse no supermercado aqui perto para comprar chocolate para nós, ele relutou um pouco mas acabou de sair para fazer o que eu pedi.

Yoongi on

Estava quase chegando no supermercado para comprar o que Rebeca havia pedido e me deparei com o babaca vindo na minha direção com o carro. Ele parou ao meu lado e desceu, ele parecia aflito com alguma coisa mas não liguei e continuei andando.

- Yoongi - ignorei - YOONGI! -ele puxou meu braço ne fazendo virar para ele- Me fala que você sabe onde a Rebeca está!?

- Sei - sorri convencido - O próprio namorado não sabe? Que estranho...

- Me fala onde ela está! Rapido. - balancei a cabeça negativamente e me soltei da mão dele.

- Não sou obrigado a nada!

- Não é questão de ser obrigado a nada! A Rebeca esta correndo perigo! Anda me fale onde ela está.

- Não vou acreditar em você, não sou idiota... devem ter brigado e você acha mesmo que ajudarei a reatar o relacionamento de vocês? Vá sonhando...

- Não é isso é que... E dificil de explicar mas... por favor entra no carro e vamos para onder quer que ela esteja...

-Não vou fazer o que você quer idiota... -voltei a seguir meu caminho e de novo ele me segura.

- Se alguma coisa acontecer a Rebeca porque não chegamos a tempo a culpa vai ser sua e acredite nem que eu vá preso eu te mato! - ia negar, não queria ir com ele porem, vi que era sério quando ele começou a chorar então entrei no carro, confesso que tambem tive um cagasso da ameaça dele mas isso agente releva...

Quando viramos a esquina da casa da avó dela escutei um grito muito alto e a voz era... era da R-Rebeca!?

Continua...


Notas Finais


Hello amores
O QUE ESTÃO ACHANDO?
GOSTARAM?
O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM A REBECA?
O TIO DELA VOLTOU?
SE SIM, ELES VÃO CONSIGUIR SALVAR ELA ANTES DELA SOFRER?
TAE E REBECA VÃO CONTINUAR NAMORANDO?
COMENTEM!!!!
Kissus de nutella da nutella ❤💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...