História Entrando em Miraculous - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrinette, Ladynoir, Nathanette
Exibições 19
Palavras 1.880
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Mistério, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, pessoal. Eu decidi melhorar um pouco o meu modo de escrever, então em algumas partes dos capítulos anteriores vão ter algumas coisa diferente.
Ah, decidi transformar o especial em só um. Então, vai ter umas coisas resumidas. Enfim, vamos ao capítulo.

Capítulo 11 - Special: Kwamis Became Humans


Foxyy -Kwami da Raposa 

Muita aconteceu desde ontem de manhã, coisas que o mundo inteiro (ou só Paris) nunca vai esquecer. 

 O dia que os Kwamis se tornaram humanos 

" Logo cedo o despertador tocou, avisando que já era o horário de acordar. Olhei para o lado e vi Andressa, dormi tranquilamente. De um modo até um pouco...fofo, decidi não acordar ela agora. 

Então, fui ao banheiro, usar a nova escova que Andressa comprou pra mim ( é uma escova de brinquedo, daquelas de bonecas, tá legal?). Só que ela estava bem menor do que antes, então, fui só lavar o meu rosto. 

Só que assim que olhei para o espelho, eu vi algo que parecia não ser real.

Foxyy: Eh! Virei humana?!"

Posso lhe dizer que passei um bom tempo no banheiro, jogando água no meu rosto. Aquilo só podia ser uma alucinação minha, só que era tudo verdade.

"Andressa: Então, Mestre Fu? Tem alguma coisa nesse livro? -disse ela sentado no chão, do lado dele. 

Mestre Fu: Achei! -ele disse parando em parte do livro. - Hm, aqui diz que a muito tempo atrás uma coisa parecida aconteceu.

Beebe: Como assim? Eu não me lembro de nada. E vocês?- disse ela olhando para mim e para o Wanzz que tentava se lembrar.

Mestre Fu: Não foi com vocês, foram com 7 outros kwamis.- disse ele lendo o livro- Ao que parece os 7 kwamis tiveram o mesmo e desejo, o desejo de ser tornar humano, e por algum motivo o desejo se realizou."

Desde então, estamos nessa forma. Forma de humanos, só que teve algo que não mudou. Uma coisa diferente em cada Kwami. 

Eu continuo a ter minhas belas orelhas, Beebe tem as suas antenas, Wanzz pode não parecer, mas suas costas são duras como aço, Tikki tem um pequeno par de assas, Plagg tem as suas orelhas de gato preto.

Isso me lembra do meu reencontro com Tikki, ontem de tarde.

"Beebe: Vamos,Foxxy?- disse ela me puxando até uma padaria, que conhecemos bem.- Tenho certeza que é a Tikki, que está cuidando da padaria.

Foxyy: Por isso mesmo. Ela não irá me perdoar.- eu disse de cabeça baixa, parando de vez na calçada.

Beebe: Tenho certeza que não será assim.- ela disse me colocando de frente a porta da padaria.- A Tikki sempre vai nos entender, afinal ela é a nossa irmã. Se lembra?

Dei um mini sorriso, ela balançou a cabeça em concordância, me fazendo assim tomar coragem para entrar dentro daquele pequeno estabelecimento.

Lá dava para ver as costas de uma bela mulher, que trajava um belo vestido vermelho com branco e claro com as suas amadas pintas pretas.

Foxxy: Ti...kki?!- eu disse já com a voz embargada, por causa do nó na garganta.

Tikki: Foxyy?! Oh, meu deus!- ela disse vindo até mim correndo, ela me abraçou forte.

De fato Beebe estava certa, ela realmente me entendeu. Afinal, aquele abraço transmitia carinho, saudade e o melhor de tudo, perdão. Isso só me fez ter uma reação...chorar até não dar mais.

Tikki: Tudo bem, Tudo bem.-disse ela secando as minhas lágrimas. Então, ela desviou o seu olhar com o meu, e olhou para o lado de fora da padaria, e fazendo um sinal com a mão. Chamou Beebe que estava do lado de fora."

Naquela hora demos o maior abraço coletivo da história, conversamos um pouco e depois fomos embora. Afinal, Tikki estava "trabalhando" e não queremos que ela leve sermão por nossa culpa. 

Na noite de ontem, nos encontramos com o Plagg para fazer a patrulha ma cidade. Já que não podemos nos transformar com os nossos portadores, tínhamos nós mesmo dar uma de herói.

Preciso nem comentar que rolou aquele clima todo com a Tikki e o Plagg, né? Eu sei que o Plagg sempre gostou da Tikki, tanto que é por esse motivo que todos os outros portadores sempre gostaram da Ladybug. 

Mas uma coisa estava diferente aquele dia, ele parecia estar diferente. Não sei por que mais a atenção estava toda focada em mim. E tudo que eu menos quero agora, é alguém gostando de mim.

" Foxxy: Será que dá parar de olhar para mim? -eu disse olhando bem nos olhos dele.

Então, eu notei. Ele não estava com aquele olhar todo meloso, e sim com um olhar de pena. O olhar que eu menos queria. 

Foxxy: Chega. Sem esse olhar para mim.- eu disse me virando de costa.

Plagg: Foxxy, você se lembra? - ele disse se aproximando de mim e eu me afastei.

Foxxy: É impossível esquecer.- eu disse me abraçando, para ver se passava aquele sentimento de tristeza.- Desculpa, Plagg.

De repente, senti um peso nas minhas costas e um peso na minha cabeça. Ele estava me abraçando.

Plagg: Você não precisa pedir desculpas. A culpa não foi sua. Eu que que deveria pedir desculpa.- ele disse me abraçando mais forte.- Eu que deveria pedir desculpas, afinal, você é a minha irmã."

Plagg sempre me tratou assim, como a irmã mais nova dele. Pensei que ele tratava assim também a Beebe, mas esse não é o caso. Ela é a conselheira amorosa dele. Chega ser até engraçado.

Tudo estava acontecendo bem, hoje havíamos marcado de nós encontrar para nós divertir. Mas parece que o dia que seria cheio de brincadeiras...passou a ser um dia extremamente trágico.

Por que? Eu vou lhe contar.

" Nadja Chamack: Estamos aqui a mostrar um ataque, que está acontecendo em frente a Torre Eiffel.- disse ela correndo, enquanto filmavam.- Estamos sendo atacados, por homens de preto com assas enormes. Eles parecerem estar sendo controlados por um homem que diz ser Hawk Moth"

Depois dessa notícia, todos os Kwamis fomos até eles. Ao que descobrimos, Nooro era o que dizia ser "Hawk Moth". De fato ele, né?

Mas ele já não era, o Kwami tímido e extremamente gentil que conhecemos. Ele estava corrompido, só pensa em controlar o mundo e em destruir todos que tentava o impedir.

Eu tomei a frente, e tentei convencer que ele estava errado. Só que consegui fazer ele ter mais ódio, e direcionar todo aquele ódio para mim.

Agora vocês devem estar pensa do que estou morta, né? Não, não estou. Mas estou quase. Nesse exato momento estou amarrada na Torre Eiffel, minhas roupas estão destruídas e estou cheia de machucados. Nooro quer me matar na frente de todos, para mostrar o que vai vai acontecer com aqueles que o desafiarem.

Tikki, Plagg, Beebe e Wanzz, estão lá em baixo sendo segurados pelos "capangas" (por assim dizer) do Nooro. Todos de Paris, estava me vendo agora.

Parece que esse é o fim, o fim de Paris e o fim do mundo. Fechei os meus olhos, não quero ver a cara daqueles que eu amo tristes.

- Você vai desistir é isso mesmo que estou vendo?! 

Essa voz, é a voz da Andressa. Abri os meus olhos, assim que que a ouvi. Não encontro ela, aonde ela está? Será coisa da minha cabeça?

- Todos estam ouvindo! Os heróis de Paris nunca desistem!

Nooro: Quem? Aonde?

Nooro parecia desesperado, para encontrar quem gritou aquelas palavras. Então, não é coisa da minha cabeça.

- Eles lutam até que suas forças acabem! E quando elas acabam...

 Finalmente a encontrei.Ela estava encima de mim, na ponta da Torre Eiffel. Ela estava olhando para mim.

- Nós estaremos aqui para ajuda- los!

Ela deu um sorriso para mim, ela estava junto com a Marinette, Melyssa e Adrien. Todos de máscaras, e com algumas armas.

Nooro: Ora! O que esperam?!- ele gritou para os seus capangas.- Peguem nos!

Foxyy: O que?! Não! - eu gritei, enquanto fazia de tudo para me saltar. Mas aquelas cordas estavam muito fortes.- Droga! 

Olhei para cima novamente, mas eles não saiam daquela posição. Tem alguma coisa errada? Parecia....uma gravação.

Andressa: Parece que você já notou, né? - ela disse perto de mim.

Olhei para o lado, e vi Andressa com um sorriso malandro,enquanto cortava as minhas cordas.

Foxyy: Como? - eu disse passando a mão nos meu punhos, que tinha a marca das cordas. Aquilo com certeza ficará roxo.

Andressa: Projeção! Você acha mesmo que deixaríamos vocês irem sem ter um segundo plano? - ela se segurando na grade na Torre assim que desamarrou tudo.- Pedimos uma ajudinha do Nino.

Segurei ela, e pulamos dali. Nooro notou que era só uma gravação,e olhou zangado para onde estava. 

Nooro: Droga!- ele disse com muita raiva- Destruam eles! 

Todos aqueles "akumas" vieram na nossa direção. Eu e Andressa só demos um sorriso malandro, e uma risadinha estilo raposa.

Pousamos, e montamos um plano rápido, ou melhor Andressa falou o plano.

Andressa: Atenção! Nós vamos cuidar dos cidadãos, e vocês cuidam dele. Afinal, isso é assunto de vocês.- disse ela me dando um sorriso.

Marinette: Voltaremos depois que todos estiverem a salvo.- ela disse cansada.

Adrien: Por favor, se mantenham vivos até lá!- disse ele correndo até alguns cidadãos que estavam sendo atacados.

Melyssa: Vamos nos encontrar depois.

E nós separamos, nos levantando dispostos a trazer de volta o nosso amigo.

Tikki: Para de atacar os cidadãos! Nos somos os seus alvos!- ela gritou, enquanto girava o seu ioiô do modo mais rápido que já vi.

Plagg: Não, Não Tikki. Ele deveria parar de dar uma de covarde.- disse ele com o bastão de ferro atrás da sua cabeça, enquanto segurava as pontas.

Beebe: Concordo! Até agora ele só mandou os capangas!- ela disse tentando se lembrar, de algo que era fato.

Foxyy: Será que...ele está com medo de perder? - eu disse comentando com eles.

Tikki: Provavelmente seja isso.

Nooro veio voando o mais rápido possível, para cima de Tikki enquanto ela não prestava atenção. Só que não.

Tikki: Ah, não vai não! - ela disse se virando rapidamente, e prendendo o ioiô na perna dele e o tacando para longe.

Corremos as até ele.

Foxxy: De fato esse é o nosso Nooro, o cara que se estressa rápido.- eu disse rindo no final.

Nooro: Não, eu não sou mais assim.- ele disse criando uma força enorme, e me jogando para longe.

Minhas costas foram de contato a árvore, e quando isso aconteceu me deixou sem ar por alguns minutos.

Foxyy: Estou bem.- eu disse falando para eles que me olhavam assustado.

Tikki: Por que você insisti em negar? Estamos aqui para lhe ajudar!- ela gritou e ele não deu ouvidos.

Beebe: Sabemos que está sofrendo, mas nos deixa lhe ajudar!

Mesmo sem perceber eles estavam o distraindo, como fizeram comigo,é o mesmo plano. Mas quem vai cumprir dessa vez a parte principal vai ser eu. 

Pulei nas costas do Nooro, ele fazia de tudo para me afastar.

Foxyy: Chega disso, Nooro! Se lembre de nós! Dos seus amigos! Eu sei o que você passou! Eu passei pelo mesmo se lembra! - eu dizia em deu ouvido- No final você só quer se libertado, e se você deixar. Eu nos iremos lhe salvar.

Ele parou de se agitar, ele abaixou a cabeça,e vi lágrimas sair dos seu olhos. Então, no chão de joelhos.

Nooro: Por favor, me ajude!

Foxyy: For a personal reason evil reigned, reign of bitterness and hatred. But this reign is over, and it's time for hope and joy return to reign! - eu disse com calma no seu ouvido, e o Akuma que antes estava neles saiu voando. Atrás de outro portador.- Tikki!

Tikki: Seu tempo acabou akuma! - e e ela purificou a borboleta- Bye! Bye! Borboleta!

Sem comentar tudo voltou ao normal, o que foi destruído voltou a sr novinho em folha. Todos de Paris estavam a salvo novamente.

É pena que isso é só uma história, mas alguns fatos eram verdadeiros. Quais serão? Infelizmente não poderei te contar.


Notas Finais


Foi isso pessoal, esperam que tenham gostado. Irei mudar algumas coisas nos capítulos anteriores. Então Prestem atenção.
Ah, os especiais serão de acordo com os favoritos, quando eles aumentarem de dez em dez.
Comentem o que acharam.
Bjs 😘
Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...