História Entre a Amizade e o Amor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruhina, Narusaku, Sasusaku
Exibições 112
Palavras 935
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hello people! Pra leitores novos eu aconselho ler a 1° temporada da fic primeiro então vou deixar o link dela nas notas finais, blz?

Vou deixar o link da música desse cap nas notas finais tb pra quem quiser ouvir e ver o clipe, que, pelo menos na minha opinião, é muito bom.

Capítulo 1 - Dumb Dumb


Fanfic / Fanfiction Entre a Amizade e o Amor - Capítulo 1 - Dumb Dumb


“Dumb, dumb, dumb, dumb, dumb, dumb”

“Boba, boba, boba, boba, boba, boba”



“Arg! Como você pode ser tão burra?!” Minha Inner brigava comigo e eu nem sabia como a revidar.

Desde do começo desse ano, quando Sasuke se mudou pra minha escola, eu me desesperei completamente. Não fazia nem ideia que o mesmo estava aqui em Tóquio, jurava que ele ainda morava em Konoha. E quando o vi, no primeiro dia de aula do meu último ano no Colégio, sentado em uma das cadeiras, do fundo, de minha sala eu perdi totalmente a noção.



“Neo ttaeme haru jongil gominhajiman

Neol eotteokhaeya joheulji jal moreugesseo nan oh

Baby baby baby baby baby you

Play me play me play me play me play me”


“Por sua causa, estou pensando demais o dia inteiro

Mas eu ainda não sei o que fazer com você, oh

Baby, baby, baby, baby, você

Brinca comigo, brinca comigo, brinca comigo, brinca comigo, brinca comigo”



Foi como se tudo ao nosso redor tivesse desaparecido, deixando apenas eu e ele no mundo, e o tempo tivesse parado e voltado à época de quando éramos criancinhas de 5 anos e trazido consigo todas aquelas sensações que ele me causava de novo a vida.

Eu voltei a pensar nele sem parar, noite e dia, dia e noite, e eu não sei mais o que fazer! Eu não sei como ele faz isso, mas ele consegue brincar comigo e os meus sentimentos sem nem ao menos saber ou querer.



“Geu nunbicceun nal ajjilhago hesgallige hae

Nae iseongjeogin gamgakdeureul heuteojige hae oh

Baby baby baby baby baby you

Crazy crazy crazy crazy crazy (crazy year)”


“Seus olhos me deixam sem fôlego e me confundem

Eles fazem meus sentidos racionais sumirem, oh

Baby, baby, baby, baby, você

Louca, louca, louca, louca, louca (louca, sim)”



Todas às vezes que ele me olha, todos os meus sentidos racionais somem. Eu queria voltar a ser sua amiga, ou quem sabe até mais do que isso, mas já perdi a conta de quantas vezes, sem sucesso, eu tentei me aproximar dele. O máximo que consegui foi me aproximar de seu amigo loiro, Naruto, por quem eu desconfiava que Hinata tinha uma queda.



“Maneking inhyeongcheoreom hanabuteo yeolkkaji da eosaekhaji

Pyeongsogati hamyeon doeneunde

Tto neoman bomyeon sijakdoeneun babo gateun chum”


“Como um manequim, da cabeça aos pés, tudo é tão esquisito

Eu deveria agir naturalmente como sempre faço

Mas sempre que te vejo, eu fico tão estúpida”



Eu tento agir normalmente perto dele, mas não consigo. Tento falar com ele, mas minha fala simplesmente não saí. Eu não sei o que há comigo, só sei que quando ele está por perto eu fico estupidamente estática e incapaz de reagir naturalmente.



“Nun ko ip pyojeongdo pal dari georeumdo nae mareul deutji anhjyo

Dumb dumb dumb dumb

Dumb dumb dumb dumb

Simjangui tteollimdo nalttwineun gibundo mamdaero doejil anhjyo

Dumb dumb dumb dumb

Dumb dumb dumb dumb”


“Meus olhos, nariz, boca, até mesmo meu rosto, braços, pernas, meus passos, eles não me obedecem

Boba, boba, boba, boba

Boba, boba, boba, boba

A tremedeira do meu coração, meu temperamento agitado, eu não consigo controlá-los

Boba, boba, boba, boba

Boba, boba, boba, boba”



Meu coração acelera, minha barriga revira, minhas mãos suam, meu cérebro não funciona e assim não consegue dar suas devidas ordens de comportamento para o meu corpo.



“Dumb, dumb, dumb, dumb, dumb, dumb”

“Boba, boba, boba, boba, boba, boba”


Boba. Eu me sinto uma extrema boba por essas minhas atitudes ridiculamente infantis!



“Nangmanjeogin yeonghwareul nan kkumkkwowajiman

Ne sarangeun nae sone neul ttameul jwige hae oh

Baby baby baby baby baby

You make me crazy crazy crazy crazy hey”


“Eu sonhava com um filme romântico

Mas seu amor sempre deixa as minhas mãos suadas, oh

Baby baby baby baby baby

Você me deixa louca, louca, louca, louca, hey”



Eu o desejei por tanto tempo e quando finalmente decidi "acordar" e parei de sonhar que um dia ficaríamos juntos e existiria um “nós”, ele me aparece de novo pra jogar na minha cara que todo o meu esforço não adiantou nada. 

Desde de que me mudei de Konoha, sem nem avisar pra ele antes, e vim morar em Tóquio, nunca pensei que fosse vê-lo novamente e agora que nos reencontramos eu fico muito nervosa em sua presença. Céus, ele está me deixando louca!


“Maneking inhyeongcheoreom hanabuteo yeolkkaji da eosaekhaji

Pyeongsogati hamyeon doeneunde

Tto neoman bomyeon sijakdoeneun babo gateun chum”


“Como um manequim, da cabeça aos pés, tudo é tão esquisito

Eu deveria agir naturalmente como sempre faço

Mas sempre que te vejo, eu fico tão estúpida”



Eu realmente não esperava reencontrá-lo e também não estava preparada para tal, já que quando ele tentou falar comigo uma vez eu fiquei tão aflita que fingi não me lembrar dele, o que o fez ficar tão decepcionado que ele nunca mais falou comigo depois disso.



"Nan neoegeseo heeonal su eopsna bwa

Jeo eonnicheoreom doego sipeunde"

“Eu não posso escapar de você

Eu te odeio, mas eu não te odeio"



Eu o odeio tanto por não conseguir deixar de gostar dele, mas ao mesmo tempo não consigo nem odiá-lo e isso só me deixa mais angustiada ainda.




“Namdongsaeng roboscheoreom hanabuteo yeolkkaji da eosaekhaji

Eotteokhaji gojang nana bwa sumeul swineun bangbeopdo da kkameogeosseo na”


“Da cabeça aos pés, tudo é tão esquisito

O que eu faço? Eu acho que estou quebrada, eu até mesmo esqueci como se respira”



Estou ferrada. Daqui a pouco vou acabar morrendo de ataque cardíaco ou asfixia, já que nem respirar direito eu consigo mais.



“Nun ko ip pyojeongdo pal dari georeumdo nae mareul deutji anhjyo

Dumb dumb dumb dumb

Dumb dumb dumb dumb

Simjangui tteollimdo nalttwineun gibundo mamdaero doejil anhjyo

Dumb dumb dumb dumb

Dumb dumb dumb dumb”


“Meus olhos, nariz, boca, até mesmo meu rosto, braços, pernas, meus passos, eles não me obedecem

Boba, boba, boba, boba

Boba, boba, boba, boba

A tremedeira do meu coração, meu temperamento agitado, eu não consigo controlá-los

Boba, boba, boba, boba

Boba, boba, boba, boba”



Sei que vou acabar me arrependo por isso depois, mas aceitar a proposta de Naruto é a minha única escolha.




Notas Finais


Que proposta será essa? Acho q vcs já devem ter uma ideia.

Ah, e vai ser q nem a outra, no mesmo esquema, um cap narrado pela Saky e o outro pelo Narutinho ok?

Link da 1° temporada: https://spiritfanfics.com/historia/entre-o-amor-e-a-amizade-5835115

Link da música: https://youtu.be/XGdbaEDVWp0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...