História Entre a luz e a Escuridão - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Glee
Personagens Artie Abrams, Blaine Anderson, Brittany S. Pierce, Dave Karofsky, Finn Hudson, Hiram Berry, Kurt Hummel, Mercedes Jones, Mike Chang, Quinn Fabray, Rachel Berry, Sam Evans, Santana Lopez, Sue Sylvester, Tina Cohen-Chang, Will Schuester
Tags Brittana, Faberry, Quinn Fabray, Rachel Berry
Visualizações 237
Palavras 2.220
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como vocês estão?
Boa leitura =D
Desconsiderem os erros =D

Capítulo 28 - 28- Apresentações (parte 2)


POV Rachel

Por essa eu não esperava. Quando Finn chamou nossa atenção para a musica Quinn rapidamente mudou sua postura e a senti ficar tensa ao meu lado, apertei sua mão tentando chamar sua atenção, mas seu foco era o menino a nossa frente que olhava para nós.

- Quinn olha para mim – pedi baixinho para ela atraindo sua atenção – Esquece ele, não faz nada – pedi observando ela respirar fundo.

Quinn e Santana só faltavam levantar e ir até Finn. Graças a Deus Britt estava segurando Santana que xingava algo baixinho do seu lugar enquanto Britt tentava manter ela no lugar.

- Você me promete que não vai fazer nada? – pedi para Quinn quando finalmente chamei sua atenção novamente apertando sua mão.

Eu não quero que ela se meta em confusão novamente por minha causa, não quero que ela ganhe um suspensão ou qualquer coisa assim por arrumar briga novamente. Will vê Finn como seu menino de ouro, se Quinn brigar novamente com ele talvez nem Sue consiga livra-la do castigo.

- Eu quero matar ele – ela disse apertando minha mão – Ele não pode fazer isso depois do que ele falou para os meninos do time de futebol – disse ela com raiva – Isso é ridículo – afirmou.

- Eu nem estou prestando atenção nele – disse para ela ganhando pequeno sorriso – Eu ainda não entendo como ele pode fazer isso – falei triste pela primeira vez... Finn era meu amigo antes de qualquer coisa, como ele pode mudar tanto assim .

- Não fica assim – disse chamando minha atenção – Ele não merece que você fique triste ou qualquer coisa.

- Ás vezes eu só queria entender como ele pode fazer isso – falei mais para mim mesma do que para ela.

- As pessoas mudam Rach – respondeu-me atraindo minha atenção – E às vezes não é uma boa coisa.

- Eu sei – respondi voltando minha atenção para frente e continuei brincando com a mão dela esperando ele terminar sua canção. Deus o que eu vou falar? Eu acredito nela sobre a aposta, mas ainda assim é difícil ver uma pessoa que eu me importei tanto fazendo isso... Porque ele é assim? Será que em algum lugar ainda existe aquele menino que eu amei? Será que todos aqueles momentos foram falsos? Será que não sobrou nenhum tipo de caráter nele?

Eu sei que fui burra em acreditar nele, afinal quem iria querer ter algo serio comigo? Eu sou um problema há muito tempo.

- Rachel você não vai falar nada? – perguntou alguém atraindo minha atenção e quando olhei para frente Finn me olhava com expectativa e todos na sala estavam com a atenção voltada para mim.

Merda! Isso é tudo o que eu queria evitar. O que eu falo? O que eu faço agora? Será que eu consigo sair correndo e passar pela porta antes que algumas das meninas me parem?Senti Quinn respirando fundo ao meu lado e apertando minha mão.

- Olha eu sei que eu errei com você, mas eu te amo – disse Finn novamente e respirei fundo tentando controlar essa sensação ruim dentro de mim, ele não podia para não? – Eu quero uma chance com você, só me da uma chance.

Olhei para frente e Britt agora realmente segurava Santana em seu lugar enquanto Quinn estava respirando cada vez mais fundo.

- Rache eu...

- Você é muito tapado mesmo né? – perguntou ela do seu lugar enquanto eu apenas apertava sua mão tentando faze-la ficar sentada em seu lugar – Ela não quer nada com você, NADA, mas acho que você é burro o suficiente para não entender isso, quer que eu explique? Pegue um dicionário talvez? – perguntou irônica.

- Meu assunto não é com você Fabray – respondeu ele para ela – Eu estou falando com ela e isso não tem nada haver com você.

- Qualquer coisa que envolva ela é meu assunto seu retardado – respondeu ela – Você é idiota demais para pensar que eu realmente vou deixar você perto dela sabendo daquela aposta? – perguntou em alto e bom som para todos ouvirem e pela primeira vez Finn ficou abatido – Eu até agora estou me controlando para não quebrar você em dois, até agora estou quieta, mas eu juro que se não ficar quieto nesse exato momento eu não vou me controlar.

Finn por um momento ficou quieto enquanto todos olhavam para ele provavelmente querendo saber do que Quinn falava, mas ele logo voltou com sua postura normal.

Antes que ele pudesse falar alguma coisa Britt falou algo.

- Sr. Shue podemos continuar com as apresentações não é? – perguntou olhando para o professor enquanto segurava Santana no lugar.

- Quinn olha para mim – pedi chamando sua atenção fazendo-a desviar seu olhar de Finn pela primeira vez – Por favo, não vale a pena.

- Mais Rach ele...

- Nada que envolve ele importa para mim – eu disse rapidamente agoniada – Não quero que você se meta em encrenca novamente – disse para ela ganhando sua atenção enquanto Will falava alguma coisa – Por favor – implorei apertando sua mão num pedido mudo para ela não fazer nada, quando senti ela responder meu aperto fiquei mais aliviada.

- Não vou fazer nada.

- Rachel podemos conversar, por favor – Finn pediu para mim mesmo Will mandando ele se sentar.

É impressão minha ou ele quer apanhar? Porque desse jeito ele esta pedindo para Quinn se levantar daqui ou Santana.

- Eu não quero falar com você – respondi pela primeira vez olhando para ele e rapidamente voltei minha atenção para minha mão entrelaçada com Quinn.

Ouvi Will chamar outra dupla para se apresentar, mas mantive minha atenção voltada para minha mão entrelaçada com a de Quinn. Eu não queria esse tipo de atenção, eu não queria estar aqui, não queria ter que me apresentar hoje, apenas queria ir embora, precisava ir embora. Isso não pode estar acontecendo aqui, não agora. Eu sentia minhas emoções se misturando junto com o nervosismo e queria somente que isso parasse. Queria ir embora, precisa tirar essa sensação de dentro de mim.

- Olha para mim Rach – pediu Quinn aproximando sua cadeira de mim até estar colada comigo – Está tudo bem – sussurrou para mim – Se acalma.

Como ela sabia que eu estava nervosa?

- Não faz isso – disse pegando minha outra mão que esta passando pelo meu outro pulso – Nós estamos bem, você está bem e não precisa disso – falou para mim e apenas olhei para ela vendo seu olhar cheio de preocupação, carinho e cuidado – Se quiser nós podemos falar que não ensaiamos a musica e deixar essa apresentação de lado – ofereceu tentando sorrir – Com esse episodio do Finn  ficou nervosa e não precisa ficar mais ainda por conta de uma apresentação, vamos deixar ela de lado – disse para mim sorrindo.

Quinn queria se apresentar, ensaiamos e ela estava toda animada para isso, mas por se preocupar comigo ela está deixando isso de lado.

- Tem certeza que não quer o jantar grátis? – perguntei tentando sorrir e ela olhava-me atentamente – Você estava ansiosa para isso – disse para ela – Nós somos as ultimas e não vamos desistir. Eu quero fazer isso por você.

- Você tem certeza? – perguntou preocupada – Eu realmente não ligo para isso – afirmou para mim – Eu posso levar você jantar lá de qualquer jeito.

- Não vamos deixar a Santana ficar zoando você assim – disse tentando sorrir e ela sorrio para mim.

Quando a apresentação termino Quinn apertou minha mão mais uma vez antes de se levantar.

- Nós somos as próximas – disse para Will que apenas sorrio para nós e levantei copiando os movimentos de Quinn até estar parada no meio da sala e sentando-me num banquinho.

- Você não precisa ficar nervosa – disse somente para mim ouvir – Vira para mim – pediu para mim – Cante para mim e eu vou cantar para você – pediu e mudei meu banco ficando de frente para ela.

POV Quinn

Sabia que ela estava nervosa por ter que cantar na frente de todos então pedi para ela mudar sua posição no banco, cantando assim somente para mim. A ideia é brilhante, mas meu problema vai ser ficar olhando para ela e esquecer de cantar... Deus Rachel é perfeita.

https://www.youtube.com/watch?v=B7mlC1sbxKQ

Desde que os músicos começaram a tocar mantive meu olhar fixo em Rachel e a famosa batalha começou, verde com o castanho e castanho com o verde. Eu poderia olhar para ela por horas e mesmo assim não seria bastante. Estar perto dela seja do jeito que fosse valia a pena. Eu sentia tanta falta de sua voz... Antes da musica começar eu já tinha certeza de nossa vitória, mas ouvindo ela cantando e como a musica ficou eu acabo de ter certeza.

Em cada momento em que canto com ela eu sinto-me mais completa, Rach me completa. Eu poderia ficar cantando essa musica para sempre se ela estivesse ao meu lado.

Quando a musica terminou ouvi os aplausos dos nossos amigos e sorri para Rachel que devolveu meu sorriso sorrindo timidamente. Essa versão de Rachel Berry cada vez surpreende-me mais e mais, antes ela amaria esses aplausos, mas agora simplesmente fica sem jeito.

- Vocês foram perfeitas meninas – disse Will levantando-se e Rach veio rapidamente para meu lado – Essa foi uma apresentação linda, estão de parabéns.

- Sr. Shue Rachel errou as ultimas notas, não tem como ser perfeito isso – disse Mercedes de seu lugar e olhei incrédula para ela enquanto sentia Rachel ficando tensa ao meu lado. Como assim Rachel não tinha sido perfeita? Ela tem algum problema?

- Cala a boca Mercedes – disse Santana irritada virando-se para ela – Mesmo eu odiando admitir isso ela e a Juno arrasaram.

- Eu apenas estou falando a verdade – disse sem se importar – Ela errou as ultimas notas.

- Você só sabe criticar, mas até agora não vi apresentação melhor do que a delas – disse Santana levantando-se e Britt segurando seu braço – Tudo o que você sabe fazer e criticar e criticar, mas até agora não vi você fazendo nada melhor... Nossa melhor cantora é ela – disse apontando para Rachel – Ela lutou por esse grupo, ela correu atrás enquanto você apenas sentava essa bunda gorda da cadeira dessa sala – falou respirando fundo – Então eu sugiro que você cale a boca antes que eu perca o restante da minha paciência e te quebre.

- San senta – disse Britt finalmente conseguindo fazer ela se sentar.

- Meninas é melhor vocês se sentarem – pediu Will e apenas peguei a mão de Rachel guiando-a até nossos lugares.

- Vocês foram demais – disse Britt quando passamos por ela que ainda tentava acalmar Santana.

- Vamos fazer a votação – disse Will dando uns papelzinho para Sam entregar para todos – Escrevam o nome da dupla vencedora.

 - Desculpa por ter estragado nossa musica – ouvi Rachel dizer quando nos sentamos e voltei minha atenção para ela.

- Nem pense em dizer isso – falei virando-me para ela – Você foi ótima, nós fomos ótimas.

- Mais...

- Não existe um mais aqui – cortei sorrindo – Eu tenho certeza que ganhamos porque fomos demais e mesmo que o resultado não seja a nosso favor quer ir jantar comigo? – perguntei sorrindo para ela depois de Sam entregar dois papeis para mim e dei um para ela – Então?

- Aceito – respondeu rapidamente e logo olhou para baixo, parecia estar corada.

- Perfeito – respondi sorrindo e escrevi nosso nomes no papel e Rachel rapidamente olho para mim entregando o papel.

Levantei e levei nossos papeis até Will que assim que recebeu todos os papeis começou a contar.

- Eu já tenho o resultado – disse ele atraindo a atenção de todos – Um dupla recebeu praticamente quase todos os votos e levou essa.

- Fala logo Sr. Shue – disse Santana e revirei os olhos.

- E a dupla vencedora é... QUINN E RACHEL – disse rapidamente e olhei para Rachel que sorrio para mim antes de abaixar a cabeça quando todos começaram a aplaudir.

- Meninas vocês tem direito a escolher uma musica que vamos apresentar nas regionais e ganharam um jantar – disse ele estendo o papel em nosso direção e os peguei – Todos vocês foram ótimos – disse para a sala – Amanhã nós nos vemos – disse dispensando todos.

- Eu disse que íamos ganhar – falei me levantando quando todos estavam saindo e observei Rachel tímida ao meu lado – Você foi demais – eu disse puxando ela para um abraço, por um momento senti ela tensa, mas logo relaxou.

- Parabéns Quinnie – disse somente para mim ouvir quando me afastei dela.

- Eu tenho treino você me espera? – perguntei para ela que assentiu.

- Vou estar na biblioteca – disse para mim e acenei.

- Vem vou levar você até lá antes de ir pro treino – disse pegando sua mão e começando a andar.

- Parabéns meninas – disse Britt pulando em cima de nós.

- Obrigado Britt – respondemos.

- Vocês foram bem – disse Santana não olhando direito para mim enquanto eu mantinha meu olhar preso no dela – Não me olhe assim Juno – disse – Você só ganhou porque a Hobbit é foda – disse contraria e apenas ri.

- Não fique assim San – pedi para ela – Depois eu te conto como foi meu jantar com Rachel.

- Vai se ferrar Juno – disse para mim enquanto pegava a mão de Britt e saia andando na frente.

- Vocês se amam muito – disse Rachel rindo levemente ao meu lado.

- Sim – respondi enquanto caminhávamos – Janta comigo hoje?

- Claro – respondeu enquanto íamos para a biblioteca.

 

 

 


Notas Finais


Comentem, favoritem tudo isso é muito importnte... Espero que voces gostem :D

Previa:
"- Me da um pedacinho Quinn – pedi correndo atrás dela – Você não pode me apresentar um doce assim e agora me negar algo – falei correndo pela sala atrás dela – Você não é justa Fabray – disse ouvindo ela gargalhando até que por um movimento errado ela ficou presa num canto da sala – Me da um pedacinho – pedi novamente me aproximando.
- Eu troco se quiser – disse ela para mim e a olhei confusa – Um beijo pelo doce – disse sorrindo enquanto eu me aproximava.
"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...