História Entre a Razão e a Sensibilidade - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Backstreet Boys
Personagens AJ MacLean, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter
Tags Aj Mclean, Backstreet Boys, Brian Littrell, Howie Dorough, Kevin Richardson, Nick Carter
Visualizações 46
Palavras 994
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Quando o destino conspira ..... Não temos como fujir, a distância não é capaz de separar duas almas que se amam.
Espero que estejam gostando....
Beijos

Capítulo 5 - Contato virtual


Fanfic / Fanfiction Entre a Razão e a Sensibilidade - Capítulo 5 - Contato virtual

Nos States...

Amanheceu o dia a claridade de alguns raios de sol batiam em meu rosto, acordei apertando um pouco os olhos e assim que os abri me deparei com aquele perfume e letra pequena naquela carta, me peguei sorrindo.

Levantei tomei uma ducha e pedi ao serviço de quarto o café da manhã, até que me toquei de que ela havia enviado seu twitter e prontamente peguei meu celular para acessar seu twitter, esperava ver seu rosto na foto do seu perfil, mas fiquei ainda mais curioso, havia apenas uma foto de um pé delicado e nele havia tipo uma espécie de jóia que ia até seu delicado tornozelo. 

Nossa isso me fez querer desvendar essa garota que com uma simples carta mexeu comigo, saber que já olhei.... Mas como saber dentre tantos rostos de fã quem seria ela, o mas curioso, eu a sigo e pude perceber diversas mensagens tão doces para mim e eu nunca dei a importância que ela merecia.

Por um momento fiquei bravo comigo mesmo.

Querendo saber mais dela, peguei meu laptop para poder acessar com tradutor e descobrir um pouco mais sobre ela, afinal na carta ela só falou dos seus sentimentos por mim, diferente de tantas outras, não falou de si, não enviou foto, nada.

Bom pude descobrir que ela trabalha em uma academia, que ela dança, e tem um fã clube nosso.

Ela pediu para eu apenas escrever algo se eu lesse a carta, mas quero não só responder, quero saber mais dela, mas se ela souber que sou eu, dirá coisas que sabe que agradarão, não poderei saber como ela é de fato, se é como essa carta passou para mim e tanto mexeucomigo.

-Já sei, farei um fake e a adicionarei como estando interessado no fã-clube, pois pelo que olhei é um fã-clube bem elaborado e pelo que vejo ela sabe inglês

– disse sozinho para si mesmo pensando em um nome de usuário

Humm acho que esse está legal @MrA69.

Se ela perguntar meu nome, direi ser James Scott, para não dar muito na vista.

@maitê_skulleeroz

Eu amei as paginas do fã-clube e gostaria de fazer parte embora eu não fale português, queria fazer amizades com brasileiras também, vejo que vc sabe inglês, podemos conversar?

Quando dei por mim  já estava na hora de ir para o studio, coloquei a carta no estojo de meu laptop e peguei então as chaves e sai, mas todo o caminho refleti na minha relação com Rochelle e ao mesmo tempo a carta, o pé pequenino daquela fã estavam tirando me o sossego.

No Studio virava e mexia acessava seu twitter,mas para sua frustração nenhuma mensagem. 

-AJ qual é cara, já é a terceira tentativa de gravar essa estrofe – dizia Kevin meio aborrecido

Enquanto isso no Brasil....

Já noitinha Maitê terminava sua última aula e partia para casa e como de costume na van tirava tempo de ler e responder mensagens, como recebia notificações no cel do seu twitter, viu um novo seguidor e uma mensagem privada.

Achou estranho já que o perfil não possuía seguidores embora seguisse algumas pessoas e como sempre resolveu ser simpática e responder: 

@MrA69

Obrigada, realmente no meu tempo livre cuido do meu fã-clube com algumas amigas. Sim sei inglês e podemos conversar depois. Beijos

Quando chegou em casa após ter tomado um banho e feito um lanche, foi atualizar o blog, quando seu celular vibra e é outra notificação do twitter:

@Maitê_skulleeroz estarei esperando, estou morando em um lugar onde BSB não é tão popular e também dizem que em seu pais estão os melhores fãs.

E começaram a conversar via twitter sobre música principalmente, dança fãs...

Ao chegar tarde  de uma balada  Sophy notou a luz do quarto da amiga ainda acessa bateu na porta e disse:

-Amigaaaa ainda acordada que houve?

- Oi entra, estou conversando com um fã americano que parece ser legal, disse que se sente só como um fã pois não tem contato com muitos fãs, disse ser músico cantar em alguns bares e boates e faz alguns covers dos boys. – Respondeu Mai toda sorridente.

-Hehehe miga até que fim se distraindo com um boyzinho, mas ele é bonito, é gato? – disse sentando na cama do lado da Maitê e já olhando para a tela do laptop

-Calmaaaaaa doidinha é só uma conversa entre dois fãs e na verdade não tem a foto dele  só umas costas com um dragão tatuado que ele fez inspirado no AJ,  pois ele curte o jeito de ser de AJ. -  Disse apontando para ela a foto da tattoo

-Aaah mulé pede para ele enviar a foto dele para gente ver se é um galego gostosooooo que só ou um traste feio que dói – Disse cutucando  a amiga.

-Eu pedi, mas aí ele pediu a minha primeiro, mas comecei falar com ele agora e vc sabe que não gosto de ficar postando fotos minhas e muito menos enviar para estranhos – Disse séria para a amiga.

- Aff tu é muito tabacuda, vcs vão ficar nesse chove não molha sei lá até quando.

- Mas Lisa mandou notícias?

-Ainda não, que eu saiba, hoje é o jantar de gala com Nick, amanhã cedo ela está de volta  e a tarde vamos buscá-la no aeroporto.  

Nos States....

Aj pensava consigo mesmo:

Nossa realmente essa garota parece diferente das outras, conversa até brinca, mas num tom reservado, não quis enviar a foto dela, droga!

Mas como enviar uma foto minha sem ela descobrir que sou eu?

Já sei conversarei com ela por uns dias e depois vou dando dicas a ela que sou eu e se ela não mudar o jeito de ser ao ver que sou eu, vou enviar um ingressos e passagem para ela vir num show nosso e eu estar com ela pessoalmente, parece louco, mas se ela for essa garota especial que tanto busco eu não vou querer perdê-la e não vai ser a distancia que me impedirá disso.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...