História Entre a Razão e a Sensibilidade - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Backstreet Boys
Personagens AJ MacLean, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter
Tags Aj Mclean, Backstreet Boys, Brian Littrell, Howie Dorough, Kevin Richardson, Nick Carter
Exibições 11
Palavras 1.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


E agora o que falará mais alto, a razão ou a Sensibilidade?
Espero que gostem!

Capítulo 7 - Hello - Quando o inesperado acontece


Fanfic / Fanfiction Entre a Razão e a Sensibilidade - Capítulo 7 - Hello - Quando o inesperado acontece

Após 10 dias conversando como outra pessoa com meu anjo de pé encantador resolvi dar dicas de que era eu e, enfim, poder dizer para ela vir me encontrar e finalmente poder abraçá-la, afagar seus cabelos, sentir seu beijo.

Cara,já não me importava mais como ela era, tamanha minha certeza de que assim que eu a encontrasse minha paixão se tornaria amor. Oh Deus, devo estar louco!!

Mas para minha surpresa o tiro saiu pela culatra, depois que mencionei a estrofe da carta em nossa conversa, ela simplesmente saiu do Skype e não responde minhas DMs, mas por que, por que? 

Eu apenas disse o que ela sempre desejou:

“Meu doce anjo, quero que você esteja ao meu lado para que possa velar meu sono, não apenas por uma noite, mas todas que eu e você desejarmos. Quero você como meu doce desejo, a mulher dos meus sonhos, não apenas um rosto entre a multidão de fãs.

Venha ao meu encontro...

Porque  te que...”

Nem deu tempo de eu concluir e assinar.

Hoje fazem 5 dias que ela me ignora... Será que ela acha que era trote ou que eu estava de zoação com ela? – Repetia isso pra mim mesmo em baixo do chuveiro quando tive um estalo de idéia.

Temos 15 dias de intervalo nas gravações, a carta tem o endereço no envelope, ao sair daqui vou direto numa agencia e compro passagens só de ida primeiramente e depois volto com ela. Ah, porque só volto com ela – disse sorrindo para mim mesmo quando ouvi a campainha do meu quarto tocar.

Saí com uma Box preta, pés descalços e enxugando os cabelos com a toalha para abrir a porta:

- Carter, entra, senta aí enquanto termino de me vestir – fiz sinal com a mão pra Nick entrar e sentar.

- Jay acho que estou numa enrascada... – disse Nick com ar preocupado

- Qual é a gata agora que quer casar com você e ter 10 filhos? – Falei rindo ironicamente do meu amigo.

- Sem graça, não sou eu que estou apaixonado por uma carta e um pé que não sabemos nem ser real – Disse nervozinho

- Pode parar tá. Ela vai deixar de ser um pezinho daqui a dois dias, pois estou indo ao encontro dela no Brasil – Disse jogando a toalha em cima de Nick que arregalou os olhos.

- Hã?? Como?? Você está bem? Achava que o problemático era eu.

- Que eu saiba você entrou para falar de você e não de mim né ? – o fitei olhando por cima do óculos que já havia colocado

- É, mas foi você que me cortou. – Fez uma careta.

- OK pronto, pode se abrir comigo de boa brother. – disse sentando na poltrona em frente ao Carter e calçando meu tênis.

- Então cara, esses dias a Lisa, a loira linda que ganhou o leilão e que inclusive foi portadora da sua carta não me sai da cabeça, aquele beijo de despedida me atormenta com o desejo que necessito sentir novamente a macies dos lábios dela, as bochechas rosadas pela timidez, as mãos frias e delicadas que seguraram minhas mãos...Isso me atormenta desde que ela se foi. Acho que vou ficar louco...

Agora que você disse querer ir atrás da sua, eu queria ter essa chance também, mas não tenho endereço, pensei em ir na empresa do leilão para ver se descubro algo. O que você acha?

- Carter, você é lerdo assim mesmo, ou é seu lado loiro que afeta seus neurônios?

– Disse as gargalhadas.

- Ah desse jeito não dá para falar sério com você, vou embora. – disse levantando

- Foi mal, senta ai – dei tapinhas no ombro do amigo - A questão é a seguinte: Você não precisa ir na empresa do leilão, ela com certeza está no seu site oficial e lá você pode obter o endereço, talvez até twitter e facebook dela mané, e em último caso, não foi ela que me entregou a carta do meu anjo? Então, pelo endereço do meu anjo, chegamos a sua loira. – disse e pisquei para Nick.

- Jaaaaaaaaay sabiaaaaa você teria a solução, te amu, te amu te amu – disse me abraçando e dando beijos no meu rosto.

-TA TA TA Carter me solta, eu não sou ela e seu pé chulezento não é o do meu anjo – disse tentando se desvencilhar dele.

-Ok Bro, vou com você ver a passagem!! – todo empolgado

Enquanto isso no Brasil....

- Sophy, a Maitê não quer me ouvir, virou a cara para mim por que cismou que eu abri a carta e contei para alguém que agora fez hora com a cara dela, mas eu se quer sei o que ela disse na carta, só entreguei. Jurooooo! – Lisa aflita pedindo ajuda, pois há 5 dias Mai negava-se a falar com ela.

-  Miga vou tentar, mas ela e você sempre foram confidentes, tem segredos que nem eu sei,  para ela está assim com vc, é serio, mas algo já me passou pela cabeça... E acredito que eu matei a charada. Caaaaaaaara se for isso a Mai é TABACUDA ao quadrado!! – disse Saindo feito furacão da casa de Lisa.

- Eeeei Lisaaaaaaaaaa que foi, me conta, que charada? – Teve nem tempo de falar 

Chegando em casa...

-Maaaai cadê você muleeeeeeeé!!! – toda desesperada

- Ooooi to no quarto vendo TV – disse cabisbaixa

-Me conta uma coisa... Qual o Twitter desse fake que falava com você? – disse já ficando em frente ao PC

- NÃO quero falar sobre isso – Maitê respondeu zangada.

-Mas miga eu já desvendei o mistério... Porque ele mencionou a carta!

- Como assim? – Mai se sentou meio curiosa

- Me fala, qual twitter dele?

- MrA69. E daí?

- Quem Canta Mr A e tem uma tatuagem 69?

- AJ dãaa – Mai zoou com a amiga

- Qual nome que ele usou?

- James 

- Coloca o nome Alexander, vai ficar James como sobrenome do AJ. Só quem sabia o conteúdo da carta era ele, então esse tempo tooooooooodo quem falou com você foi AJ!!!

Mai colocou a mão no peito e disse:

- NÃO BRINCA OMG NÃO ACREDITOOOOOOOOOO!!!

AGORA TUDO FAZ SENTIDO...NOS DIAS QUE ESTAVAM EM STUDIO ELE FICAVA OFF. CARAAAAA SOU MUITO TABACUDA, E AGORA O QUE FAÇO?

Mai tremia, chorava, abraçava a amiga e pulava na cama.

- Deixa recado mulé para ele, e quando ele se abrir para você, fala do Kevin para mim.

Queria tanto falar um pouco com Kevin assim como você falou com AJ. – Fez beicinho

Para frustração de Mai, AJ não acessou mais a conta fake até porque estava indo para o Brasil encontrá-la enquanto Nick ia ao encontro de Lisa.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...