História Entre a Rosa e as Balas - Capítulo 11


Escrita por: ~

Visualizações 26
Palavras 1.216
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - Cap 11


Fanfic / Fanfiction Entre a Rosa e as Balas - Capítulo 11 - Cap 11

(Pov's Sophia)

Era sexta-feira,havia acabado de sair da escola e estava dentro do carro com Katherine,Maria e minha mãe. De acordo com a morena,estávamos indo até o shopping pois uma data importante estava chegando e todas nós seriamos obrigadas a participar. Não dei contra,até por que ... quem seria o louco a fazer isso?

Assim que chegamos Kath tratou de nos arrastar para uma loja de vestidos e trajes de gala. Eu olhava em volta maravilhada,mas ainda não tinha entendido nada do que estava acontecendo,ao olhar Maria tive uma certa surpresa,a loira parecia saber o que estava acontecendo.

-Okay,o que tá acontecendo?-falei chamando a atenção da morena que havia acabado de falar com a vendedora.

-É o seguinte ...-Kath sorria abertamente olhando para mim,minha mãe e Maria-Domingo é o aniversário da Bella,consegui falar com a família toda e com alguns amigos próximos,aluguei uma enorme casa de festas e tudo mais que preciso,agora só falta a roupa de vocês.

-Desculpe querida,mas por que eu e minha menina estamos nesse meio?-minha mãe e sua inocência.

-Porque vocês são grandes amigas e fazem parte da família agora.-sorri para a morena que logo me retribuiu-Então ... Sophia vai comigo ver uma coisa,vocês duas vão ver seus vestidos.

Segui Katherine por todo shopping entrando e saindo de lojas,eu estava ficando tonta já com tudo aquilo. Mas então uma coisa me chamou a atenção ... Um violão negro com detalhes em branco,era lindo,desde as cordas até seu suspensório. Fiquei minutos ali observando e imaginando se Bella gostaria de um presente como aquele.

-Se quiser uma opinião,ela vai adorar.-Kath me olhava sorrindo e eu senti meu rosto corar,voltei minha atenção ao instrumento.

-Eu não tenho como pagar.-falei baixo me sentindo um tanto derrotada por não poder dar um presente tão bom para a mulher que faz tanto por mim.

-Besteira,eu pago.-a olhei surpresa e até mesmo sem graça,quando estava prestes a negar a morena ergueu uma das sobrancelhas-Nem pense em negar,vamos entrar e comprar esse violão.

-Mas não vai ser a mesma coisa e eu não vou ter como te pagar depois.

-Apenas faça minha irmã feliz e sua dívida estará paga.-o sorriso de Katherine era contagiante e foi impossível não sorrir de volta.

Acabei concordando e ela comprou o violão,bom ... Katherine comprou muita coisa,mas de acordo com ela todo dinheiro gasto tinha consentimento de seus pais. A entrega dos presentes e nossas roupas seriam feitas no dia seguinte,que por sorte Bella estaria no quartel,e,para segurança,todas as compras seriam deixadas no endereço do apartamento da tenente,pois Kath estaria lá para buscar tudo.

( ... )

Eram sete da noite e eu estava deitada no sofá completamente entediada,Kath estava trancada no quarto acertando os detalhes da festa de Bella,minha mãe e Maria estavam na cozinha decidindo o jantar e tagarelando em língua de gente velha. Achei melhor tirar um cochilo ali mesmo,mas assim que fechei os olhos senti beijos sendo depositados em meu pescoço,por muito pouco não gemi alto,abri os olhos e encontrei Bella mordendo o lábio tentando não rir.

-Isso não se faz.-me sentei um tanto afastada da morena,a mesma ainda tentava não rir-Se minha mãe tivesse aparecido?

-Primeiro que você é maior de idade e segundo,até onde eu ouvi a conversa dela com Maria,você é bissexual assumida. Qual o problema?-seu sorriso de canto não era só cafajeste,era vitorioso também.

Balancei a cabeça em negação,olhei em direção a cozinha e me aproximei da tenente logo beijando a mesma,mas então um grito de Katherine fez com que nos afastássemos de imediato. A morena mais nova desceu as escadas como uma desesperada,deixando a todos assustados e até curiosos.

-ELES CHEGARAM!-ela gritava como se fosse o fim do mundo e correu até a porta.

-Quem chegou menina doida?-Maria perguntou olhando a doida na porta.

O som de carros estacionando chamou nossa atenção ainda mais,em seguida foi ouvido vozes masculinas e uma feminina,Bella olhou na direção da porta mais surpresa do que eu havia visto e um enorme sorriso cresceu quando um latido irrompeu pela porta.

-Bebê da mamãe!-a tenente se levantou do sofá abrindo os braços recebendo o enorme cachorro em seus braços. Era um husky siberiano de pelagem cinza,preta e branca,o mesmo acabou indo ao chão com sua dona fazendo a mesma e todos a sua volta rirem do carinho que um tinha pelo outro.

-Parece que esse ano temos companhia a mais.-olhei na direção da porta onde vinha a voz.

Haviam 3 homens,um muito alto de cabelos curtos e escuros,tinha muitas tatuagens pelos braços e até mesmo pelas mãos e pescoço,o outro era mais baixo com cabelos na altura dos ombros e igualmente cheio de tatuagens. O último tinha altura mediana,cabelos um pouco mais curtos que o grandão,tinha tatuagens pelos braços e a garota ao seu lado era a única que não tinha nenhuma tattoo,seus cabelos eram longos e negros e seus olhos eram claros e doces.

-Não vai tentar assustar ninguém irmão.-a voz da garota era calma e doce,assim como suas orbes azuis-Prazer,sou Jane.

-Sophia.-apertei sua mão e a mesma era quente e pude sentir alguns calos.

-Vocês poderiam ter avisado que iam vir né?!-Bella falou,já sentada com o cachorro em seu colo,o mesmo tinha lindos olhos azuis e estes estavam fixos em mim-Cérberus,essa é a Sophia. Vai se apresentar.

O cão veio até mim,se sentou a minha frente e estendeu a pata na minha direção,peguei a mesma em um leve aperto de cumprimento,todos ficaram surpresos quando o husky subiu no sofá e deitou a cabeça em meu colo. Bella se levantou sorrindo e foi cumprimentar os amigos.

A noite se seguiu com apresentações,conversas e comilança de besteiras. Descobri que Jane e Jacke são irmãos,Scoth é namorado da menina e Drake era muito na dele,os quatro intrusos eram amigos de infância de Bella e já formaram uma banda com a tenente sendo a vocalista. Na verdade,todos revesavam no vocal e nos instrumentos sendo Scoth o único que não deixava a bateria e o backing vocal.

Eu olhava todo aquele pessoal e me sentia bem,sentia que pertencia aquele lugar,mas ao mesmo tempo eu tinha medo do que poderia acontecer. Tinha medo de alguém acabar com tudo aquilo.

(Pov's Luanna)

Era domingo,26 de novembro. Era o aniversário de Bella e eu estava me arrumando para sua festa surpresa ... Okay,como fiquei sabendo? Fácil,Vincent foi convidado pela vadia da Katherine já que os dois estavam saindo a uns dias.

Eu estava na frente do espelho arrumando meus cabelos bicolores,um sorriso diabólico estava em meu rosto,minha disposição a fazer qualquer coisa para ter Bella de volta chegou a níveis extremos.

-Onde vai assim?-Tick estava parado na soleira da porta me olhando com um das sobrancelhas arqueadas.

-Vou na festa de aniversário da Bella.-sorri abertamente me virando para o homem.

-E como você vai conseguir essa proeza irmã?-o mais alto cruzou os braços se recostando na parede.

-Eu já consegui maninho.-me aproximei devagar ainda sorrindo-Vincent foi convidado pela Katherine e eu fiz ele me levar,ninguém vai saber que foi ele quem me levou.

-Assim espero.-seu olhar era sério,logo saiu me deixando sozinha mais uma vez.

Voltei a me arrumar e assim que terminei fui me encontrar com Vincent,o mesmo estava com um terno maravilhoso. De acordo com o moreno,era coisa da vadia Draven,mas não me importei pois meu foco era outro e eu estava preparada para tudo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...