História Entre amor e brigas. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Mettaton, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne
Tags Alphys&undyne, Frisk&sans Etc, Mettaton&papyrus
Exibições 65
Palavras 770
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Harem, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente hoje não vai ter imagem por que eu não achei, perdão. Desculpem a demora era para eu postar ontem, mas eu tive visita em casa ai não deu. espero que gostem, beijos. boa leitura

Capítulo 11 - Cap 11


(Povo eu tenho uma fanfic de mafiatele, quem gosta desse tipo de coisa o link vai estar nas notas finais, beijos boa leitura )

---Papyrus POV’s on---

 

Quando cheguei de volta à casa da Metta, não a encontrei em canto nenhum. Subi as escadas para ver se a mesma estava no quarto, quando abro a porta vejo ela parada na frente da porta me fuzilando. Ela continha seus braços cruzados, e batia continuamente o pé no chão, a única coisa que pensei naquele momento foi `` to ferrado ´´.

-O que foi Metta?-Perguntei ainda parado na porta, estava com medo de entrar no quarto.

-O que foi nada Papyrus, quem era aquela menina que você estava abraçando no supermercado?-Falou ela com raiva, eu arquei a sobrancelha confuso, como ela sabia disso?

-Aquela menina é minha amiga da faculdade.-Falei olhando para ela.-Não me diga que você ficou com ciúmes só por que eu a abracei?

-Sim eu fiquei.-Falou ela virando o rosto.

-Eu conheço essa cara, você vai ficar sem falar comigo o dia inteiro, ou talvez vai me enxotar daqui, não é?-Falei encostando-me na parede. Ela nada respondeu.-Bom, já que eu tenho que sair daqui, vou deixar as compras encima da mesa, mas antes deu ir queria te dar isso.-Falei entrando no quarto e indo ate ela.-Pensei que você iria querer ler a nova revista de moda que acabou de lançar, e que deu duro para eu pegar pelo fato de ser a ultima.-Falei suspirando me lembrando duma das cenas mais vergonhosa de minha vida. Estendi a sacola a ela, e a mesma pegou sem me olhar, pude notar que ela ficou receosa. Eu me virei para ir embora, eu fui bem devagar só esperando a mesma desistir e vir me abraçar por trás.

-Papyrus espera.-Falou ela correndo me abraçando por trás, eu apenas sorri.-D-desculpa por ser tão ciumenta.-Falou ela me abraçando forte, eu me virei e dei um beijo em sua testa.

-Você esta perdoada, mas não sei por que você ficou com ciúmes, eu já apresentei ela para você.-Falei olhando para a mesma a minha frente.

-Sei lá, acho que é por que quando éramos só amigos eu via as meninas te olhando, te comento pelos olhos.-Falou ela brava.

-Você não confia em mim?-Falei olhando profundamente em seus olhos.

-Claro que eu confio, mas eu tenho medo.-Falou ela olhando para o lado.

-Matta você é a única pessoa que eu amo.-Falei a abraçando.-Eu te amo demais.

-Eu também Papy.-Falou ela apertando mais o abraço.

---Frisk POV’s ---

Uma semana depois  

-Frisk, você precisa ir ao medico.-Falou ele segurando meus cabelos para eu poder vomitar. Quando finalmente terminei de vomitar me levantei, limpei minha boca e o olhei nos olhos.

-É só uma virose.-Falei saindo do banheiro indo ate o quarto.

-Tem certeza?-Perguntou ele preocupado.

-Sim meu bem, Sans eu preciso falar com a Metta em particular.-Falei olhando para ele, o mesmo enfurecido sai. Quando ele passa pela porta eu a fecho rápido, pego meu celular e disco o numero da Metta.

`` -Alo! Frisk. ´´

-Metta, por favor vem aqui na casa do Sans, e no caminho passa na farmácia e compra vários teste de gravidez, por favor.-Falei desesperada.

`` -Frisk, você acha que esses sintomas são por isso. ´´

-Só pode ser, eu estou assim já faz uma semana, não tem como ser virose.-Falei andando de um lado para o outro.

`` -Ta, eu vou ir agora. Me espera.´´

-Ta bom, vem rápido.

``-Vou tentar, tchau. ´´

-Tchau Metta.-Desliguei o telefone e me sentei na cama com as mão em minha cabeça.

Não demorou muito para Metta chegar, ela subiu rápido ate o quarto fechou a porta. Quando ela me olha é nota minha cara de preocupada, vem e me abraça com força. Fomos rápido ate o banheiro, ela me entregou a sacola cheia de testes de gravidez. Quando acabei olhei para ela, ela meio me olhou com um sorrisinho de lado.

-Ta vamos por partes... O primeiro deu o que?

-Bom, o primeiro deu negativo.

-O segundo?

-Positivo.

-T-Terceiro?

-Positivo.

-Q-Quarto?-Comecei a soar.

-Positivo.

-Q-quinto?

-Deu positivo Frisk, você esta grávida.-Falou ela sorrindo.

-E-Eu não acredito.-Falei sentindo uma alegria grande em meu coração, eu e Metta nós abraçamos dando pulinhos.

-Parabéns.

-Eu vou ter um filho.

-Ou uma filha.-Falou ela.

Estava feliz, mas ao mesmo tempo uma grande preocupação, pois eu não sabia como iria contar para Sans que eu estou grávida dele. Fiquei me perguntando se ele iria gostar, se iria aceitar, ou se iria me abandonar. Fiquei com medo, muito medo, eu confio nele, mas se ele não quiser o que eu irei fazer?

 


Notas Finais


Mafiaele- apenas uma bala link: https://spiritfanfics.com/historia/mafiatale-apenas-uma-bala-6642576

Por favor vão lá dar uma olhadinha.
Comentem o que acharam desse capitulo para eu saber. beijos e ate o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...