História Entre amores (Imagine BTS) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 21
Palavras 1.102
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura.
Até o próximo ^^

Capítulo 11 - Seria o início?


Fanfic / Fanfiction Entre amores (Imagine BTS) - Capítulo 11 - Seria o início?

Yoongi e eu começamos a assistir um filme qualquer que estava passando na TV.

- Eu to com fome. - eu disse fazendo biquinho.

- E o que você quer comer? - ele disse afagando meus cabelos.

- Não sei, que tal pizza? - ele sem dizer nada, se levantou pegou seu celular e discou para a pizzaria.

- Daqui a 40 minutos a pizza chega. Você consegue sobreviver até lá?

- Não!! Eu preciso comer… - começamos a rir, eu me levantei e fui a cozinha beber água e Suga veio bem atrás de mim. - Não me olhe desse jeito.

- Desculpe, mas é impossível. Você é linda. - ele disse se aproximando de mim - Porque tinha que estar vestida assim?

- Assim como?

- Bom, suas roupas deixam muito amostra.

- Se você achar melhor eu tiro. - disse e em seguida tirei minha regata deixando meus seios amostra.

- Agora vou colocar uma roupa... um pouco mais comportada. - eu comecei a ir em direção ao quarto enquanto Suga apenas me observava com olhos atentos. Ao chegar no topo da escada me virei e disse - Se quiser me ajudar… - entrei em meu quarto, e não demorou muito para que Yoongi adentrar no mesmo.

Ele me toma em seus braços e me beija, não demorando para começar a acariciar meu corpo.  Suas mãos eram hábeis, seus beijos eram ardentes e cheios de desejo, sinceramente a minutos atrás eu não  pensei que estaria nessa situação, mas eu não queria voltar atrás. O empurro contra a parede do quarto fazendo nosso beijo cessar, tiro sua camiseta e em seguida começo a beijar seu pescoço enquanto ele acaricia meus seios. Em um movimento brusco ele nos virou me fazendo ficar contra a parede, ele me beija novamente e depois desceu o beijo pela minha mandíbula indo em direção ao meu pescoço enquanto descia sua mão que estava em minha cintura e aperta minha bunda dando impulso para me levantar e me dando a chance de entrelaçar minhas pernas um pouco acima de sua cintura, ele desce sua boca um pouco mais e abocanhou meu seio, arrancando um gemido abafado de mim, ele começa a se movimentar indo em direção a minha cama, ele me deitou delicadamente na cama e apoiar seu corpo no meu.

- Você não faz ideia  do quanto eu queria ter você em meus braços. - ele diz olhando em meus olhos.

- Então me mostra o quanto me quer. - ele toma meus lábios novamente e se posiciona entre minhas pernas me fazendo sentir sua ereção. Ele parou o beijo e começa a tirar meu shorts me deixando com a calcinha. Ele passa a mão em minha intimidade ainda coberta enquanto eu olho seus movimentos apoiada em meus cotovelos, ele tira minha calcinha e sorri maliciosamente e passa a língua vagarosamente me fazendo jogar a cabeça para trás, por alguns instantes ele se concentra em apenas me chupar, mas sem aviso ele introduz um dedo na minha entrada extremamente lubrificada, me fazendo gemer alto e começar a rebolar em sua boca e seu dedo. Ao perceber minha atitude ele leva mais um dedo para dentro de mim, e começa a movimentá-los. Eu deito na cama e começo a acariciar meus seios, eu estava tão excitada - Suga… eu vou… gozar - Minha voz mal saiu, mas com certeza ele ouviu e intensificou seus movimentos me fazendo gozar em seguida. Ele se levanta e me dá um beijo, pude sentir meu gosto.

- Tão doce. - eu comecei a desabotoar sua calça, ele se levanta para tirá-la com mais facilidade, eu me sento na cama e o olho com desejo. Bato na cama, como um convite e ele apenas aceita. Ao sentar eu tirei sua box preta que contrastava com sua pele branca, me deparando com seu membro extremamente rígido, sem demora eu passo a língua em sua glande arrancando um suspiro daquele que me olhava completamente submissa de quatro em sua frente. Eu coloco seu membro em minha boca e o que não cabe eu masturbo, alternando entre lambidas na sua cabeça, Ele estava enlouquecendo e antes dele chegar ao seu ápice eu paro e passo pelo seu corpo engatinhando. Em meio aos beijos encaixou seu membro na minha entrada e desço  devagar, depois de torturá-lo um pouco eu aumento a velocidade dos movimentos enquanto ele me abraça forte para manter nossos corpos mais próximos.

Ele nos virou me fazendo ficar por baixo de seu corpo, nosso beijo era quente, eu não queria soltar mais seus lábios, ele passa sua mão em minha coxa direita me fazendo levantá-la, ele à acaricia enquanto faz movimentos vagarosos e fortes ao mesmo tempo. Meu pescoço foi beijado enquanto eu arqueava as costas e passava as mãos em meus cabelos, pois sabia que meu ápice estava se aproximando.

- Goza de novo pra mim, goza. - ele mal termina a frase e eu já estava me derramando em seu pau, algumas bombadas depois ele me enche com o seu líquido.

- Acho que já pode sair de cima de mim. - sorri anasalado

- Mas eu não quero.

- Min Yoongi você é pesado. - ele me olha indignado - to brincando. Mas sério eu quero tomar banho.

Ele se levanta e vamos junto para o chuveiro. No banheiro ele não tira os olhos do meu corpo, mas não da maneira que ele me olhava a minutos atrás, ele me abraça por trás e beija minha nuca

- Você é especial pra mim. - eu me viro e o encaro

- Você também é pra mim. - começamos um beijo calmo, mas somos interrompidos pela campainha. - A pizza! - Ainda bem que já tinha terminado meu banho, saí do banheiro e coloquei apenas a camiseta de Suga que estava no chão enrolando meus cabelos na toalha que antes cobria o meu corpo.

- Desculpa a demora - o entregador estava com cara de poucos amigos, mas ao olhar-me dos pés a cabeça abriu um sorriso.

- Imagina. - eu apenas sorrio com sua reação e entrego o dinheiro. - Nem precisava se dar ao trabalho de se vestir senhora. - nessa hora sinto as mãos de Suga em minha cintura.

- Como é que é amigo? - Suga fala com voz intimidadora.

- Nada não, eu só… toma aqui a pizza. - ele praticamente joga a caixa em meus braços e sai praticamente correndo.

- Suga você é engraçado. - disse entrando.

- Como você aguenta esses caras abusados?

- Muita prática. Vamos eu to morrendo de fome



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...