História Entre as estrelas - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 4
Palavras 1.449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ola pessoas...
Eu sei que não enviei capitulo mas eu estive com testes e sem tempo, mas para compensar eu escrevi um capitulo maior!
Para a semana tenho mais 3 testes seguidos e não sei se vou publicar algum, mas tentarei. Se não conseguir, espero que me entendam!
Obrigada e bom capitulo!!

Capítulo 6 - Rafaela...


Fanfic / Fanfiction Entre as estrelas - Capítulo 6 - Rafaela...

 LEAM AS NOTAS INICIAIS OBRIGADA

Ele apontou para a frente e estava uma stora bue zangada, não intendi.

- Que foi? Que se passa aqui?? – perguntei mas o Rafa não respondeu, ele tava bue assustado a olhar para a stora.

Prof- RAFAEL ROCHA DOS SANTOS PORQUE NÃO ESTÁ NA AULA DE FRANCES??????

OK, entendi, ele esquecesse da aula ou.. Faltou por minha causa? Agora fiquei confusa, mas não por muito tempo acho. Eu nem tive tempo de falar nada, o Rafa só pediu desculpa e foi para dentro da sala. Pensava que ele tinha dois tempos de almoço… Será que ele se esqueceu ou faltou, por mim? Não, eu não sou assim tao importante para ele… Ou sou?

POV RAFAEL

Ok, fui apanhado. Eu não me tinha esquecido… No inicio esqueci mas quando me lembrei já era tarde demais e eu estava tao bem com a Lara… Eu sempre gostei dela, mas ela nunca gostou de mim, exclusive ela contava-me os problemas com o Bruno e chorava no meu ombro por causa disso, e eu não iria dizer que gostava dela. Eu quero arranjar o momento certo, e quando tiver a certeza absoluta analítica que ela gosta de mim, não quero passar vergonhas e perder a sua amizade. Nós somos muito amigos, quase como irmãos e não quero estragar isso com um simples sentimento. Mesmo que esse sentimento seja muito forte…

No meio desses pensamentos cheguei á sala, que quando entrei estava uma bagunça, os alunos estavam a atirar papeis pelo ar, a fazer piadas e a rir. Só duas raparigas, que notei serem novas nesta turma, estavam a falar normalmente, sem berrar e sem atirar nada nem rir. A professora simplesmente deu um assobio e todos se calaram cheios de medo, menos o Ruben, que tem sempre que armar problemas. Ele continuava a rir-se do nada.

Prof- SENHOR RUBEN JÁ CHEGA OU QUER IR Á DIREÇÃO?

Ruben- Não me apetece parar de rir – ele continuou a rir, a professora estava mesmo quase sem paciência

Prof- ESTÁ A RIR DO QUE??

Ruben- Da sua cara hahahahahahaha – ele riu-se ainda mais e toda a turma se riu, e eu estava a segurar o riso senão ia eu para a direção

Prof- VAI JÁ PARA A DIREÇÃO E CHAMAREI OS SEUS PAIS, E QUEM SE RIR LEVARÁ TRABALHOS DE CASA EXTRA – ela disse e todos se calaram, e o Ruben saiu da sala

Depois disto mais ninguém falou a aula inteira, uma autentica seca. Nem estive atento, estive a pensar na Lara… Mesmo tanto tempo afastados, eu continuo a gostar imenso dela e eu odeio aquele rapaz que ia bater nela, quando descobrir quem ele é vou fazer-lhe a vida negra! Não quero que ele toque na minha Lara! Esqueci-me, a Lara não é minha… Mas quem me dera que fosse, mas ela não deve gostar de mim, continua a gostar do tal Bruno…

Continuava com estes pensamentos até a professora me gritar na cara.

Prof- MENINO RAFAEL ESTÁ A SONHAR COM QUEM?? – Ela gritou e toda a gente se riu – Não interessa, só queria apresentar-te, já que faltaste não é, estas duas novas jovens da nossa turma. Esta é a Rita – apontou para uma rapariga de cabelo preto, olhos castanhos e com óculos – E esta é a Lua – apontou para uma rapariga com cabelo castanho claro, olhos azuis e muito bonita… E achei fixe o nome Lua…

-Lua? – perguntei, a menina sorriu envergonhada – Não estou a gozar, mas é um nome bonito – retribuí o sorriso

Prof – Ok ok falem lá fora, vamos continuar a aula – ela disse e voltamos á aula

POV LARA

Depois de ele ir embora, fiquei no banco sozinha… Detesto ficar sozinha, ok eu odeio estar sozinha… Ok eu odeio quase tudo então…

Estava a rir-me sozinha quando olho para a frente e vejo quem não queria ver neste momento, Rafaela, a estupida que diz coisas más de mim, não sei porque. Ela foi a namorada do Bruno no 5 ano, antes da Luiza, e acho que ela descobriu que eu gostava dele e culpa-me! Ela é uma amiguinha da Luiza, então acho que tenho razão.

Rafaela – Olha a praticinha! – ela disse e riu-se

Lara – Olha a bonita! Ó desculpa, estava a falar para aquela arvore!!! – Disse em tom de ironia, e ela ficou furiosa

Rafaela – Estás a chamar-me feia? – Ok que burra mesmo

Lara- Não querida! Tenho quir, vou buscar um pato á biblioteca! – Disse ironicamente e saí, nem estava para a ouvir mesmo e felizmente ela não me seguiu. Ou pelo menos foi o que pensei, ela fez me uma rasteira e caí de cara no chão.

Rafaela- HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA – Ela riu-se, e tinha razão… Eu tinha ficado toda suja, com o cabelo horrível e com feridas nos joelhos. Tava a me sentir tao mal, mas nem era por ela, é que eu tenho um problema grave no joelho esquerdo e não o estava a sentir. Ela reparou na minha expressão e parou de rir, mas logo continuou – HAHAHA QUE FRACA! – Queria tanto alguém para me salvar agora…

POV BRUNO

Tava com os meus amigos, mas senti-me estranho, como se algo mau fosse acontecer. Levantei-me e disse que ia á casa de banho, mas saí e vi a Lara a falar com a Rafaela, que eu odeio. Elas falaram e a Lara levantou-se, mas a Rafaela fez-lhe uma rasteira e ela caíu no chao. A Rafaela é burra???? A Lara tem problemas nos joelhos!! Vi se a Lara se levantava, mas não se levantou e eu fui a correr para ela.

Bruno – Estás bem Lara? – perguntei mas ela estava a chorar, doeu muito vê-la assim – Está a doer o joelho? – Ela apenas fez que sim com a cabeça

Rafaela – LOL, a Lara está a fingir! Ela só quer que a pegues ao colo! Não é Lara? Impossível, ele gosta de mim não de ti!! HAHAHAHAHA – Ela disse e começou a rir-se, o meu sangue ferveu! E ela não bate muito bem da cabeça…

Bruno- PRIMEIRO EU NÃO GOSTO DE TI, EU ODEIO-TE – Disse muito enervado, a Lara olhou para mim espantado, pois eu não costumo ser assim com as raparigas – SEGUNDO A LARA TEM PROBLEMAS NOS JOELHOS E ELA NÃO SE CONSEGUE LEVANTAR, SE ELA PRECISAR DE IR AO HOSPITAL A CULTPA SERÁ TUA! SÓ TUA! – Disse enervado, olhei para a Lara e ela sorria sentre lágrimas.

Rafaela – Se é para ser assim, que seja!! Fica com ela se queres! – Ela disse e saiu dali, finalmente. Virei me para a Lara e ela estava com a mão no joelho e olhava para ele. Ela não deve estar a sentir-se bem…

Bruno- Estás bem? – Ela não falou, mas senti ela soluçar de choro. Agachei-me perto dela – Consegues andar ou queres ajuda? – Ela olhou para mim tristemente

Lara – Não te preocupes, eu consigo levantar-me… - dito isto ela tentou levantar-se, mas ela não conseguiu pousar a perna no chão e ia cair, mas eu segurei-a. O que resultou? Resultou a eu ficar perto dela, e sabes o que me apetecia? Um beijo dela… Mas ela não gosta de mim e não quero arriscar a perde-la. Olhei para ela e ela… Sorria??

Bruno- Queres ir á enfermaria? – Disse e ela disse que sim com a cabeça- ok vamos – Disse ajudando-a a andar, mas ela não conseguia mexer o joelho e chorava pela dor. Aquilo tava a dar cabo de mim…

Lara – Desculpa – ela disse entre soluços, olhei para ela confusa – Estou sempre a pôr-te problemas mas… eu não sei se consigo andar… - Ela disse, entendi. Claro, ela era a Lara, ela não queria que eu lhe desse do meu tempo. Mas não podia a deixar naquele estado, acho que só há uma solução… Pegar nela. Então com jeitinho e devagar peguei nela, ela assustou-se e mexeu-se, resultando a ela se magoar mais. – Não precisas – Disse e ela estava envergonhada, que fofa que ela fica!

Bruno- Não te preocupes, és leve! E é rápido chegarmos á enfermaria! – Disse e comecei a andar, ela continuava a chorar mas não tanto, até que apareceu a melhor amiga dela. Vai dar bosta!


Ana -  O que aconteceu com ela? O que lhe fizeste? – Ela disse preocupada com a Lara.

Bruno – Ela estava a discutir com a Rafaela e caiu, magoou-se no joelho e agora vou levá-la para a enfermaria – Resumi, e a Ana ficou xatiada.

Ana- A RAFAELA? VOU MATA-LA! – Disse e ia embora, mas gritei o seu nome – QUE FOI?

Bruno- Vais piorar tudo! A Lara já está a chorar mais! – Disse, a Lara estava a chorar no meu ombro, que fofura – Anda connosco!

Ana – Está bem! Vamos! – Dito isto fomos a correr para a enfermaria. Espero mesmo que ela melhore!!


Notas Finais


Obrigada por ler e até ao proximo capitulo!
Se nao leste as notas iniciais le pf, é importante!
UM BEIJO E ATÉ AO PROXIMO CAPITULO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...