História Entre as estrelas - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 8
Palavras 1.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoas fofas !
Mais um capitulo com mil palavras, demorei mas espero que gostem!

Capítulo 8 - Confição


Fanfic / Fanfiction Entre as estrelas - Capítulo 8 - Confição

Desculpem pelos erros!

POV BRUNO

Eu saí de lá pois elas me obrigaram, e fui buscar a minha mochila no cacifo, pois íamos ter aulas. Fui no cacifo e estava lá o Marco, um amigo meu.

Marco – Então? Demoraste na casa de banho! – disse rindo de mim, agora é que me lembrei que tinha dito essa desculpa a ele

-Eu sei – disse, mas não sei mentir então ele olhou para mim desconfiado e eu corei – Que foi??

Marco – Estás a mentir, eu sei! – Ele disse, como não saberia? Eu minto mesmo mal!

-Depois eu digo – disse e peguei as minhas coisas de lá na velocidade da luz e fui em direção da enfermaria novamente. Estava preocupado com a Lara.

Mas quando estava a chegar lá, ouvi elas discutir. Então tentei não fazer barulho com os pés e parei junto á porta, e fiquei estático com o que ouvi a Lara a dizer:

Lara-SIM, EU GOSTO DO BRUNO - Eu quase caía quando ouvi isto e entrei logo, não sei porque. A Lara olhou para mim assustada, devia pensar que eu ouvi, e ouvi mesmo. – B-Bruno…

-Oi? – Fingi de desentendido, mas depois tenho que falar com ela – Que foi?

Lara -  N-Não ouviste n-nada? - Fingi estar confuso e ela suspirou, e ouvi ela sussurar “ainda bem”.

-Vim aqui ver se estavas melhor do joelho.

Lara- Já estou melhor, e queria que alguém fosse buscar a auxiliar.

Ana- EU VOU – Ela disse antes de mim, pois eu ia dizer – Vocês precisam de conversar – Saiu e quando passou por mim piscou o olho.

Depois de ela sair, não sabia o que dizer, e parecia que a Lara também não, só olhávamos um para o outro. A Lara preferiu quebrar o silêncio.~

Lara- Então… N-Não ouviste nada? – Ela perguntou, podia ouvir medo na sua voz.

-N-Na verdade… Eu o-ouvi tu dizeres… Uma coisa… - Disse envergonhado, não sabia se devia admitir para ela.

POV LARA

NÃO NÃO , PORQUE ELE TINHA QUE OUVIR, PORQUE UNIVERSO??????

-Há… O-O que tu ouviste?- Eu estava mesmo nervosa, ele não deve gostar de mim…

Bruno- Ouvi t-tu dizeres que g-gostavas de mim – Ele disse muito envergonhado, e eu corei e escondi a minha cara no cobertor. – É-É verdade??

Não sabia o que dizer. Tirei a coberta da minha cara e olhei nos olhos dele, e ele queria saber mesmo. É agora ou nunca.

- Sim, é verdade – Disse sem medo, se me magoa-se, já nem me importava.

Bruno- Eu também gosto de ti, desde o 7ºano na verdade – Ele disse e olhei para ele assustada e feliz ao mesmo tempo

- T-Tu gostas de mim? OMG- Gritei a ultima parte e ele riu – E agora?

Bruno – Não sei…- Ele disse – Podemos manter segredo?

-Pode ser, mas quero contar á Ana ta! – Disse e ri, ele veio na minha direção e deu-me um grande abraço, e eu retribuí.

Bruno- Finalmente! – Ele disse e olhei para ele, confusa – Finalmente contigo!

-M-Mas sabes que nós n-não namoramos certo? – Disse triste, gostava de dizer sem o não, mas não pode ser…

Bruno – Não somos agora- Disse e eu dei um sorriso bobo- Tas a sorrir do que?

-Não sei- disse e rimos, e entrou a Ana.

Ana- Então namorados, como estão?- ASSERIO

-Nós não somos namorados miga – Fingi ser um gay, e o Bruno riu e a Ana nos encarou e logo entrou a auxiliar

Auxiliar – Já está melhor menina? – Abanei a cabeça a dizer que sim – ótimo! E vocês? Sabem que já tocou á 20 minutos?! – Ela disse e assustei-me, eles estão a faltar às aulas por minha causa! Eu não quero que isso aconteça.

-Podem ir, eu já vou ter á sala, ok? – Fizeram que sim com a cabeça e foram.

A auxiliar ajudou-me a levantar e eu estava muito melhor, já não me doía tanto a por no chão e já conseguia andar. Agradeci e fomos para a sala. Batemos á porta e a professora de Geografia abriu-a.

Auxiliar- Desculpe incomodar, mas a Lara aleijou-se no joelho no intervalo e eu estive até agora com ela, e como já está melhor está aqui. Obrigada e boa aula! – Disse e saiu, melhor auxiliar ever!

O melhor é que agora é aula de geografia, e a stora é mesmo engraçada.

Stora- Ai Ai esta menina aleija-se muito! Que andaste a fazer! – Disse e toda a turma riu, como eu. – Xiu, querem levar com a régua? – Perguntou e levantou a régua, e toda a turma riu. Sentei no meu lugar, que é á beira da Ana, e assisti á aula, que era só risos.

Depois da melhor aula

 

Depois da aula, doía-me a barriga de tanto rir. Saí com a Ana, queria -lhe contar como foi com o Bruno. Mas agora é que me lembrei que a próxima aula é de Historia e a ultima de hoje. Finalmente!!

-ANA! – Gritei na cara dela, pois tava com a cara no tele e ela olhou para mim.

Ana – QUE FOI? – Disse a rir-se

- O Bruno disse que gostava de mim – Disse no seu ouvido para ninguém ouvir e ela deu um grito que me assustou

Ana – OMG QUE FIXEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE – Começou a gritar do nada e toda a gente olhava para nós e eu só me ria

-Para e fala mais baixo, não é para ninguém saber ta! – Disse e ela oulhou para mim com um grande sorriso

Ana – Vcs estão a namorar? – Perguntou a sussurrar, olhei para ela assustada

-Claro que não pa! Achas?

Ana- Acho, se gostam um do outro, é para namorar ne!

-Pois… Mas ele não deve querer, ainda. Como ele disse…

Ana – Não te preocupes com isso ta bem?

- Ok Anocas – disse e ela riu do apelido , e vi o Rafa no outro lado do campo, e decidi ir lá – Olha preciso ir falar com o Rafa sobre uma coisa, depois venho ok?


Ana- Ok, mas cuidado, o Bruno fica com ciúmes! – Disse, eu ri e fui.

Fui e ele estava a falar com uma rapariga, então decidi não incomodar. Dei meia volta e estava a ir, mas ele chama-me.

Rafa – Lara! Olá! – Disse e eu sorri, e a outra rapariga ficou… Com ciúmes?

-Só te queria perguntar se a professora não ficou chateada contigo. – Disse envergonhada

Rafa- Não te preocupes com isso, eu só me esqueci e ela não me fez nada. Ele disse e sorriu, e a tal rapariga estava vermelha como um tomate.

-Olá! – Disse dirigindo-me á tal menina – Como te chamas?

? – Lua, e tu? – Falou super simpática, que fofa

-Que nome lindo! Dás-mo?? – Disse e ela riu – Chamo-me Lara, prazer.

Lua- Prazer é todo meu! – Disse sorrindo

-Olhem tenho quir, vejo-vos depois! – Disse e dei um tchão, eu não tinha quir, mas acho que ela gosta dele e quero os deixar conversar.


Notas Finais


Obrigada por leres!
Deixa o teu comentário e até ao proximo capitulo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...