História Entre Confusões e Aquarianisses - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 4
Palavras 720
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


To escrevendo capítulos curto porque to muito corrida gente! Sem condições! A escola ta me atrapalhando totalmente!

Capítulo 8 - Conhecendo melhor


Se vocês pensaram na Camily, vocês estão certos com s.

-Camily! Eu ia bem te  ligar sua vaca!- falei puxando ela pra dentro.

-Oi.. Eu preciso falar contigo- ela disse meio desanimada com voz de bosta.

-Fale querida-

-Então, você pode me explicar o que aconteceu?-  ela disse com uma cara de desespero.

-Claro.- disse. Estava no “pátio” lá da escola, eu o Lino e mais dois amigos. Estávamos conversando, até que ouvimos um grito, esse grito era da Pryscilla , porém só descobri isso depois; tivemos a brilhante idéia de seguir o rastro dos gritos, achamos pegadas e rastros de sangue. Não passou pela nossa mente que fosse ela. Vimos um vulto feminino, estava de vestimentas preto, seguimos os vulto. Eu quase recueei, pensei que fosse aqueles palhaços bizarros que ficam nos Estados Unidos matando gente. Mas o puto do Lino não me deixou fugir, estávamos longe demais pra voltar. Seguimos e chegamos em uma sala escura, como em LiS, mas ao invés de equipamentos fotográficos, uma cadeira, e uma mesa de drogas, eram equipamentos de tortura, e no centro,  ela estava lá, quase morrendo enforcada, eu entrei em pânico. Lino estava procurando maneiras de salva-la com os outros, mas eu pensei primeiro. Mas era tarde demais, a corda que amarrava o pescoço dela tinha cacos de vidro e arame farpado, foi um sacrifício tirar dela depois, então pegamos ela no colo e voltamos até o pátio, eu já estava totalmente ensanguentada. Ligamos pra policia e pra ambulância, e nos levaram pra casa. Não soube se o baile continuou ou não, mas é tudo que eu lembro.- por mais que eu nunca esqueceria isso eu não lembro mais de nada.

-Que chocante, eu peço desculpas por ela...

-Nada, meus sentimentos a você e a tua família...- disse abaixando a cabeça..

-Nada. Ela não é minha prima de verdade..Mas sim de consideração... Felizmente, porque eu odiava ela...- disse com um ar triste

-Ata. Entendi... Você quer entrar?- pensei que fosse falta de educação minha não convidar ela...- Mas mudando de assunto, você gosta de KPOP?

-Hahaha! Mudando o assunto bruscamente!- disse rindo pra carai- Gosto sim! Gosto de Bangtan Boys  e um pouco de 2NE1!- respondeu batendo palmas, empolgada

-AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH, eu também!- Quem é o seu utt??- perguntei IMEDIATAMENTE, só depois que percebi que ela ia falar alguma coisa a mais e eu cortei ela!- Mas eu to deixando um pouco de ouvir 2NE1- ela continuou

Ficamos a tarde toda falando sobre BTS, ela me ensinou a coreografia da minha favorita: War Of Hormone mas, dança não é o meu dom! É cantar mesmo! Mas coreano não. Foi muito engraçado, que o Lino resolveu acordar logo no I Need U, quando eu estava seduzindo como o Jimin e ele estava só de cueca na frente da Camily! Então deu pra ele ele corando HAHAHAHAHA. Quando deu umas 18h ela foi embora, precisava resolver direito umas coisas então nem fiquei sentida.

Lino~

Meu Deus, eu tava pesquisando aqui esses tal de BTS...São tudo igual! Mas to vendo umas foto aqui desse tal de Suga...Que garoto fofo, vou ter um filho assim UHXSHUFGHD

Pera. Não acredito que disse isso, puta merda.

Vou descer, espero que a Jasmine não esteja tentando dançar! Hahaha, engraçado que somos o oposto. Ela prefere KPOP, canto, vegetais, branco, Jimin, ARTPop...Eu já prefiro indie, dança, caaaaarne, preto, Suga, Born This Way... Mas é aquele ditado né: eu vejo nela tudo o que procuro em mim

Nossa, fui fofo até em pensamento. Sou foda.

Lino off~~

-AMOOOOOOOOOOOOR- gritei, queria que ela ouvisse o que eu pensei

-Fala, Linão.- disse dando um abraço nele, mas..- Não me toca porque tu ta suada, nojenta HAHAHAHAHA- ele me interrompeu mesmo.

-Amor, sabia que você é o meu contrário? Eu gosto de preto; você de branco. Gosto de Indie, você de kpop. Prefiro carne, você não vive sem salada. Amo Born This Way (A era gótica) tu gosta mais de ARTPop ( a era lgbt), mas assim, é aquele ditado: você procura em alguém o que você não acha em você. Pra nos completarmos ^^

-Você pensou isso, se achou o foda e veio falar isso pra mim. Não é?- Eu já acabei com o romantismo assim que ele não quis me dar o abraço. Vacilo! Eu sempre abraçava ele na educação física!

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...