História Entre Demônios - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Cynthyan

Postado
Categorias Born, Diaura, Mejibray
Personagens K, Kei, Kifumi, Koichi, Meto, MiA, Ray, Ryoga, Shoya, Tatsuya, Tsuzuku, Yo-ka
Exibições 6
Palavras 1.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Crossover, Escolar, Lemon, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Agora começa a história de verdade...

Até o final do capítulo!!!

Capítulo 2 - A Chegada dos Anjos...


Fanfic / Fanfiction Entre Demônios - Capítulo 2 - A Chegada dos Anjos...

 Meto on.: 

 

Entro apressadamente no templo de Kira, e os olhares de todos caem sobre mim com fúria e desprezo. 

-Senhor.(digo ao entrar no templo, me ajoelhando.) 

 -Como ousa atrapalhar o descanso do mestre Hades.(diz Kyouki, um dos conselheiros de Kira.) 

 -Diga o que quer?(rosna Hades acordando de seu descanso.) 

 -Há uma noticia se espalhando sobre os anjos.(digo sem olha-lo nos olhos.) 

 -Mais uma!(exclama Ryoga, outro conselheiro de Kira.) 

 -Fale logo qual é a noticia!(diz Kyouki irritado.) 

 -Dois grandes anjos mandaram seus filhos para terra.(digo rapidamente.) 

 -Impossível!(exclama Ryoga.) 

 -Tem certeza disto?(diz Hades duvidoso.) 

 -Tenho, ainda são recém nascidos, porém, protegidos por todos os capitães e anjos.(digo.) 

 -Como ousam me desafiar!(diz Hades me olhando furioso.) 

 -Para onde foram mandados?(pergunta Kyouki.) 

 -Para a Ásia, especificamente, para o Japão.(digo.) 

 -Encontre-os.(diz Hades.) 

  -Será difícil, estão em formas humanas.(sussurro e Ryoga me levanta, apertando meu pescoço.) 

 -Não importa se será difícil, apenas faça!(diz ele apertando mais meu pescoço.) 

 -Eu...farei.(digo com um pouco de dificuldade.) 

 -Não estou aqui para ouvi-los gritar, se querem tanto assim pega-los eu ajudarei.(diz Kei, um capitão, entrando por uma porta no canto da sala.) 

 -Sempre se envolvendo nos problemas dos outros.(diz Kyouki e Kei sorri.) 

 -Só quero que se calem, se pra conseguir isso terei que ajuda-lo, então isso é o que farei.(diz Kei.) 

 -Deixe-o ir.(diz Hades sorrindo.) 

 -Mas senhor!(exclama Ryoga.) 

 -Se é isso que ele quer, deixe-o ir.(diz Hades.) 

 -Onde as crianças então?(diz Kei, seriamente.) 

 -Tóquio e Osaka.(digo quando Ryoga me solta.) 

 -Shoya.(chama Kei, e aparece um Shinigami rapidamente com suas longas asas negras, com pontas afiadas e azuis.) 

 -Sim, senhor.(diz o tal Shoya se curvando.) 

 -Vamos para Osaka.(diz Kei e o shinigami sorri de modo perverso.) 

 -Qual a ocasião?(Shoya pergunta.) 

 -Vamos, depois saberá.(diz Kei e os dois saem do templo.) 

 -Já você sabe para onde ir.(diz Hades.) 

 -Sim senhor.(digo me curvando e vou ate o portão do templo.) 

 Abro os portões e vejo uma sombra negra passar, deixando um rastro de penas pretas pelo chão. Sorrio sabendo de quem se tratava e sigo calmamente os rastro, saindo pelos campos de queima(uma das partes de punição dos mortos) indo em direção a uma grande arvore completamente seca, olho para o topo e vejo grandes asas negras e brilhantes. 

 -Não devia ouvir a conversa dos outros.(digo e vejo as asas se fecharem.) 

 -Por que deixa que o tratem assim?(diz tsuzuku descendo da arvore.) 

 -O que eu posso fazer? Não sou nada além de um brinquedo para eles.(digo e ele se aproxima acariciando minha bochecha com o polegar.) 

 -Isto é errado...(ele diz.) 

 -Aqui não há certo nem errado, temos que seguir o que falarem.(rebato.) 

 -Não conseguira achar a criança no mundo dos humanos, sozinho.(diz ele se afastando.) 

 -Eu tenho que tentar.(digo sorrindo amargamente.) 

 -Vou com você.(ele diz.) 

 -Vai me ajudar?(pergunto surpreso.) 

 -Sim, é isso que amigos fazem, certo?(ele pergunta sorrindo de lado.) 

 -sim.(digo.) 

 -Então eu vou! Vai ser interessante.(diz ele caminhando pelo caminho de onde vim.) 

 -Onde vai?(pergunto.) 

 -Vou pedir para o Ryoga me ajudar a ir.(ele diz e continua a andar.) 

 -E se não deixarem você ir?(pergunto.) 

 -Vão deixar.(diz ele chegando no grande portão.) 

 Ele abre o portão e vai andando pelo corredor ate chegar no corredor onde tinha os quartos dos conselheiros, parando em frente a porta do quarto de Ryoga. 

 -Acho melhor você não ficar aqui, vocês não se dão bem.(diz ele sorrindo amigavelmente.0 

 -Ok, te vejo depois.(digo e volto para o corredor principal.) 

 Caminho apressadamente e vejo que vários imperadores e conselheiros vindo de varias partes do reino dos mortos, paro para observar no meio do corredor e do nada sou empurrado, o que faz com que eu caia sobre os pes dos sujeitos. 

-Saia da frente mortal, o imperador Anúbis quer passar!(diz Seth me olhando com desprezo.) 

-Me desculpe.(digo me levantando e corro para fora daquele lugar que tanto me despreza.) 

Subo no alto de uma montanha perto do templo e sento-me observando aqueles seres entrarem. 

 

Tsuzuku on.: 

 

 Abro  a grande porta e vejo meu velho amigo descansando...Nos conhecemos depois de minha morte como humano, ele já era um shinigami e por querer alguém para conversar, pediu para Kira me transformar em um.Porem,por ele ser esperto, subiu para o cargo de conselheiro ajudando alguns imperadores pelo reino. 

-Ryoga.(digo fechando a porta atrás de min.) 

-Tsuzuku, o que faz aqui?(ele pergunta se levantando.) 

-Quero ir para Tóquio.(digo me sentando ao seu lado.) 

-Algum dia vai acabar se encrencando se ficar ouvindo a conversa dos outros.(diz ele sorrindo.) 

-Não me importo, vai me ajudar?(pergunto.) 

-Bem, vou tentar...(ele diz seriamente.) 

-Por que trata o Meto tão mau? Ele nunca te fez nada.(digo e ele suspira.) 

-Ele é humano.(ele diz simplesmente.) 

-Eu também já fui humano!(digo sorrindo.) 

-Isso mesmo, "já foi", não é mais.Agora você é um shinigami.(diz ele.) 

-Tem dias que eu não te entendo.(digo deitando, apoiando a cabeça em seu colo.) 

-Eu só não consigo gostar dele.(ele diz jogando a cabeça para trás.) 

-Vai ser bom eu sair daqui um pouco.(digo e ele me encara preocupado.) 

-Não faça nada "irregular" no mundo dos vivos.Se fizer, não terá como eu protege-lo.(diz ele.) 

-Aish, você tem que parar de andar com esses velhos ,está ficando rabugento.(digo sorrindo e ele me lança um olhar feio.) 

-E você parece um "adolescente" rebelde.(ele diz e eu dou uma gargalhada.) 

-Rebelde, eu? Até parece que você não gosta disto.(digo me levantando e seguro seu queixo.) 

-Gosto, é bom ter alguém para me distrair.(ele diz apertando minha cintura.) 

Me aproximo rapidamente e roubo um beijo daqueles lábios cheios e macios, ele me puxa para próximo de seu corpo aprofundando o beijo.Sua língua explorava cada canto de minha boca enquanto eu usava a minha manter o mesmo ritmo, continuamos nesse beijo afoito, cheio de desejo, ate que nos falta ar e nos separamos. 

-É melhor pararmos(ele sussurra em meu ouvido.) 

-Porque?(pergunto.) 

-Se nos verem juntos, estaremos encrencados.(diz ele se afastando.) 

-Vamos lá pedi-los então, por favor?(digo.) 

-Vamos.(diz ele me puxando para fora do quarto.) 

-Você é tão chato!(resmungo.) 

-Porque?(ele pergunta.) 

-Queria ficar lá.(digo e ele sorri.) 

-Se ficássemos lá iriamos perder a cabeça.(ele diz e abre o grande portão no centro do templo.) 

-O que houve?(pergunta Kyouki quando nos vê.) 

-Ele ira com Meto para Tóquio.(diz Ryoga e eu me curvo.) 

-Acha que pode mandar todos seus amigos para o mundo dos vivos.(diz Kyouki sarcasdicamente.) 

-Não acho, eu posso.(diz Ryoga e eu sorrio.) 

-Ora seu...(rosna Kyouki.) 

-Acalme-se Kyouki, deixe o garoto ir.(diz Kira aparecendo por trás de nos.) 

-Vamos achar o Meto.(diz Ryoga me puxando para fora do templo.) 

 Andamos calmamente o procurando, ate que de longe vejo Lucifer com seus conselheiros e shinigamis...Me aproximo um pouco para vê o que fazem, porém, não há só eles, ajoelhado no chão ferido estava Meto... 

  

 Continue...


Notas Finais


O que será que aconteceu com Meto???Será que estava no local errado outra vez rsrs

Só saberemos no próximo capítulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...