História Entre dois corações. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rafael "CellBit" Lange, Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Shawn Mendes
Tags Cellbitos, Erikagraziele, Rafaellange, Shawn, Shawnmendes
Visualizações 6
Palavras 1.530
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Obrigada pelos favoritos ♥
Obrigada dês de já, por ler ♥
Obrigada pelos comentários ♥
Boa leitura ♥

Capítulo 3 - Capítulo III


A vida é feita de escolhas, eu escolhei ser feliz todos os dias. 


Isabelly Kessler  - Sant'Ana do Livramento (RS). 


No capítulo anterior... 


Os dias iam se passando, Rafael estava cada vez mais em meus pensamentos, eu já não consegui estudar direito, não conseguia fazer nada sem saber como ele estava, o que ele estava fazendo ou ao menos receber uma mensagem sua.
Era complicado, um dia, eu estava no meio de uma aula de ciências e minha outra amiga - Lauren - me convidou para sair, junto a ela e a sua amiga - Gabriela -, disse que adoraria ir, estava precisando  mesmo sair e deixar ele de lado, deixar meus pensamentos sobre ele de lado, ver se conseguia fazer alguma coisa sem pensar nele. 


Agora... 


Esse dia finalmente tinha chegado, acabamos combinamos de almoçarmos juntos, logo depois, passaríamos pelo centro da cidade, comprar algumas coisas (roupas, sapatos e por ai).
Combinamos de nós encontramos já no restaurante escolhido por nós mesmas. Ele se chamava Coisa Nossa, era um restaurante aconchegante e de ótima reputação sobre sua comida e atendentes.

Eram 12:35 quando cheguei a frente do restaurante, Gabriela já estava parada na frente do restaurante, nós duas não tinhamos um vínculo muito grande, tivemos algumas discussões no nosso passado, mas, que já foram todas resolvidas. Não precisamos cita-  - lás também, né?
Assim que me aproximei dela, a mesma me olhou com um sorriso no rosto, seu sorriso era meigo, ela era uma menina baixa, tinha os cabelos cinzas e seu corpo era lindo, tinha 17 anos de idade.

  - Isabelly. - a mesma me abraçou. - A Lauren está atrasada. - disse revirando os olhos.

  - Sim, ela me avisou, típico dela, não? - perguntei soltando uma risada de canto, Gabriela me olhou novamente e riu junto a mim.

  - Sim, típico dela. - ela se virou, olhou para trás de onde nós estavamos e avistou alguma pessoa, sorriu olhando ela e caminhou em sua direção. - Maurício.

Maurício era um menino moreno, era alto, seus olhos eram castanhos, ele usava aparelhos nos dentes, assim que se viram, se abraçaram.

  - Gabriela. - ele a abraçou, olhou para minha direção. - Olá.

  - Olá. - disse gentilmente, olhei para longe deles e avistei a Lauren, andei até a mesma e á abracei. - Atrasada.

  - Eu sei, desculpa. -  soltei uma risada a olhando, andamos até os dois, Lauren abraçou o rapaz, pareceia que já se conheciam.

  - Maurício, já estava com saudades. - o rapaz apenas sorriu e a abraçou.

  - Vocês vão entrar? - pergunto ele olhando cada uma de nós, ele parecia trabalhar no local, pois estava vestido com o uniforme do local.

  - Sim. - disse Lauren, ele abraçou Gabriela de lado e entramos o local juntas, achamos uma mesa perto das janelas,  Mauricio se despediu de nos, disse - nos que um outro menino vinha nos atender e saiu.

  - Estavam a muito tempo esperando? - Lauren estava sentada a minha frente, Gabriela ao seu lado.

  - Não, a Gabriela estava a mais tempo, né?
 
  - Sim. - ela disse. - Cheguei alguns minutos antes da Isa.

  - Já pensaram no que vão tomar ? - perguntei olhando a Lauren a minha frente.

  - Acho que uma coca - cola e você, Gabi? - Lauren se virou em sua direção.

  - Uma fanta.

  - Ok, eu vou tomar uma coca também. -  coloquei minha bolsa ao meu lado, em uma cadeira, abri a mesma e peguei meu celular. - Uma selfie?

  - Claro.

  - Sim.

Coloquei meu celular na câmera, olhei para a câmera e tirei a foto, nela as meninas saíram sorrindo, eu, séria.

  - Já escolheram o que vão beber? - um menino chegou até nossa mesa, ele era alto, tinha o cabelo castanho escuro, um rapaz bonito.

  - Sim, queremos duas cocas e uma fanta. - o rapaz sorriu escutando meu pedido, apontou o mesmo e me olhou.

  - Bem - vindas, fiquei a vontade para se servirem, se precisarem de algo, me chamem, meu nome é  Shawn. - o menino disse cada palavra me olhando, assim que eu assenti com a minha cabeça, o mesmo saiu de onde estávamos.

  - Acho que se tu pedir o número dele, ele te passa na hora. - disse Lauren, com uma voz engraçada me olhando.

  - Cala a boca e vão se servir. - disse soltando uma risada, me levantei e andei até onde estavam as comidas, ao seja, no buffet.

Acabei me servindo arroz, saladas diversas e alguns frangos assados, dois para ser mais exata, andei lentamente até a mesa e ao olhar para as meninas, meu olhar cruzou com o seu, Shawn estava olhando para minha direção. Assim que meu olhar cruzou com o seu, ele sorriu.

  - Eu disse, não disse? - perguntou Lauren, ela ria ao perguntar.

  - Já disse pra calar a boca.

  - Mas o cara é lindo, por que não ? - peguei meus talheres e comecei a cortar minha comida.

  - Por que não.

  - Isso por causa do Rafael? - Lauren já sabia de tudo, ela além de ser minha colega, era minha amiga, eu havia lhe falado que estava gostando dele.

  - Não.

  - É sim. - disse, olhei para ela e levei o frago até minha boca e mordi devagar, saboreando o mesmo.

  - Nunca mais conversamos.

  - Jura? - perguntou Gabriela.

  - Sim, foi só algumas poucas mensagens e mais nada.

  - Mas você quer algo a mais? - perguntou - me Lauren, olhei para ela e fiquei em silêncio alguns segundos, não sabia o que responder, não havia parado para pensar sobre isso ainda.

  - Falando a verdade, eu não sei, não parei para pensar sobre isso, você está falando em ter algo mais, tipo um namoro? 

  - Ou outra coisa. - disse Lauren soltando uma risada, ela abriu sua coca - cola, colocou no copo e tomou um pouco.

  - Meu Deus. - Gabriela tirou as palavras de minha boca.

  - Ela tirou as palavras de minha boca. - Gabriela me olhou e sorriu.

  - Vai dizer que vocês são virgens ?

  - Lauren, estamos comendo, olha esse assunto agora. - Lauren caiu na gargalhada, algumas pessoas que estavam no restaurante a olharam.

  - Você é Gabi? - Gabriela a olhou e voltou a comer.

  - Sou. - disse super baixo, olhei para ela e depois para Lauren.

  - Você não? 

  - Meninas, temos 17 anos e você, Isabelly, tem 19, por que não? 

  - Não encontrei o cara certo. - disse apenas, Lauren balançou a cabeça e voltou a comer.

Nosso almoço se passou assim, conversamos, saboreamos nossa comida e bebida, assim que todas terminamos, nos levantamos e andamos em direção ao caixa.

  - Quanto é ? - perguntei assim que chegou minha vez, Lauren e Gabriela já estavam lá fora, me esperando, estavam conversando com o menino, o Mauricio.

  - São 55, 50 senhoria. - peguei o dinheiro dentro de minha bolsa, entrei ao rapaz e esperei meu troco, guardei novamente e caminhei em direção a saída.

  - Ei, espera. - escutei alguém me chamando, antes de chegar a porta, senti uma mão em meu braço, parei e olhei o menino, era o Shawn.

  - Sim ?

  - Pode me passar seu número de celular? - ele estava parado em minha frente, ele era aquele tipo de pessoa que falava sorrindo.

  - Não posso. - me virei em direção a porta, mas ele não soltou meu braço.

  - Por favor... - respirei fundo, soltei meu braço do seu e olhei para ele, antes de ir até as meninas.

  - Eu não posso, me desculpa. - andei até as meninas, elas se despediram do Mauricio e começamos a caminhar para longe do restaurante.


Algum tempo depois... 


Estávamos na terminal dos ônibus, Gabriela já tinha ido embora, passamos toda a tarde comprando roupas e jogando conversas ao vento.

  - Me conta. - Lauren disse me olhando, ela estava sentando ao meu lado.

  - Contar o que ?

  - Sobre o Rafael.

  - O que quer saber? 

  - Tudo.

  - Sei que o nome dele é Rafael, ele tem 19 anos, é daqui de Livramento mesmo, tem um beijo muito, mas muito bom e uma pegada maravilhosa, quer saber mais o que ?

  - Você gosta dele ? - respirei fundo, olhando para ela.

  - Sim, eu gosto.

  - Como sabe ?
 
  - Acho que quando uma pessoa domina quase 24 horas por dia seus pensamentos, significa que você ama muito ela, ou odeia muito ela, e até agora, eu não tenho motivos para odiar ele.

  - Então é amor? - eu apenas sorri, olhei para seus olhos azuis e fiquei a encarar.

  - Não sei bem ainda, mas acho que sim.

  - Quando é o casamento? - brincou ela rindo.

  - Não tem casamento, para de doideira.

  - Tá, me diz como ele é ?

  - Ele é loiro, alto, tem os olhos azuis e não é muito musculoso.

  - Interessante, é ele ? - perguntou ela apontando para minhas costas, olhei rapidamente para trás e lá estava ele, lá estava o Rafael.

  - Sim, é ele. 


Notas Finais


Obrigada por ler ♥
Não esqueça o comentário ♥
Um beijo e até o próximo capítulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...