História Entre Dois Destinos - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Comedia, Originais
Exibições 9
Palavras 1.703
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Harem, Luta, Magia, Mistério, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - A Semi besta da terra


Dois meses depois

Bom amanhã começa as provas de luta e eu tenho aprimorado muito minhas técnicas,principalmente com o olhos da mulher que eu descobri que se chamam Shinigami e  que três tipos de poderes oculares,a chamas eternas que são chamas negras que queimam mais que o próprio Sol,o Izanagi que prende a pessoa a uma ilusão que prende elas no seu próprio reino fazendo essa pessoa sofrer muito e a muita é a que invoca a aura do grande guerreiro de Orion.E mais uma coisa legal é que esse olho copia qualquer ataque que você quiser.E você pode nascer com ele ou vc desperta ou roubar.

Mas bom eu marquei de encontrar meus amigos no campo para piquenique.

-Oi gente.-acenei vendo todos sentados comendo.

-Você demorou-disse Rafael que estava com uma regata preta e bermuda jens.

-Ah...vai chorar.-falei batendo na cabeça dele.

-Suzi trousse pizza de ontem.-disse Suzi abrindo uma caixa com pizza fria.Ela usava um vestido tomara que caia azul claro.

-Mas e ai vocês estão prontos para a prova amanhã?-perguntou Nina que usava um short jens com uma meia calça preta por baixo e um moletom simples.

-Querida eu nasci pra ganhar.-disse Rafael se achando.

-É claro que só eu não participar,porque eu sou capas de muitas coisas.-falei olhando ele se lado.

-Ae então vamos ver se isso é verdade ali no arbusto.-apontou me olhando maliciosamente.

-Ha ha ha Rafael você é muito engraçado.-debochei dele,até que vejo um meu amigo ruivo então eu levanto para chama-lo.-Oi ruivo!-chamei ele e ele veio.

-Oi Mitsu,desculpe mas não posso ficar estou procurando uma integrante da minha equipe.-respondeu ele.

-O que ouve?-perguntei.

-eu nao sei a gente estava treinando mas do nada ela saiu correndo

-Não se preocupa a gente ajuda.-Disse Rafael que olhava estranho para ele.

-Suzi acha aquele redemoinho de areia suspeito.-apontou ele para um redemoinho.

-Ah é verdade aqui do lado tem um mini deserto.-falei ajeitando o cabelo.

-Ah não isso não é bom.

-Porque?

-Porque ela é o receptáculo da semi besta da terra,e ela é muito instável.-disse ele preocupado.

-Então vamos logo!-ordenou Nina indo na frente e eu e Rafael atrás,então percebi que ele estava um pouco incomodado com algo.

-Rafael tudo bem?-perguntei pra ele.

-Eu sei lá,esse cara cara é estranho...

-Só porque ele tem esse jeito tão sedutor?-falei rindo da reação dele,mas logo chegamos ao deserto onde tinha uma garota pálida de olhos roxos cabelos muito grandes que ultrapassa o chão e usava um kimono com vermelho claro com um toque de rosa  com detalhes dourados também quase do tamanho do cabelo.

-Shina venha com a gente!-gritou o ruivo e a garota se virou chorando parecia confusa.

-Não!Me deixem sozinha!-gritou se afastando.

-Espere nos só queremos ajudar!-gritou devolta Rafael enfrentando a areia até a areia subia nas pernas dele  deixando ele preso.

-Eu ja mandei me deixarem sozinha!!!!!!-ela berrou jogando uma bola enorme de areia na cabeça do Rafael fazendo voltar voando desmaiado.

-Rafael!-fui correndo na direção dele é o puxei ele para longe dela.

-Droga,não adianta mais temos atordoa-la!-disse o ruivi invocando suas quatros marionetes.

Então eu me posicionei para atacar,e ela percebeu isso e se preparou fazendo a areia ficar turbulenta.

-E mais uma coisa vocês tem que serem muito rápidos,ela tem um reflexo muito grande,com isso ela tem uma proteção de areia que é quase impossível de passa.

-VOCÊS QUEREM ME MATAR ENTAO TENTEM SE OUSAREM!!!!!-berrou ela fazendo a areia vir na nossa direção.

Fui correndo ao mais rápido que eu podia desviando da areia que queria meu corpo,então joguei shurikens na garota que defendeu com areia em seguida apareci atrás dela preparando um chute mas ela pegou minha perna,e ficou olhando de um jeito estranho fazendo a areia apertar minha perna,mas eu consegui me soltar só que no local em que eu ia cair ficou cheio de  espinhos de areia,mas Suzi me salvou em seu pedaço de gelo voador,então a garota começou a atirar vários minis tubarões de areia,então Suzi foi criando  do seu braço um a especie de escudo então a areia começou a atravessar o escudo rapidamente Suzi se soltou da areia mas logo essa areia virou um tubarão gigante que veio na nossa direção mas então Nina surgiu do céu com sua marreta gigante então eu fui pra cima dela,ativei meu Shinigami e ja preparei o soco com raio,e ela ja criou sua proteção de areia,entao eu dei um soco que tirou um pedaço da sua proteção,rapidamente com ajuda do Shinigami fui tirando pedaço por pedaço da proteção até sobrar nada,então Nina chegou dando uma bicuda com sua marreta na cara da  garota que a fez ela voar entao quando ela teve seu encontro com o chão Suzi prendeu ela em uma prisão de gelo quase increbavel.

-Agora falta pouco!-gritou o ruivo mandou uma das suas marionetes lançar chamas a outra criar uma rajada de vento aumentando o fogo,é o terceiro tirar uma rocha enorme do chão e jogar na prisão de gelo junto com as outras coisas.Depois da prisão de gelo ser destruída um silêncio enorme reinou ali até a garota começou de uma forma estranha w chorar ao mesmo tempo.

-Então vocês querem mesmo me matar!Ótimo!-disse ela sorrindo até si corpo começo a mudar as areias começaram a rodar ao redor dela até que finalmente a besta se libertou, e era muito grande a besta em si era uma tempestade de areia onde  o núcleo  era ela dentro de cristal,então a besta criou seia braços e um deles ela bateu criando uma enorme onde de areia,logo fui na direção do Rafael o peguei fui para uma montanha não muito grande ali perto.

-O merda.-falei olhando para a besta.-Ah,Rafael o que vamos fazer?-senti uma alguém além de nos ali então virei para trás ja preparada pra tudo.

-Calma eu vim ajudar queridnha.-disse a pessoa encapuzada que tinha uma voz feminina.

-Por que você quer me ajudar?-perguntei a olhando.

-Infelizmente não posso te responder isso mas,logo você saberá.-disse ela se aproximando de Rafael colocando a mão na testa dele e logo tirando.-Bom até mais ver.

Depois dela sumir da minha vista Rafael começou a tossir e acordou.

-Ah Rafael ainda bem que você acordou,precisamos da sua ajuda.-falei abraçando ele.

-Ok,mas pera me explica o que esta acontecendo.-disse botando a mão na cabeça.

-Ok,resumindo a garota se descontrolou e soltou a semi besta dela.-expliquei a ele.

-Eu ja sei o que fazer...

-Serio que bom,o a gente faz?-perguntei animada.

-Bom eu terei que entrar no meio da tempestade da besta para poder soltar ela assim a besta volta para dentro dela.

-O que você esta louco?Você pode morrer,e nem sabemos se vai funcionar.-tentei convence-lo de não fazer isso.

-Esse é o único jeito,eu sei porque o teste de holograma o meu foi essa besta!-exclamou ele se levantando e ando para o campo de batalha.

-Rafael espere!-gritei fazendo ele  virar e eu o beijei.-Por favor não morra!

Então ele foi e eu cai de joelhos,logo meus olhos começaram a doer e comecei a ter visões embasadas,eu via meu irmão lutando  contra um cara mascarado e uma garota  bonita de cabelos longos castanhos  e produzia fogo azul,então as dores pararam.

-O que foi isso?Esses olhos são estranhos...bom entao terei que me acostumar e descobri o ele me faz enxergar.-fui cortada doa meus devaneios por uma explosão e a besta ja tinha ido embora,entao desci para ver se todos estavam bem,e sim todos até Rafael o que me deixou aliviada.

-V-vocês...ainda...vão...vão morrer...-disse a garota entre longos suspiros.

-Para com isso,por favor você não aguenta nem ficar mais em pé.-era verdade a besta dela gastou da sua energia.

-NÃO!Sabe por que?Porque vocês não sabem o quê  não ter uma mãe por perto,ser amaldiçoada,odiada e perceguida por tudo e todos!Por todos eu era temida,MAS NÃO TIVE CULPA DO QUE FIZERAM COMIGO!!!-ela gritava enquanto chorava de raiva.

-Mas nos podemos ajudar!E sua família também!-gritou Rafael meio cansado.

-Família!FAMÍLIA!QUE FAMÍLIA?MINHA MORREU DURANTE O MEU NASCIMENTO E MEU PAI ME CRIOU COMO UM EXPERIMENTO UM DEMÔNIO EM MIM SELADO DESDE O MEU PRIMEIRO DE VIDA!-ela cai nas lagrimas  também como algumas pessoas ali incluindo eu.-Todos os dias eu vejo escrito em todo lugar amor ou alguém demostrando amor,mas eu nunca soube o quê é amor o seu significado!Mas o que vocês fariam no meu lugar vocês ja pensaram?SE ESCUTASSE QUE SUA MAE NUNCA TE AMOU!ATÉ MESMO O MEU PAI TENTAVA ME MATAR...FORAM TANTAS FEZES QUE EU NEM PUDE CONTAR!Depois de tudo que eu passei eu perdi meus sentimentos vindo só pra mim,so amando a mim mesma e saindo a minha sede por sangue!!ENTÃO NÃO DIGA QUE VOCÊS QUEREM ME AJUDAR OU QUE ME ENTENDE PORQUE VOCÊS NÃO ENTENDEM!!!!-ela deu seu ultimo grito e cai de joelhos,eu estava espantada com o passado dela e todos também,até que Suzi foi se aproximando dela.

-Suzi te entende.-disse a albina.

-Entende é?Você nunca foi amada por acaso TODOS TE ODIAVAM ATÉ SUA FAMÍLIA!-gritou ela irritada.

-Sim.Suzi tem uma família muito rígida,era pra eu nascer com o dom de água,mas eu nasci com o de gelo e desde entao eu fui rejeitada odiada e abandonada.-disse Suzi deixando todos surpresos inclusive eu e Nina,porque nos não sabíamos muito dela.

-Mas você não quis fazer essas pessoas sofrerem por tudo,levar a elas a verdadeira dor e sofrimento?-perguntou ela e Suzi negou.-Por que?Por que não?

-Porque Suzi sabia que isso afastaria ainda mais todos.-isso fez com que Shina percebesse isso.-Suzi acha que você ainda pode mudar.

-Comi ninguém me ama ninguém quer me amar.-disse ela entre lagrimas.

-Suzi discorda,se ninguém te amasse nos não estaríamos aqui.-quando Suzi terminou Shina arregalou os olhos de espantada.

-Então isso que é a-amor...-sussurrou a morena,então Suzi a abraçou.-O que é isso?

-Suzi chama isso de braços mortais.

-Mas normalmente chamamos de abraço.-falei chegando perto delas.

-Bom finalmente acabou.-disse Rafael deitando na areia olhando para o céu e ja era noite,e todos fizeram silêncio para observa a aquele momento.

Na entrada da cidade

-Então é aqui que a semi besta de terra esta atualmente.-disse um homem mascarado.

-Sim,entao vamos começar o plano.Dança das labaredas!-estalou os dedos a garota de cabelos longos e castanhos a fazendo os dois guardas queimarem.

-Nosso plano esta quase pronto.-disse o mascarado entrando na cidade seguida da garota.



   


Notas Finais


^ω^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...