História Entre Dois Mundos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amizade, Aventura, Romance
Exibições 5
Palavras 452
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Escolar, Famí­lia, Orange, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Desculpem-me por possíveis erros de digitação que passaram despercebidos. Aproveitem a leitura!

Capítulo 1 - Capitulo I - Rotina


Desperto de meus devaneios quando me dou conta que a noite chegou ao fim e eu não percebi o passar das horas, meu despertador toca, são sei horas da manhã, preciso levantar. Já faz oito anos que me mudei para esta cidade, faço o mesmo caminho todos os dias, vi a paisagem se modificando com o tempo e eu também mudei. Anteriormente eu tinha amigos, mas com as decisões que tomei, um por um foram se afastando, eles não compreendem o meu jeito de viver, não me querem por perto.

Pego meus fones de ouvido, dou play em uma musica, Monster da Rihanna, e vou caminhando. Chego aos portões da escola, finjo não perceber os olhares de nojo, os comentários maldosos, as brincadeiras grosseiras, a estupidez coletiva, o retrato da ignorância e hostilidade, me dói viver assim, me escondo dentro de mim mesma e sigo em frente. Sento na quinta carteira encostada na parede da janela e observo o sol nascer.

Eles cresceram, mas não mudaram o jeito de ser, continuam com ações infantis e brincadeiras ofensivas, nem parece que já estão no terceiro ano do ensino médio, ignoro o máximo que consigo me esforçando para manter o controle.

A aula acaba, para mim é um alivio sair dali. Antes de ir para casa, como de costume, vou até a biblioteca municipal à procura de um livro que me faça esquecer esta realidade. Entre as estantes, no meio de tantos livros me sinto livre e, talvez por alguns segundos, feliz. Corro os olhos pelas prateleiras e me deparo com uma coletânea de historias do detetive Sherlock Holmes e escolho um chamado O Jogador Desaparecido. Passo no balcão e libero o livro escolhido e sigo de volta para casa. No caminho vou ouvindo Damons do Imagine Dragons, não sei o que seria de mim se eu não houvesse a musica sempre presente em minha vida.

Entrando em casa finalmente estou sozinha, minha mãe esta trabalhando, como sempre, meu pai esta na casa dele, eles se divorciaram quando eu ainda era muito pequena, meu irmão mora com meu pai, não os vejo muito, às vezes é como se eu simplesmente não existisse.

No meu quarto retiro o livro do Sherlock Holmes da mochila, sento na minha cama e começo a ler. As horas passam depressa, o livro acaba. Vou ate o banheiro e tomo um bom banho quente, passo reto pelo espelho, evitando contato, pois já não me reconheço mais. Deito na cama, antes de dormir meus pesadelos me assombram, toda a dor que suportei o dia todo vem à tona de uma vez, é como uma facada no peito, um aperto na garganta, desabo a chorar. Luto contra eles e finalmente consigo adormecer.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...