História Entre Mundos- A Nova Era - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Bruxas, Hot, Lobisomem, Magia, Vampiros
Visualizações 17
Palavras 768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um! Prontinho.
Deu muitoooooo trabalho pra editar, então me desculpem de tiver alguma parte faltando.

Bom, por isso é hoje!
Amanhã tem mais capítulo dependendo de vocês.

Boa leitura! ♡

Capítulo 11 - VIII- Cantoria


Fui até minha bolsa onde meu celular estava, e o retirei, vi algumas mensagens de Simon dizendo que estavam a caminho, e que era pra nos encontrarmos na mesma árvore de sempre.

Li que havia mensagem de um número desconhecido. 

" Ué, estranho. Não dei meu número a ninguém. " 

Estou a te observar, minha querida. Logo, estarei aí para tomar o que me pertence.

Encarei a tela do celular por longos minutos, me virei e encarei o loiro com um sorriso no rosto. 

" Esse garoto só sabe sorrir? Senhor, queria ter todo esse bom humor. "

 – Ha ha, que engraçado, como conseguiu meu número? – Guardei meu celular no bolso, me abaixei e peguei meus fones e algum dinheiro na minha bolsa. 

– Como assim? Não tenho seu número. 

– Claro, claro. Super engraçado tentar me assustar, mas agora vamos. – Respondi. 

Fui até a cozinha peguei algumas bolachas e latas de refrigerante, e o loiro já me aguardava na porta encarando Marvin. 

Me aproximei e chamei a atenção de ambos. 

– Marvin vai poder ir conosco? Sempre o levo quando vou.

Nathan me encarava com uma expressão engraçada com o cenho franzido. 

– Se ele não for, eu não vou também. – Comecei a bater os pés incessantemente. 

– Vamos logo. – Disse por fim. 

Fomos em direção ao carro e esperei Nathan abrir pra colocar as coisas lá dentro. 

– Pra que tudo isso? – Questionou a abrindo pra mim. 

– Não cago dinheiro, as coisas lá são caras. Você é playboy e pode pagar, eu tenho que juntar minhas economias dos bicos que eu faço pra sair dessa cidadezinha. – Respondi. 

Joguei as coisas lá dentro e ele revirou os olhos. 

– Não sou playboy. 

– Claro que não, e eu sou o Papa.

Dei espaço e Marvin se jogou desajeitado no banco. 

– Se ele sujar meu carro, você vai limpar. – Resmungou. 

Entrei na caminhonete e fechei a porta, Marvin estava sentado no meio de nos dois com a língua pra fora. 

Ele finalmente deu partida no carro e seguimos o caminho. 

Fomos boa parte do trajeto em calados, não era um silêncio que incomodava, era bom, apesar dele ser falante o silêncio não o incomodou. Liguei o rádio para me distrair e uma batida soou pelo carro. 

Reconheci a música de primeira, Shape of You do Ed. Encarei Nathan, que parecia estar concentrado na estrada, parecia estar sério, mas assim que vi seus dedos batucarem o volante no ritmo da música. 

Virei-me para frente e cantei alto: 

Come on now, follow my lead Come, come on now, follow my lead 

(Tradução: Vamos lá, me siga Vamos, vamos lá, me siga.) 

Senti ele me encarar, ignorei e cantei o refrão. 

I'm in love with the shape of you We push and pull like a magnet do Although my heart is falling too             I'm in love with your body   

(Tradução:  Estou apaixonado pelo seu corpo                                      Como ímãs, nossa atração nos faz ir e voltar                                                   Mesmo que meu coração esteja se apaixonando também                         Estou apaixonado pelo seu corpo.)   

Foi quando ouvi uma voz grave, me acompanhar. 

Meus pelos se arrepiaram, e se estivesse em pé com certeza teria caído que nem bosta no chão. A voz dele ecoava pelo carro, nem tinha percebido, mas eu havia parado de cantar, estava apenas observando e ouvindo cada palavra que saia de sua. 

And last night you were in my room                                                          And now my bedsheets smell like you                                                    Everyday dwiscovering something brand new                                                     I'm in love with your body   

(Tradução: Na noite passada você estava no meu quarto                                  E agora meus lençóis têm o seu cheiro Todos os dias descobrimos algo novo                                                       Estou apaixonado pelo seu corpo.)   

Ele desviou os olhos da estrada e me encarou me incentivando a cantar. O encarei e cantamos alto, estávamos praticamente gritando, até Marvin havia entrado na onda e latia conosco.

 Oh I, oh I, oh I, oh I                         I'm in love with your body                                                   Oh I, oh I, oh I, oh I                                     I'm in love with your body                                                           Oh I, oh I, oh I, oh I                                    I'm in love with your body              Everyday discovering something brand new                                                             I'm in love with the shape of you   

(Tradução: Ah eu, ah eu, ah eu, ah eu                                                            Estou apaixonado pelo seu corpo         Ah eu, ah eu, ah eu, ah eu                    Estou apaixonado pelo seu corpo          Ah eu, ah eu, ah eu, ah eu                              Estou apaixonado pelo seu corpo   Todos os dias descobrimos algo novo         Estou apaixonado pelo seu corpo.) 

Cantamos o resto da música e um sorriso se instalará no meu rosto e mesmo que não me esforçasse ele não ia sair dali tão facilmente, mas nunca estive tão enganada na minha vida... 


Notas Finais


Eai? O que será que está por vir?

Obrigada por ler! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...