História Entre o ódio e o Amor - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Visualizações 25
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola bebê de Mih

Boa leitura

Espero que gostem

Capítulo 13 - Voltando ao passado


Fanfic / Fanfiction Entre o ódio e o Amor - Capítulo 13 - Voltando ao passado

        Pv Justin 

Preparamos o enterro de Isabela, caixão preto com fios prata, lápide estava escrito.


             Isabela Smith 

     8 de Novembro de 1998. 

    8 de Outubro de 2017.  

Filha, namorada, amiga e irmã amada por todos

Foda-se tudo e todos, vamos viver

 

Samantha, Sandra e Celina que tinham preparado tudo, caixão lacrado pra evitar descobrirem a verdade e por o "corpo estar todo queimado"

3 dias havia se passado e nada dela ligar, estava ficando preocupado porque Christian não achava Clayton de jeito nenhum. E finalmente ela ligou, Christian entrou no escritório com tudo quase ouvindo a voz dela no celular, Roden cobriu o celular com papéis e mapas que estava em cima da mesa.

Tinhamos desligado e fomos jantar.

Sandra e Samantha decidiram jantar conosco hoje, nos últimos dias elas não saem do quarto pra nada.

- Boa noite crianças -Pattie disse entrando na cozinha. -Nossa temos convidada nova? Cadê Isabela? -Pattie não sabia de nada, então seria surpresa pra ela a resposta.

-Está morta. - foi o samantha disse enchendo a boca de macarrão.

-Morta? Como assim? -Falou olhando pra mim.

-Ela morreu salvando vidas. - foi tudo que eu disse e ela olhou para Christian e pra Samantha.

-Sou Mãe dela -Sandra falou e Pattie abraçou ela.

O Celular de Isa tocou com Chaz arregalando os olhos e todo olhares da mesa foram pra ele. Christian estava do seu lado.

-Desculpe - ela falou e atendeu. - Como? Te acharam? - Ele falou na porta da cozinha arregalando os olhos pra mim, ele foi pro escritório comigo indo atrás, todos vieram e neguei.

-Somente eu e Chaz. Celina chame Roden pra mim. -Ela concordou e saiu da mansão. Todos voltaram pra cozinha e eu esperei Roden e tranquei a porta.

- O que houve? -Roden perguntou com Chaz falando.

-Tem alguém na casa, ela pediu pra mim esperar e ficou mudo. Mais a ligação está correndo. - dois longos minutos depois.

-Chaz? -Isa falou

-Bela o que houve? -Perguntou Chaz preocupado

-Chaz meu irmão ta vivo. Ele está aqui dentro de casa. Passei pelo reconhecimento facial e é ele.

-Como isso é possível? -Perguntei curioso.

-Eu não sei, eu vi o corpo dele, eu vi .... -Ela parou - Ele está descendo preciso me esconder fiquem na linha.

Escutando um barulho de prota abrindo, passos e uma voz masculina.

"-Ah maninha, te coloquei no meio disso e vou vingar sua morte. -pausou - Quem está ai? Isabela? Meu Deus como isso é possível?

-Eu pergunto o mesmo, eu vi você morto. -Isa falou e nos escutavamos tudo.

-Longe história preciso de tudo que te entreguei.

-Não está mais comigo. -Falou

-Como não está mais com você, eu preciso disso pra me livrar de Clayton e Julian. -pausou - com quem está?

-Esta com Justin Bieber e estou com ele no celular agora. Justin?"

Respirei fundo.

-Estou aqui Isabela. -Estava confuso e bravo.

-Consegue mandar um jatinho pra irmos pra Atlanta em duas semana. Mas não vamos pra mansão.

-Claro tenho prédios de fachada vazios, podem ficar lá.

-Ótimo podemos conversar por vídeo? -perguntou.

-Como podemos saber se é seguro? Não temos Christian pra fazer isso funcionar sem deixar rastros. -Falei

-Vou lhe enviar um email Bieber, so abrir o link que estaremos online. -Jordan falou.

Em dois minutos estavamos nos falando por vídeo e combinando como seria essas duas semanas, eles iriam pra NY, buscar uns amigos deles e meu jatinho pegaria eles...

Finalmente chegou o dia do roubo e ocorreu tudo certo, ninguém foi preso, morto ou ferido. Foram 125 milhões pra cada um. Julian Pertersen deve estar muito puto da vida.

                   

                   Duas semanas depois 



Entrei no edifício com Chaz, Roden e Ryan que agora sabia de tudo. Por ter pego uma ligação minha com Isabela e reconheceu a voz dela. Meus seguranças se espalharam e peguei o elevador com 20 segurança e os outros ficaram cobrindo o perimetro. Elevador abriu no 5°Andar e Isabela veio correndo e abraçou Chaz por minutos chorando, ela tinha cicatrizes no rosto, e tinha a perna enfaixada. Roden abraçou ela, Ryan e por último eu.

-Vamos direto ao assunto. -Falei. - Tinha 6 sala naquele andar. Ela entrou na primeira e tinha uma mesa de reunião.

-Ja volto. -Falou e saiu voltando 2 minutos depois com Jordan e mais dois caras.

-Za? -Ryan disse levantando e comprimentando o cara todo tatuado, calças quase no joelho.

-Ry quanto tempo irmão. Foi mal não te avisar dessa missão mais era caso de vidas ou mortes. - Ryan concordou.

-Drew lembra do Za? Te falei dele um tempo atrás, ele as vezes faz umas missões comigo e pra nós. -Ryan falou comigo levantando e cumprimentando ela.

-Esse é Derek, parceiro de confiança meu e mais uma vítima de Julian. -Za falou e sentou na cadeira. Todos se acomodaram e só agora percebi que a sala estava lacrada sem vidros, a única luz era do teto.

-Vou começar -Jordan disse - Eu arrumei um cara bem parecido comigo, e com ajuda dos caras tranformamos ele em mim, pedi pra ele ir na minha casa e descobri que mataram ele. Ele estava se passando por mim ja fazia uns seis meses. E desde então estamos tentando derrubar Clayton e chegar em Julian. - pausou - foi quando vi Samantha e Isabela em NY a dois meses atrás, seguiamos elas mais sem deixar rastros, e percebi que Clayton havia infiltrado um cara na vida de minha mãe, mandei uma msg se passando por Isabela pedindo pra ela embarcar pra Atlanta, mais quando ouvi falar pelo rádio dos seguranças de Clayton que Isa estava morta, fiquei sem saber o que fazer com minha mãe, mas vi suas homens levando ela. -Falou apontando Roden - Eu estava esse tempo todo em NY, escondidos claro. Para Clayton estamos todos mortos.

-O que vocês três tem em comum? -Chaz perguntou.

- Todos somos contratados pra derrubar as redes dos inimigos, mais o principal sempre foi você Bieber - o tal Derek falou.

-Quando descobrimos que Isa começou trabalhar pra você a uma semana, decidimos nos reunir e compartilhar os planos. - Za falou

-Justin você vai ficar muito puto com o que vai ouvir. -Isa falou. - Ele pretende matar seus pais, avós, madrasta, irmão e deixar somente Jazmyn viva. -Levantei as sobrancelhas. -Prostituição infantil e manter ela nisso até envelhecer.

Aquilo me subiu um ódio. Jazzy é apenas uma criança.

- O que mais? -Roden perguntou

-Você quer mais que isso? - Jordan disse concordamos e ficamos conversando no mínimo por umas 6 horas.

Voltei pra mansão e juntei a equipe.

-Onde esteve o dia inteiro Justin? - Celina perguntou

-Não lhe devo satisfação - falei - Quero compartilhar umas informações com vocês que descobrimos com fontes anônimas.

Comecei falar e Christian digitava freneticamente no notbook.

-Isa teve que morrer pra descobir isso? -Christian falou sem olhar pra ninguém.

-Chris não tinha como sabermos disso. -Ryan falou.

-Falhamos com um dos nossos, falhamos e perdemos ela. -Falou bravo e saiu.

Christian estava muito mal por "perder" Isabela. Continuamos fazendo a reunião com Chaz e Celina nos computadores.

Christian estava tão mal com a perda, que não estava trabalhando direito, ele andava distraído, pensamento longe, fica nervoso a toa, ja quebrou o quarto dele todo num ataque de fúria, fica muito tempo na academia. Christian voltou pro escritório e seus olhos estava vermelho, ele usou drogas com certeza.

A Campainha começou tocar e todo levantou me olhando ninguém toca a campainha da mansão. Chaz concordou com a cabeça, Era ela.

Todos nós foi pra sala, Pattie e Sandra descendo as escadas curiosas e Chaz abriu a porta sorrindo e Isa estava encostada na porta com maior sorriso. 


Notas Finais


Ate logo bebês

Desculpe os erros ortográficos tentei corrigir todos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...