História Entre o Sol e a Lua - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Apolo, Bem, Friendzone, Heróis, Indecisão, Lua, Luna, Mal, Romance, Sol, Super, Vilão
Exibições 8
Palavras 615
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Capítulo 7


As coisas estão bem calmas aqui na ilha. A cidade está sendo reconstruída e parece que os bandidos tiraram férias, pois tudo está muito calmo. Espero novas notícias em breve.

Estava tudo um saco! Não aguentava mais. Nada acontecia nessa cidade. Os dias se passaram nesse tédio pavoroso, a cidade foi reconstruída e tudo parecia normal novamente, mas só tinha uma tentativa de assalto ali e acolá. Nada interessante. Resolvi ir ao shopping, estava precisando de roupas novas, e quando digo precisando é verdade, porque não gosto de ficar experimentando roupas em lojas. Quem sabe não tem algum filme bom passando no cinema. Me arrumei e fui. O shopping é a duas quadras da minha casa então fui a pé mesmo. Quando cheguei lá fui até a minha loja favorita, para minha felicidade ela estava em promoção. Comprei umas roupas pra trabalhar e algumas de sair.Continuei até o cinema, mas nenhum filme me interessou. Acabei voltando pra casa e assistindo um dos meus DVDs mesmo. É estranho que quando sua vida muda com algo sobrenatural como super heróis, você não consegue mais viver uma vida normal. Tudo parece entediante, sem aquela adrenalina. E toda a cidade sentia falta disso. Pelo menos hoje era dia de ir jantar na casa do Josh, desde quando ele se casou nos juntamos juntos pelo menos uma vez por mês, para não se distanciar da família. Meu pai faleceu antes q eu nascesse, e ele, por ser o mais velho, ajudou a nos criar, foi um pai pra mim. E desde que a mamãe se foi também, nós ficamos mais próximos. Cheguei antes do Tim, porque ele se atrasou no trabalho. Quando toquei a campainha quem atendeu foi a Jéssica, minha cunhada.

-Oi Jéssica!

-Oi Catty!

Jéssica era um amor. Atenciosa, sempre sabia o que dizer. Diversas vezes me aconselhei com ela. E ela era uma ótima mãe.

-Tia Catty!!!

-Peter! - ele pulou nos meus braços. Aquela fofurinha de cinco anos me fazia voltar a infância. Amava brincar com ele quando nos víamos. - Como você cresceu!

-Vem Tia! Vamos brincar!

Fiquei brincando de carrinho enquanto o Tim não chegava. Amava meu sobrinho e sabia que amaria a próxima que já estava chegando. O cheiro da lasanha estava no ar, e meu estômago me lembrou de o quanto eu amo a lasanha da Jéss. A campainha finalmente tocou e fomos todos pra mesa. Nós nos servimos e começaram a botar o papo em dia. Eu estava tão concentrada naquela lasanha que nem prestava tanta atenção na conversa.

-A Catty está namorando com aquele meu colega, o David…

Eu quase me engasgo com a comida. Olhei pro Tim com um olhar fulminante, e como eu queria poder atirar raios lazers pelos olhos. Enquanto isso ele botava a mão na barriga de tanto rir.

-Você tinha que ver sua cara… tá vermelha porque se não é verdade?

-Timothy!- interveio Josh- Sem essa de rir da cara na nossa irmã!

-Obrigada, Josh!

-Mas, e aí Catherine? Quando vai me apresentar seu namorado? Tenho que aprovar antes! - os dois caíram na gargalhada.

-Vocês são péssimos!

Só me restava rir daquela situação. Mas por que essa hipótese sempre me assustava tanto? Eu não sentia nada por ele, eu acho. Mas é se ele sentisse? Não queria estragar nossa amizade… Depois do jantar eu fui para a sala com a Jéss, e ficamos conversando.

-Jéss?

-Sim?

-Você teve medo de estragar a sua amizade com o Josh? Quando começaram a namorar?

-Para falar a verdade, tive sim. Mas depois eu perdi esse medo. Se você está com medo, não se preocupe. Você saberá que se é o certo a fazer, o seu coração vai te avisar, com certeza.

-Obrigada.

Fomos para casa. Eu já estava cansada, fui direto para a cama. Amanhã seria um novo dia. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...