História Entre os mundos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Tags Anjos, Demonios, Ficção
Visualizações 0
Palavras 1.211
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Estou criando essa história porque apenas gosto de escrever e ler. Estou passando um pouco das coisas que eu gosto, dos meus pensamentos para vocês, espero que gostem ❤

Capítulo 1 - O início


Era uma manhã normal como todas as outras, acordei, tomei meu café da manhã e fui caminhar. Estava passando pelo parque, eram mais ou menos 8:30 quando vi uma luz branca entre algumas árvores. Com um pouco de medo, fui ver o que era. Não havia nada além de uma pena branca ao lado de uma flor. Peguei a pena, não era apenas uma pena branca comum, ela era maior que o normal e brilhava com a luz do sol, algo que nunca havia visto, achei incrível mas estranho.

Fui para casa para ver se descobria algo sobre ela. Não encontrei nada, apenas um site de mitologia em que dizia ser uma pena da asa de um anjo, achei impossível, eu não acreditava em todas essas coisas de céu e inferno nem nada do tipo, era impossível aquilo ser verdade.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Alanna me ligou cerca de 2 horas depois que resolvi guardar a pena e parar de pesquisar:

-Oi? Allice?

-Oi, ta tudo bem?

-Ta, eu só vi uma coisa muito estranha quando estava saido hoje de manhã.

-O que você viu?

-Uma espécie de luz branca, mas não achei nada, apenas uma pena branca e brilhante.

-Uau. Pera, isso é serio?

-Sim, não mentiria com uma coisa dessas.

-Ta. Okay. Hoje de manhã, enquanto estava caminhando pelo parque vi entre as árvores uma luz branca e só encontei uma pena, exatamente como você disse.

-O que será que está acontecendo?

-Não sei. Ei?

-Oi?

-Me encontra as 13:00 lá no café

-Pra quê?

-Apenas me encontre lá

-Okay

-Vou ter que ir, até logo

-Tchau
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Fui para o café, cheguei lá 13:07, Alanna chegou 13:32, fiquei bastante tempo esperando, mas pareceu pouco pois estava lendo mais sobre anjos e demônios.

-Oi - diz Alanna se sentando na mesa à minha frente -, por que quis me encontrar aqui?

-Bom, só quis que fosse aqui porque adoro o chocolate quente desse lugar - disse bebendo um pouco do chocolate quente que havia pedido alguns minutos antes - e porque é um bom lugar. Mas enfim, te chamei pra gente tentar descobrir o que eram essas luzes, e de onde vieram essas penas.

-Eu encontrei um site que diz que são penas de asas de anjo. Será que é verdade? Me parece tão estranho a ponto de ser verdade.

-Não acho possível. Essas coisas não existem. São apenas crenças e mitologias, não podem ser reais.

-Há relatos de pessoas que dizem ja ter visto anjos na Terra.

-Ou elas estavam bêbadas ou drogadas. -Alanna da um sorriso

-Okay, talvez sim, talvez não. Não podemos descartar as possibilidades.

-Okay. Mas isso parece loucura.

-Mas pode ser real

-Ou uma total idiotice

-Ta bom - diz Alanna enquanto lê alguma mensagem no celular 

-O que foi?

-É o Jake, vou ter que ir, depois te ligo

-Tudo bem
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Fiquei mais um tempo no café depois de Alanna ir embora. Pesquisei mais um pouco e nada. Aquela curiosidade para descobrir o que era se tornou parte de mim.

Fui para casa. Cheguei ainda eram 15:28, resolvi me deitar um pouco e assistir algumas séries no Netflix. Acabei dormindo. Acordei com meu telefone tocando. Era Alanna.

-Oi la

-Tava dormindo?

-Tava, comecei a assistir uma série e acabei dormindo

-Ah sim. Mas então, ta afim de sair hoje?

-Hoje não, vou ficar em casa mesmo. Não fiz nada mas estou cansada 

-Tudo bem, qualquer coisa me manda uma mensagem

-Okay

-Tchau

-Tchau

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Estava preparando o jantar quando ouço um barulho vindo do meu quarto. Fui ver o que era. Abri a porta devagar. Havia um homem de costas sentado em minha cama com as pernas cruzadas. Era loiro, pele extremamente clara, estava vestido com uma camisa branca e uma calça jeans preta, estava descalço. Era lindo, mesmo não vendo seu rosto. 

-Quem é você? - Perguntei 

-Eu sou Gabriel

-Como entrou aqui? 

-Eu também não sei, apenas apareci aqui

-Isso é impossível, pessoas não aparecem do nada assim

-Não sou uma pessoa comum

-Ah não, você é um anjo

-Como sabia? - ele se vira e me encara. Seus olhos são azuis e brilham com o pouco de luz da lanterna eu havia apontado para seu rosto. Ele era lindo.

-Anjos não existem

-Você é como esse tipo de pessoa, que não acredita nas coisas

-Coisas? Que coisas? - pergunto em tom de ironia

-Céu, inferno, Deus.. - interrompi

-É claro, isso é uma besteira completa

-Na verdade não é - diz ele tentando me convencer

-Claro que é
Ele se levanta, caminha até mim, chega bem perto do meu rosto como se fosse me beijar, e sussurra:

-O que ganho se te provar que é real?

-Se conseguir provar, te dou um beijo

-Tudo bem. Me dê seu braço

-Pra quê?

-Confie em mim 

-Esta bem - digo esticando meu braço
Ele pega uma tesoura que estava em cima a uma prateleira do seu lado e faz um corte em meu braço

-Aiii - solto um grito de dor

-Calma - diz ele apertando meu braço para que eu visse o sangue escorrendo

-Por que fez isso? Seu louco

-Espere - ele coloca sua mão em cima do corte e uma leve luz branca "sai" de sua mão. Em poucos segundos meu braço para de sangrar. Ele tira a mão. - Pronto. 

-Como fez isso?

-Eu sou um anjo. Agora acredita?

-Mas como? Como veio parar aqui?

-Não sei ao certo, só sei estava andando entre algumas árvores e apareci aqui

-Nossa. Espera - vou até uma das gavetas de meu guarda-roupa e pego a pena - isto é seu?

-É uma das penas de minha asa. Deve ter caído quando cheguei aqui. Quando encontrou isso?

-Hoje de manhã, vi uma luz branca entre algumas árvores do parque e fui ver o que era, apenas encontrei esta pena.

-Então foi você que me viu hoje?

-Eu não vi você, apenas vi a luz

-Eu fugi, pois achei que tivesse me visto, e agora te encontro aqui, que ironia.

-Parece até história de filme... -estava prestes a terminar minha frase quando ele interrompe

-Você me deve algo

-O que?

-Você disse que se eu fizesse você acreditar, me daria um beijo

-Eu não... -ele me interrompe com um beijo. Eu retribuo. É um beijo longo e intenso, um dos melhores que ja provei - Para um anjo você beija muito bem - dou um sorriso

-Érr.. - suas bochechas ficam coradas - é a primeira vez que beijo uma pessoa

-Não parece

-Mas é

-Foi bom? 

-Foi incrível - diz ele soltando um sorriso malicioso, anjos não são tão santos quanto eu imaginei
Dou outro beijo e ele retribui. Ficamos ali algum tempo, até que ele disse

-Não devíamos, e-eu, eu não posso

-T-tudo bem - digo envergonhada, minhas bochechas ficaram muito coradas

-Não fique envergonhada, gostei dessa sensação
Não consegui responder, apenas sentei na cama e o observei, ele era lindo naquela escuridão, apenas iluminado com a leve luz da lanterna e a luz da lua, queria ficar com ele ali para sempre. Ele se sentou ao meu lado. Abaixei minha cabeça em seu ombro. Ele passou os braços em volta de meu corpo. E ficamos ali. Até que eu finalmente adormeci.


Notas Finais


Esse é o primeiro capítulo da primeira história que escrevo aqui. Ainda vou colocar mais capítulos, quero deixar essa história bem emocionante e com um pouco de suspense.
Espero que tenham gostado ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...