História Entre tapas e beijos - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Juugo, Karin, Kiba Inuzuka, Konan, Konohamaru, Madara Uchiha, Menma Uzumaki, Metal Lee, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Utakata, Yahiko
Tags Drama, Naruto, Revelaçao, Romance
Exibições 134
Palavras 869
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - Capítulo 15: Uma visita perturbadora


Fanfic / Fanfiction Entre tapas e beijos - Capítulo 16 - Capítulo 15: Uma visita perturbadora

Anteriormente

De repente a campainha da casa dos  Uchihas toca, quando Sasuke desceu para ir à cozinha, ele teve que ir atender, já que não vira seu irmão por ali.

- Não acredito, o que ta fazendo aqui? Disse o moreno chocado e com a expressão de pura raiva no rosto ao abrir aquela porta.


Agora / Sasuke

Abri a porta, encarando àquelas pessoas indesejadas na minha frente, estava enojado, queria simplesmente sair dali, minha sorte que iria encontrar o Naruto daqui a pouco, precisava sair dali o quanto antes, mas enfim, encontrei ali na minha frente, esperando alguém abrir a porta, meu avô Uchiha Madara, Karin e seu pai. Karin parecia que ia ter um treco ao me ver, apenas mandei ela se foder em meus pensamentos.

- Oi meu querido neto, era você quem eu queria ver. Disse o Madara.

- Bebezinho, tenho uma surpresa para você, podemos entrar? Disse a ruiva.

- Fazer o que né... Falei revirando os olhos.

Não esperava por aquela visita, principalmente do meu avô, odiava aquele velho chato, muito fresco e muito certinho, porque logo ele tinha que aparecer? Preciso sair daqui o quanto antes.


Uma historinha

Sasuke odiava seu avô, o simples fato de querer tudo do jeito dele, tudo tinha quer ser o mais correto possível, ao comer teria que ter etiqueta, ao falar e agir tinha que ter modos e ética, senão era capaz até de deserdar seu próprio filho, além de Madara ser chefe de uma empresa multimilionário, diferente do pai de Sasuke, que tem a empresa junto com o Minato, ele também faz parte da Márcia japonesa.


Voltando / Sasuke

Me sentei na sala, esperando ouvir o que aqueles três patetas queriam comigo, mas não estava nem um pouco afim, olhar para a cara daquele velho chato já me fazia sentir nojo daquele ambiente, sem contar a Karin, que sentou gruadinha em mim, ninguém merece tal cruz nas costas.

- Bem, vou lhe explicar diretamente. Disse o avô.

- E seja breve, tenho compromisso. Falei irritado.

- Apenas escute, moleque ingrato. Disse o velho com tom arrogante.

- Tsk.

- Estou fazendo um contrato com o pai da Karin, esse moço do meu lado, para firmar uma parceria entre nossas empresas e como parte do contrato, você se casará com Karin daqui a um mês, e fiquei sabendo que seu colegial termina daqui quatro semanas, então seria uma semana depois. Disse o velho arrogante.

- Não me faça rir, não me importo com seu contrato, ou sua empresa, faça o que quiser, mas não me envolva nisso, eu não vou me casar com ninguém!

- Eu não pedi a sua opinião é muito menos lhe perguntei, afirmei que você vai se casar e pronto. Disse Madara.

- Ora, é o que veremos. Sai dali imediatamente, deixando aqueles três malucos na sala com cara de idiotas.

Velho maluco! Pensar que eu, Sasuke Uchiha, aceitarei me casar com aquilo? (Risada) só se ela fosse a última pessoa do planeta. Vou logo para casa do Naruto, não aguento mais ficar por aqui.


----

O moreno caminhou para a casa dos Uzumaki, onde se encontraria com Naruto e tiraria aquela história sobre o mal estar a limpo com ele.


Naruto

Após receber a mensagem de Sasuke, fiquei pensativo, querendo saber o que fazer, o que lhe dizer após ele querer saber tudo, como será que conto? Meu Deus, me ajude!

Desci frustado, procurando alguma coisa para comer, estava desejando algo, meus pais me deram o que pedi, no caso seria um sorvete com coca-cola, além do típico e viciante miojo que adorava.

- Pai, mãe, Sasuke vem aqui hoje, ele quer saber a verdade, o que eu faço?

Kushina bate na cabeça dele e fala:

- Apenas seja forte meu filho, você não está sozinho e ele precisa assumir a responsabilidade como o outro pai da criança.

- Aí, isso dói mãe! Falei reclamando sobre o tapa na cabeça quando ouvi a campainha tocar, meu coração quase pulou pela boca.

- Já vai. Gritei indo em direção à porta.

Abri a porta e lá estava o moreno, nervoso, não entendi o porque de tão nervoso Sasuke estava, mas ele me puxou pelo braço, o fazendo caminhar até um parque ali próximo para termos uma conversa.

Chegamos no parque, sentamos em um banco próximo.

- Agora me fale Naruto, toda a verdade!

Fiquei sem ação no momento, congelei, pensei que iria ter um treco ali do nada, mas logo tive de me recompor, pois lembrei que não podia fazer mal ao bebê que carregava.

- Sasuke, não sei bem como lhe dizer, mas... Eu estou grávido de você, depois daquela noite que transamos no dia do aniversário de Kiba.

Logo ali onde eles estavam sentados reinou um silêncio absoluto.


Karin

Não sei o porquê do meu bebezinho ficou chateado, mas sai atrás dele, vi ele pegar um táxi, peguei o outro que vinha logo atrás e mandei perseguir ele.

Vi que ele foi a uma casa estranha e meio velha, e tocou a campainha, saiu dali um loiro, logo vi que era Naruto, o idiota da escola, me perguntei o que eles estavam fazendo e quando Sasuke voltou a falar com ele.

Bem, segui eles até o parque, quando ouvi Naruto confessar que estava grávido e do Sasuke, que tinha transado e tudo mais. Fiquei passada. Mas não podia deixar o moreno novamente nos braços daquele maldito loiro, logo tive uma ideia.


Notas Finais


Hehe valeu pela leitura, fiquem na paz :p


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...