História Entre tapas e beijos - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Juugo, Karin, Kiba Inuzuka, Konan, Konohamaru, Madara Uchiha, Menma Uzumaki, Metal Lee, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Utakata, Yahiko
Tags Drama, Naruto, Revelaçao, Romance
Exibições 108
Palavras 909
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - Capítulo 18: A frustração do sequestro


Fanfic / Fanfiction Entre tapas e beijos - Capítulo 19 - Capítulo 18: A frustração do sequestro

Anteriormente

A noite, Naruto saiu para comprar ovos no supermercado e percebeu que um carro parou perto dele, lhe chamando a atenção.


Agora / Naruto

Dentro desse carro saia um homem mascarado, com um revólver na mão apontando para mim, e sinceramente pensei que naquela hora iria morrer.

- Parado aí loiro. Falou ferozmente o rapaz mascarado.

- Moço, eu não tenho nada para lhe dar, e estou grávido, por favor, não faça nada comigo. Eu clamei.

Não aguentei o desespero daquele momento, apenas desmaiei sem mais nem menos.

----

O rapaz pegou Naruto que tinha desmaiado, colocou dentro do carro e saiu a mil por hora, mandando um SMS para Madara: "Sequestro concluído."

Porém, os Uzumaki estavam voltando do aeroporto, que fora pegar um rapaz tendo esquecido de avisar o Naruto sobre a visita, era seu primo, Menma Uzumaki, que passaria o final de ano com eles, até o ano novo, e Kushina já havia falado sobre Naruto e a sua gravidez, além de explicar quem era o outro pai daquela crianc, óbvio.

- Como o tempo voa, não é? Já estamos no final de novembro, disse Kushina.

- Verdade tia. Disse Menma. - Vamos entrar, estou com saudades do meu primo.

Antes de abrirem a porta da casa, uma vizinha chegou gritando o nome de Kushina.

- KUSHINAAAAAA!

- que foi mulher? Disse a ruiva espantada.

- Estava... Olhando... A janela... Quando vi... Um homem... Pegar um revólver... Ameaçar o Naruto... Colocando ele dentro do carro... E o levando. Disse a vizinha sem fôlego.

- Calma, respire, ta falando sério? Falando a Kushina derrubando o que tinha na mão

- Sim!

Todos aterrorizados com o ocorrido, entraram na casa, enquanto Minato foi a delegacia fazer um boletim de ocorrência, Menma ficou com a ruiva que estava angustiada a ponto de desmaiar.

- Tia, por favor se acalme.

- Como posso me acalmar quando meu filho foi sequestrado? Falou a ruiva já nervosa.

Menma não falou mais nada, antes que sobrasse para ele toda quela frustração, porém apenas fez uma pergunta.

- Posso ligar para o Sasuke, informando sobre isso? Acho que ele também precisa saber.

Kushina apenas balançou a cabeça positivamente. O rapaz foi ao telefone e fez a ligação.

- Olá, quem fala? É da casa dos Uchiha?

- sim, aqui quem fala é Sasuke.

- Oi, aqui é Menma, aconteceu uma coisa com o Naruto e preciso que você venha o mais breve possível até a casa dele, poderia ser?

- Claro, vou agora, mas o que aconteceu? Perguntou o moreno preocupado sem se preocupar quem era o rapaz do outro lado da linha.

- Apenas venha, aqui eu lhe falo.

Sasuke nem esperou dar tchau, apenas bateu o telefone na cara do rapaz e saira voando de sua casa até a residência dos Uzumaki.


Duas horas depois / Naruro

Acordei dentro de um carro, ainda meio aéreo, pensando no que fazia ali, olhou ao redor, não vi casa alguma, estava um deserto, porém logo me lembrei do que tinha feito eu chegar ali, olhei para o motorista e lá estava o homem mascarado, porém seus cabelos estavam a amostra e eram bem pretos, igual ao cabelo do Sasuke, suas mãos também eram pálidas, logo pensei que seria um Uchiha. Mas para meu desagrado, ele percebeu que me acordei, parou o carro no meio do nada, saiu do carro me puxou para fora com toda a força, me jogando no chão.

- Olha aqui garoto, quero que desapareça, não volte mais àquela cidade, Sasuke vai se casar e você é um obstáculo que impede isso, apenas suma, corra para fora da, longe da minha visão, e não olhe para trás, se olhar eu atiro. Disse o homem.

Eu fiquei congelado ao ouvir que Sasuke se casaria, ele não me falou nada, logo pensei que estava brincando ao dizer que cuidaria de mim e de meu filho nos protegendo. Deu um nó em minha barriga, um aperto no coração, porém voltei a reagir, quando o rapaz mandou eu sair dali apontando a arma para mim, apenas corri sem olhar para trás, corri e corri, de repente ouvi um barulho de carro derrapando, logo percebi que ele já tinha ido e parei de correr, não vi nada aos arredores, porém tinha uma casa velha e abandonada ali, entrei lá, e me agachei, já passando mal, meus pensamentos estavam bagunçados, porque Sasuke não falou que se casaria? Porque mentiu para mim? Ele sempre brincou com meus sentimentos.

Quanto mais eu pensava nisso, mais ficava tanto, e de repente, apaguei, morrendo de fome, mas apaguei naquele local, perdendo a consciência.


Residência dos Uzumaki

Sasuke chegou lá todo nervoso, tocando a campainha várias e várias vezes, até um rapaz com a feição de Naruto abrir a porta, por um momento o moreno pensou que era Naruto, mas o rapaz tinha olhos castanhos e cabelo preto, o que já sabia que não era Naruto então.

- Oi, você deve ser o Sasuke não é?

- Sim, mas o que houve com o Naruto?

- Calma, sente-se, vou lhe dar um copo d'agua, e antes que me esqueça, sou Menma, primo de Naruto.

- Não sabia que Naruto tinha primo! Exclamou o moreno.

- Bem, não venho falando muito com ele faz tempo, mas enfim, não foi para isso que te chamei aqui.

- Verdade, e obrigado pela água, mas me conta, Cadê o Naruto?

- Bem, deve ser um choque para você, mas sem rodeios eu vou lhe dizer, é que...

- Fale de uma vez, já tô ficando mais nervoso. Disse Sasuke

- Olha, é que... Sabe... Naruto foi sequestrado. 

Disse Menma, que deixou Sasuke paralisado, derrubando o copo que se encontrava em sua mão.


Notas Finais


Obrigado por lerem e tenham uma boa noite. :P


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...