História Entre tapas e beijos - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Juugo, Karin, Kiba Inuzuka, Konan, Konohamaru, Madara Uchiha, Menma Uzumaki, Metal Lee, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Utakata, Yahiko
Tags Drama, Naruto, Revelaçao, Romance
Exibições 84
Palavras 939
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - Capítulo 20: Reencontro


Fanfic / Fanfiction Entre tapas e beijos - Capítulo 21 - Capítulo 20: Reencontro

Anteriormente

Chegando ao local que o detetive havia informado, o moreno  saiu correndo e nem escutou o Menma que estava fechando as portas do carro na qual Sasuke se esqueceu que deixou aberta de tão desesperado que estava para encontrar seu amante bem e Menma correu seguindo ele.


Agora

Sasuke correu e correu, procurou em todos os comandos daquele casebre, e finalmente, viu um loiro desmaiado ali no chão, chorou de alegria ao ver ele.


Naruto

Estava sonhando que pedia Sasuke para Karin, e eles apenas sorrindo pra mim é a beijando, já não aguentava mais aquele tortura de pesadelo.

Porém, ouvi alguém me chamando, e fui acordando aos poucos, com a visão ainda embaraçada, vi que era Sasuke, ainda minha sentia fraco, mas com as poucas forças que tinha, abracei ele.

- Por favor Sasuke, não me deixe.

Sasuke me abraçou, senti suas lágrimas caírem em meu ombro.

- Nunca que vou te deixar, meu dobe. Eu te amo e sempre te amarei. Disse o moreno.

Sorri para ele, porém senti-me fraco, voltando a desmaiar, estava com muita fome e fraco, percebi que estava todo melado de sangue, porém não deu tempo nem de entender a situação, apenas escutei a voz do Sasuke sumindo lentamente.

Quando acordei, horas depois, estava no hospital, olhei para os lados, vi Menma.

- Naruto, que bom que você acordou.

- Oi primo, o que faz aqui?

- Longa história maninho.

- Não tenho para onde ir mesmo, apenas me conte o que aconteceu. Falei.

- Bem, eu tinha chegado do aeroporto, seus pais foram me pegar, como você não tava em casa, eles não lhe contaram, então nós já estavamos chegando, quando uma vizinha sua chegou apavorada, contando que alguém havia lhe raptado, Kushina entrou em choque e fiquei cuidando dela, enquanto Minato foi à uma delagacia, uns minutos depois liguei para o Sasuke, ele chegou lá todo preocupado e agitado com a situação, porém ligou para um detetive para descobrir o que houve com você, e assim descobrimos e chegamos até você, e o resto você já deve saber. Falando em Sasuke né, olha ele aí.

- Menma obrigado pela sua ajuda, mas pode me deixar a sós com o Sasuke por um instante?

- Claro primo. Ele deu um beijo em minha testa e saiu.

Sasuke entrou.

- Meu loirinho, fiquei muito preocupado, o que aconteceu?

- Bem, ouvi sobre o ocorrido de vocês tentando me salvar, e... Bem... Eu tava indo em um supermercado, percebi que um carro preto me seguia, parei e o motorista desligou o carro, saindo e apontou uma arma para mim, falei que não tinha nada do que ele queria, ele apenas mandou eu entrar no carro e obedecer se não atirava, porém desmaiei com o choque, quando acordei estava dentro do carro no meio do nada, ele mandou eu sair e correr o mais longe possivel e nunca mais voltar para esta cidade, fiquei muito assustado. Falei chorando.

Cof cof cof

- Eu peço desculpas por isso uma parte é minha culpa. Disse Sasuke

- Eu sei, aquele moço falou que você iria se casar com a Karin e mandou eu deixar você em paz? Por que eu sempre sou a última pessoa a saber?

- Me desculpa, meu avô quer que eu case com a Karin, por um contrato, mas eu não quero, já disse a ele, e ele tentará de tudo para nós separar. Por favor, me perdoa, não vou mais mentir para você.

- Tudo bem Sasuke, eu perdôo, mas não esconda mais nada de mim. Porém, antes de desmaiar de novo em seus braços percebi que estava sangrando, o bebê está bem? Apertei o braço do Sasuke com muita força.

- Sim meu dobe, nosso bebê está bem, cuidarei de você e dessa criança, não deixarei ninguém mais te machucar, eu te amo.

De repente, comecei a chorar.

- Eu também te amo, teme.

Sasuke me deu um beijo, porém olhei pela janela do quarto e vi o homem que me sequestrou.

- Sasuke, Sasuke, é ele, foi ele que me sequestrou. Falei apontado.

Obito percebeu e saiu correndo, Sasuke foi atrás, mas sem sucesso de encontrar, então ele voltou para meu quarto e ficou comigo até adormecer.


Em um hotel qualquer

Madara feliz da vida porque seu plano deu certo, pelo menos era o que pensava, porém recebeu a ligação do Obito.

- Oi, o que você quer? Disse o velho.

- Oi meu senhor, fiz como você mandou, porém Sasuke descobriu onde ele estava e agora está mais ele em um hospital.

Madara de tão nervoso que ficou derrubou tudo que tinha na escrivaninha. Desligou o telefone na cara do Obito, e saiu de carro.

Porém, com tanto nervoso que Madara estava, não percebeu o caminhão que vinha a sua frente, tentou desviar, mas colidiu, e o carro imediatamente explodiu.


No hospital

Minato e Kushina chegaram lá, entrou no quarto do filho e o abraçou de tanta felicidade por ter o encontrado bem e vivo.

- Meu filho! Disse Kushina gritando e abraçando o Naruto.

- Calma mãe, não consigo respirar, ainda estou meio tonto, Cof cof cof. Disse Naruto.

Sasuke e Minato riram. E Menma voltou ao quarto sem entender a situação, porém riu junto igual a um idiota.

Um pouco mais tarde, todos foram embora e Sasuke ficou conversando mais o Naruto.

- Naruto, sei que é meio estranho eu falar, mas gostaria de ir à um encontro comigo quando receber alta?

Naruto ficou feliz, quase chorando.

- Claro que sim, Sasu. Disse Naruto abraçando ele é chorando também.

- Não precisa chorar meu loirinho.

- São os hormônios, teme.

Sasuke deu um beijo na está de Naruto.

- Sempre estarei com você.

Continuaram conversando, Sasuke com a cabeça deitada no colo de Naruto, e o loiro fazendo cafuné nele, e sem perceber Sasuke pegou no sono, Naruto admirou ele dormindo, não quis atrapalhar e fez o mesmo.


Notas Finais


Tenham uma boa noite, e espero que tenham gostado. ;P


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...