História Entre Vampiros & Lobos - Capítulo 62


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Personagens Originais
Tags Bruxas, Drama, Lobos, Romance, Romance Sobrenatural, Vampiros
Exibições 114
Palavras 1.299
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 62 - Filha da noite


Fanfic / Fanfiction Entre Vampiros & Lobos - Capítulo 62 - Filha da noite

O resto da manha e o  cai da terde, para Liam e Annabelle foi agradável, eles se divertiram. Assustaram algumas crianças ali presente. O Liam as assustou no caso e Annabelle apenas ria da situação. 

- Acho que esta na hora de nos irmos.  - Anna se levanta.

- Quer que eu va te deixar em casa e fique com você ?

- Não preciso Liam. Não sou mais nem uma criança pra precisar de baba. - Anna sorriu e saiu andando.

- Qualquer coisa me liga.

- Não preciso ligar. - Anna se vira. - Você vai a me de qualquer jeito. - Ela sorrir e vai embora.

Ela passou em frente a casa do Danny, ela queria falar com ele sobre àquele dia em Chicago mas ele estava muito ocupado se divertindo com os preparativos para a formatura então Anna seguiu caminho para casa. Fazia algum tempo que a mesma não via a Lea então resolveu ir ate a casa da amiga.

- Annabelle queria, quanto tempo. - Disse Lea ao abrir a porta.

- Não é tanto tempo assim. - Anna sorriu.

- Entra.

Elas foram ate a sala, Lea colocou uma dose de uísque para a Anna e elas comecaram a conversar.

- E o Danny como esta ? - Lea se senta ao sofa a esquerda a Anna.

- Faz um dia que não o vejo.

- Meus pais estão uma fera com ele esta faltando muita aula e nesse nesses dias ele esteve em Chicago. 

- Ele esta faltando a escola por minha culpa e você Lea e a faculdade ?

- Eu abandonei a faculdade e meus pais também estão um pouco bravos comigo, mas não me importo.

- Pais o que seria de nossa vida sem eles. - Elas riram ao mesmo tempo.

E la Anna ficou um bom tempo que nem viu o tempo passar mas quando viu ja era quase meia noite e ja estava tarde, provavelmente o Liam estava feito um louco a sua procura. Ela se despediu da Lea e foi para casa.

O caminho ate sua casa não era muito longe tinha que passar por duas guardas ate chegar sua casa.  Estava tudo escuro não havia ninguém nas ruas de Nova Orleans a cidade era linda quando havia pessoas para todos os lados mas quando não havia como a própria Annabelle falou mesmo uma vez a cidade era misteriosa. Anna seguiu caminho ate que ver alguem ao outro lado da rua com uma capa preta com capuz. 

- Lilly ? - A pessoa se vira.

- Annabelle minha querida. - Lilly era uma garota morena com grandes cabelos pretos.

- Como você chegou aqui ?

- Tive ajuda dos seus amigos que estavam lá pra me ajudar quando eu acordei. Mas deveria ser você ou a Vitória a estarem la.

- Eles não são meus amigo e não era pra você ter acordado. Não agora. 

- É eu sei, mais me acordaram e a culpa foi sua.

- Não tive nada haver com isso. - Anna da um passo a frente.

- Annabelle Branson,  sempre fazendo seus inimigos e arrastando todos a sua volta para o presépicio e não importa quem. Muito menos se são seus amigos ou não. 

- Lilly o que eles te pediram para fazer para por favor.  Você não precisa fazer nada disso. 

- Eu vou embora ja fiz o que tinha que fazer aqui, a Bárbara estava aqui vim guia lá para o novo corpo que aliás é forte se eu fosse você tomava cuidado.  Você pode ser quem você é e ter essa personalidade mas que forte.  Mas acima de tudo é minha amiga e eu me procuro muito com você, não quero que te machuquem. 

- Então não a traga de volta.  - Lilly se afasta da Anna.

- Eu tenho, me pediram pra fazer isso e é meu deve ajudar os seres sobrenaturais assim como é seu dever ajudar os amigos e aqueles próximos a você.  - Lilly vai embora e deixa Anna mais que pensativa. 

Annabelle continua sua caminho para casa e chegando la estava o Liam, e ele estava louco atrás da morena sua feição que estava pura preocupação logo muda para não preocupar também o moreno. 

- Aonde você estava ? - Liam vai ate a morena.

- Na casa da Lea, eu estava com saudades de nossas conversas.

- trouxe alguns filme pra nos assistirmos.  - Disse Liam e a Anna apenas deu um sorriso como resposta.

Eles fizeram pipoca e se sentaram no sofa em frente a grande TV na sala da casa da Anna, Liam estava com a cabeça no colo da morena e morria de rir com toda a situação so filme que pelo visto era de comédia, ja a Anna por sua vez estava com o pensamento longe ela apenas acariciava os cabelos negros do Liam ate o mesmo cair no sono.

Ela desligou a TV foi a procura de uma coberta para o Liam e o deixou dormindo na sala, a mesma trocou a jaqueta por outra preta que tinha um capuz a mesma jaqueta que ela havia usado para visitar o Danny no hospital e saiu pra da uma volta.

Annabelle continuou a pensar na Lilly, nos seus pais, na Bárbara ate que seus pensamentos são interrompidos por o barulho de uma casa noturna e de algumas pessoas que dali bêbadas saiam, ela os seguiu ate uma boa parte do caminho aonde não tao diferente do resto da cidade não havia ninguém, os jovens estavam conversando ate que perceberam que estavam sendo seguidos. 

- O que foi aquilo ? - Disse um dos 4 jovens ali presentes. 

Eram 2 garotas e 2 rapaz que começaram a se assustar ao ver uma sombra passar por eles rapidamente por eles e ao seus lados.

- Gente vamos embora, por favor.  - Disse uma loira segurando ao braço do rapaz que talvez fosse seu namorado. 

- É... Vamos. - Respondeu o rapaz e eles continuavam a andam mas apressadamente e olhavam para os lados.

- Boa noite jovens.  - Anna para na frente deles que gritam por causa do susto. 

- Moça, aqui é muito perigoso pra você andar sozinha.  - O rapaz fala olhando para os lados. 

- Eu posso dizer o mesmo para vocês.  - Anna levanta o rosto e a única luz presente na quela rua reflete seus olhos pretos e pulsando de sede de sangue.

Os jovens começaram a correr, mas foi em vão.  Annabelle pegava um a um,  fez com que os que ficavam pra depois ouvissem os gritos de desespero dos que eram atacados primeiro e que tinham seus pescoço como uma presa fácil para a morena. Ate que ela chegou ate o último rapaz que ja estava ao longe de onde Anna havia atacado os outros.

- Ops... Faltou um. - Disse Annabelle saindo, indo em direção ao rapaz que caiu no chão.

- Por favor.  Não faz isso comigo.  Sou novo de mas pra morrer. - O rapaz chorava.

- Realmente... - Anna se abaixa ate o rapaz que ainda estava ao chão.  - Você novo de mais pra morrer e bonito também, parece um amigo meu.

O rapaz tinha cabelos píntados no tom de grisalho, olhos negros e não era muito forte mas bem definido era idêntico ao Danny, ela pensou se deixaria o único dos jovens que ela atacou vivo.

- Então, por favor. Pense em seu amigo me deixe vivo. - Ele ainda chorava de medo, ele estava aterrorizado com tudo aquilo.

- Isso seria injusto com os outros, você não acha ?

- Eu não gostava deles mesmo.  - Anna viu a maldade nos olhos da quele jovem que seria capaz de qualquer coisa para sobreviver.

- Sinto muito. 


Notas Finais


Quem quer Cap duplo hj ? ☺☺ 🙋🙋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...