História Entre Vampiros & Lobos - Capítulo 97


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Personagens Originais
Tags Bruxas, Drama, Lobos, Romance, Romance Sobrenatural, Vampiros
Exibições 61
Palavras 1.780
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 97 - Ausências geram mudanças


Todos estavam juntos, alguns clãs estavam se juntando contra a Bárbara faltavam apenas alguns clãs como o de New Orleans seria fácil ja que a Vitória era sua amiga.  Eles voltaram para o casarão dessa vez eles levam a Emilly, elas precisavam conversar.

- Espero que ja tenham trocado essa cama. - Liam estava estava na porta do quarto.

Anna vinha saindo do banheiro, de toalha e com outra enxugava seu cabelo.

- Como assim ?

- Eu sei o que aconteceu aqui.- Anna deu um leve sorriso. - Queria que tivesse sido eu.

- Com ele ? - Ela ainda estava sorriso.

- Com você é claro.

- Estamos aqui agora e eu estou apenas de toelha. - Ela mordeu os lábios.

- Anna. - Ele deu uma leve inclinada na cabeça.

- O que ? Vem. - Ele vai rapidamente ate ela.

- Você é tão linda.

- Eu sei. - Ela deu um sorriso e o beijou, depois foi se vestir.

- Eu sinto muito.

- Porque ?

- Você não estava apenas triste pela morte da sua mãe, mas também por causa da Lilly.- Anna volta ao quarto.

- Foi horrível vê lá morta, ja bastava minha mãe, agora uma pessoa que estava comigo a um certo não fisicamente mas... enfim. - Ela se deita na cama.

- Como você esta ?

- Cansada e querendo literalmente beber o sangue da Bárbara.

- Você esta otima.

- Sim.

- Quando vamos a New Orleans ?

- Não sei. Lá tem a Vitória,Lea,Enzo...

- Danny. - Completou Liam.

- Não sinto mas nada por ele, você sabe.

- Eu sei.

- Mesmo assim, não quero voltar lá mas é pra o bem de todos.

- E a regência do Marreno ?

- Talvez seja certeza deixa a Emilly tomando conta disso.

- Ela vai querer ?

- É sobre isso que vim falar.- Ela aparece no quarto. - Podemos conversar ?

- Vou deixar vocês a sós.  - Liam saiu.

- Senta. - Emilly entrou e se sentou na poltrona.

- Nem sei por onde começar. - Anna deu um sorriso.  - Mas acho que tenho que te pedir desculpas.

- Porque ? Por me prender, tentar arrancar meu coração e se juntar a minha inimiga ? Relaxa, ja tive dias piores. - Emilly sorriu. 

- Como tudo aconteceu ? - Anna se senta ao lado dela.

- Digamos que tenho um dedo quanto podre pra homens.

- E o Liam ?

- Eu fui cega e também graças a sua avó ele passou um bom tempo como lobo.

- E como ele voltou a ser humano ?

- Eu quebrei um feitiço de uma família, que nela tinha a pessoa que me ajudaria a te encontrar mas dessa família o Liam era o primeiro lobo, que depois virou hebrege.

- Me acha ?

- Sim. Seu pai...

- Meu pai ? - Ela a interrompe.

- Sim mas tenho uma péssima notícia pra você, ele esta morto.

- Porque ?

- Por que por causa dele, perdi você e minha mãe.

- Meu pai era um monstro.

- Aprendi boa parte com ele e a vida me ensinou o resto. Mas e você por onde esteve esse tempo todo ?

- Eu não sabia de você, no começo eu pensei como minha mãe era bruxa, eu era imortal graças a ela, mas um dia ela estava morrendo e me contou que quando ela completou dezessete anos, do nada ela sentiu algo chutar a barriga dela e quando viu estava grávida, mas ela sabia que não era dela e mesmo assim ela me criou, durante a gestação foi difícil eu não era la criança mas normal do mundo. Depois que fiquei sabendo disso comecei a te procurar ai um cara chamado Franz apareceu disse que era amigo a minha mãe e cuidaria de mim.

- Ele era seu pai.

- Eu nunca fui com a cara dele. - Elas riram. - Mesmo assim eu estava decidida a te achar, mas depois de um tempo pensei que você estava morta, ainda havia caçadores de vampiros, mas algo no fundo sabia que tinha que te procurar.  Então a Bárbara apareceu na minha vida e disse que havia conhecido minha mãe e que uma pessoa terrível havia a matado e que queria me ajudar a se vingar dela.

- E aqui estamos nos a dois dias atrás.

- Sua vida é sempre assim ?

- Como te falei ja tive dias piores. Mas você pensou se vai querer ?

- O que ?

- Ser a regente de Marreno ?

- Não sei. Me falaram muitas coisas sobre você como regente.

- Então você sabe que não fui uma regente muito presente.

- Mas foi uma otima regente, teve pessoas de confiança ao seu lado e no comando de tudo.

- Era aqui que eles moravam.

- Quem ?

- As pessoas de confiança Mia e Raphael, meus braços e pernas aqui.

- E aonde eles estão ?

- Não faço a menor idéia mas espero bem.

- Lindo.  - Emilly pega na mão da Anna aonde estava o anel.

- Assim como quem me deu, que não deveria esta ouvindo a conversa dos outros. - Liam estava atrás da porta.

- Desculpa não resisti. - Elas riem. - Vamos ?

- Pra onde ? - Emilly olha pra os dois.

- New Orleans. - Respondeu Anna.

Eles sairam rápido de lá, tinham que chegar a New Orleans o mais rápido possível, pois o quanto mas rápido tivessem ajuda da Vitória e dos lobos de New Orleans mas rápido matariam a Bárbara. Quando anoiteceu eles ja estavam chegando em New Orleans na entrada da cidade eles levaram um susto ao um lobo pular em frente ao carro, eles saem do carro.

- Vocês não podem passar. - Disse o cara.

- Vicent ? - Anna o reconheceu.

- Annabelle ? Liam ?

- Porque não podemos passar ?
- O alfa de New Orleans disse que nem uma criatura de fora pode entrar, muito menos você Annabelle.

- Quem é o novo alfa ?

- Eu. - Alguém aparece.

- Lobinho. - Era o Danny.

- Você não pode passar daqui.

- Quem ordenou isso ? Você ? Estranho ate porque um certo tempo atrás eu morri passei um bom tempo no outro lado pra te trazer a vida porque você não queria mas ser um lobo e agora olha aonde você esta.

- A gente precisa passar. - Liam da um passo a frente, mas Anna o segura.

- Vocês não são mas bem vindos aqui.

- Preciso falar com a Vitória.

- Ela não esta mas aqui, foi expulsa da cidade.

- Como assim ? E o Enzo ?

- Gostaria também de saber dele, quando pedimos pra ele escolheu entre você e a Lea ele preferiu você e foi embora.

- Humm... Me deixa adivinhar tudo isso não foi planejado por sua cabeça, tem haver com uma bruxa loira, atraente que eu pretendo matar.

- Ela mesma.

- Bárbara.  - Murmurou Liam.

- Esse vadia ja esta me tirando do sério. Eu preciso saber aonde eles estão.

- Não sei. - Danny ver uma linda morena saindo do carro. - Quem é ela ?

- Gostou ? - Liam olha pra trás. - Parece com alguém que você conheça ?

- Essa é minha filha Emilly.

- Filha ? - Danny arregalou os olhos.

- Nunca ti contei muitas coisas sobre me a você, você sabia o necessário sobre mim.

- Nunca te conheci totalmente.

- Mas eu sim. - Liam pega na mão da Anna.

- Saiam daqui agora. - Danny deu as costas.

Mas Anna, Liam e Emilly deram passos em direção a entra da cidade mas logo mas lobos aparecem.

- Vocês não sabem o que significa saiam. - Danny volta.

- Danny, aqui temos três " pessoas " que em menos de um segundo podem matar todos.

- Não precisa fazer isso. É só vocês saírem e ninguém se machuca.

- Você era mas doce.

- E você dizia que me amava e depois queria me matar.

- Vamos falar de sentimentos essa hora ? Tem certeza ?

- Nos... - O celular da Anna toca e ela atende deixando ele no vácuo.   - Sempre tão educada. - Completou Danny.

Anna da alguns passos atrás e vai falar com a outra pessoa.

- Não podem sair por um minuto e você faz uma zona aqui em casa Annabelle.

- Querida que saudades.

- Fiquei sabendo dos últimos acontecimentos, parabéns por encontrar sua filha, sinto muito por sua mãe e pela regência do Marreno.

- Obrigada.

- Estamos aqui em Marreno, estamos a sua espera, todos nós. - Ligação encerrada.

Anna se vira e volta ate Liam e Emilly, qie estavam ali encarando os lobos.

- Vamos embora, essa cidade ja deu o que tinha que da. - Anna da um olhar mortal pra o Danny.

Danny não conseguia parar de olhar pra a Emilly e ela o mesmo a Anna percebeu aquilo mas nada falou. Eles voltaram pra o carro e chegando la Danny perguntou. 

- Pra onde vamos ?

- Vamos voltar pra Marreno.

- Porque ? - Emilly adentra no carro.

- Temos algumas pessoas a nossa espera.

Eles partiram novamente pra Marreno, durante a viagem de volta a Emilly dormiu, a Anna parecia toda boba ao ver a filha e o Liam achava tudo aquilo lindo, ele adorava a felicidade nos olhos da Anna e se ela estava feliz ele também estava. Quando amanheceu eles estavam de volta a Marreno e la estavam eles de volta ao casarão.

- Que demora. - Alguém fala a Anna ao abrir a porta.

- Queria.  - Anna a abraça era a Mia, não so a Mia, o Raphael, Enzo, Vitória e ate a Lea. - Vocês ?

- Claro não deixaríamos a pessoa que mas amamos na não nesse momento. - Vitória a abraça.

- Essa é a Emilly. - Anna a apresenta.

- Ela é muito parecida com você. - Lea vai ate Anna.

- O Danny disse que você.

- O que ele pensa é uma coisa e o que o realmente é, é outra. - Anna deu um sorriso.

- Meus meninos.  - Enzo e Raphael vão ate ela e a abraças.

- No que você se meteu minha menina.  - Raphael a abraça.

- Essa sou eu. - Ela abraça o Enzo.

- Esta tudo lindo esse reencontro de amigos afastados e tudo, mas vamos ao que importa.  - Mia se senta.

- Matar a Bárbara. - Completou Anna.


Notas Finais


Agora o exército esta pronto kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...