História Entretenha-me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook, Taegi, Taejin
Visualizações 19
Palavras 1.070
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa noite meus pandinhas vermelhos (não se importam se eu os chamar assim, não é? Pandas vermelhos são absolutamente adoráveis), tudo bom com vocês? Espero que sim...

Aparentemente abandonei essa fanfic, não é? A intenção nunca foi essa, mas começou a ficar complicado pensar nela graças a todos os rolos da minha vida. Quando estamos com problemas, é bem difícil pensar em fazer comédia para tirar risadas dos outros, e como vocês já devem ter percebido, eu não sou a pessoa mais talentosa do mundo quando o assunto é comédia.

Não me perguntem de onde veio essa nova ideia, porque eu realmente dormi e acordei com isso na cabeça, e como eu sou ansiosa demais, não pude esperar para postar o primeiro capítulo que acabei de finalizar.
Digamos que esse capítulo é bem experimental, e eu espero que vocês gostem, porque esse capítulo é um termômetro para saber se a mudança na história vale a pena ou não.

Lyma-kun? Por alguma razão que eu desconheço, espero que você aprove essa história ^^

Divirtam-se!!

Capítulo 1 - I - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Entretenha-me - Capítulo 1 - I - Prólogo

 

“Você foi excelente, como sempre, Tae! Eu sabia que você se daria muito bem aqui. Já viu quanto dinheiro você ganhou essa noite?” Hoseok perguntou quando eu entrei no camarim, assim como fazia todas as noites de show nos últimos quatro meses e meio. Ainda me sentia constrangido com o olhar dos outros sobre meu corpo então peguei um dos roupões disponíveis ao lado da porta para me cobrir antes de respondê-lo.

                “O que eu ganho nunca é o suficiente. No fim do mês sempre falta para alguma das contas, o que significa que sempre tenho alguma dívida sobrando de um mês para o outro. É um verdadeiro inferno.”

                “Você escolhe passar por dificuldades, Tae... Sabe que ganharia três vezes mais do que já ganha se ao invés de passar a noite inteira servindo mesas e aguentando aquele bando de abutre te comendo com os olhos porque minutos antes você estava tirando a roupa...”

                “Não adianta, Hobi... Uma coisa é eu expor o meu corpo em troca de um dinheiro que eu realmente preciso, outra totalmente diferente é eu vender meu corpo para ter esse dinheiro. E se eu tenho certeza de uma coisa na vida, essa certeza é a de que eu não vou deixar qualquer um colocar as patas imundas em cima do meu corpo apenas por dinheiro.”

                “Isso mesmo, meu bebê precisa de envolvimento emocional em algum grau para se entregar!” Yoongi disse entrando na sala e deixando um selar carinhoso no meu pescoço. “E enquanto isso for necessário, eu sei que o único que vai poder levar esse principezinho para a cama sou eu... Quero que continue sendo assim pelo maior período de tempo possível!”

                “Eu nunca vou entender o relacionamento de vocês dois... Veja bem se eu deixaria meu namorado tirar a roupa três vezes por semana em um palco para um bando de velhas e velhos tarados.” Hoseok falou espalhando óleo pelo corpo. “Assim como eu não teria o sangue frio de saber que meu companheiro pode decidir vender seu corpo a qualquer momento. É uma coisa muito estranha!”

                “Eu adoraria poder tirar meu TaeTae dessa vida, mas infelizmente eu sou apenas um segurança e ganho bem menos que ele. Eu infelizmente não posso ajudar até conseguir terminar minha faculdade de administração.” Yoongi respondeu enquanto eu vestia meu uniforme de garçom. “Também tem o fato de que eu não sou o dono do corpo dele, e isso significa que ele pode fazer o que bem quiser com quem quiser. Desde que ele seja sempre sincero comigo, eu entenderei e respeitarei qualquer escolha que ele faça, mesmo que isso signifique que ele vai transar com outras pessoas.”

                Talvez eu deva explicar a minha situação para você, não é? Meu nome é Kim Taehyung, tenho vinte anos e faço arquitetura. Sou um dos poucos bolsistas da Universidade, e isso faz com que eu precise me esforçar três vezes mais que a maioria dos filhinhos de papai que estudam ali. E agora você deve estar se perguntando “como um estudante de arquitetura, com notas boas o bastante, acaba em cima de um palco tirando a roupa?” então... Tenho um irmão 'adotivo', e eu juro que daria a minha vida pela do Jimin, mas como eu disse, somos irmãos 'adotivos' e descobrimos há pouco tempo que ele tem uma doença genética, o que se tornou um grande problema, porque a única coisa que os médicos sabem é que a única coisa capaz de salvá-lo é um transplante de medula, e você tem ideia do quão difícil é encontrar um doador compatível? Pois é, é tipo procurar a agulha num palheiro em chamas. Até tentamos encontrar os pais biológicos dele para tentar buscar uma solução, mesmo que tivéssemos certeza que não seria de tanta valia assim, mas é claro que não encontramos nenhum dos progenitores dele. É como se Park Jimin fosse um anjo que caiu na terra e não tivesse nenhuma ligação sanguínea com as pessoas imundas desse mundo, pensamento esse que muito me agrada quando por um momento eu consigo esquecer que a qualquer momento eu posso perder a única família que me resta.

                “São nesses raros momentos em que você é fofo e compreensivo que eu me convenço de que estou apaixonado pela pessoa certa, Yoonie!” digo dando um beijo no meu namorado, o que faz Hoseok resmungar sobre o quão melosos podemos ser. “Mas agora eu preciso ir atender as mesas, ou é provável que o Bang PD-nim me coloque na rua. Hoje ele não está de bom humor.”

                “Até parece que ele te mandaria embora... Ele sabe que esses velhos e velhas taradas gostam de ver sua carinha inocente enquanto você tira a roupa. E no fundo, ele também gosta... Não passa de um velho safado.”

                “Quem não passa de um velho safado, Min?”

                “Alguns dos clientes lá fora, sr. Bang.”

                “Lembre-se que são esses ‘velhos safados’ que garantem seu salário ao final do mês, então trate-os com respeito.” O patrão disse fuzilando Yoongi com o olhar, mas o loirinho não se abalou, apenas fez uma reverência e se retirou para a portaria. “E você, V, a sra. Johnson disse que quer ser atendida por você. Trate-a bem o bastante para que ela queira voltar.”

                “Sim, senhor...”

                Essa é minha rotina todo final de semana desde que Jimin e eu percebemos que a pensão que recebemos pela morte de nossa mãe já não era o bastante para manter nossas despesas e comprar os remédios que ele precisa, e é claro que eu não permitiria que o Jimin continuasse trabalhando quando sua saúde é tão frágil. Mesmo nos dias em que ele diz que está ótimo, do nada vem a febre e eu sei que ele está se esforçando para fingir que está tudo bem, quando na verdade ficar de pé já é um sacrifício absurdo.  Eu queria muito dizer que esse foi um final de semana como todos os outros, mas a verdade é que esse foi o fim de semana que mudou completamente minha vida, e nem foi porque a sra. Johnson me propôs um programa por dez mil dólares. Também não foi porque eu aceitei. Na verdade, tudo mudou no momento em que eu encontrei o olhar de Kim Seokjin, meu professor de História e Teoria da Arquitetura, me encarando como se tivesse acabado de descobrir o meu maior segredo, o que não deixava de ser verdade. Como isso aconteceu? Vou explicar...


Notas Finais


Gente, só uma última coisinha, os capítulos serão mais curtos, não se decepcionem com isso!
BeiJIN, e nos vemos em breve ^³^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...