História Epopéia do Fim - Capítulo 53


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Tags Ação, Aventura, Deuses, Epopeia, Fantasia, Fim, Grega, Luta, Magia, Mitologia, Violencia
Exibições 7
Palavras 1.951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Romance e Novela, Shounen, Suspense, Violência
Avisos: Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Boa leitura e espero que gostem!!

Capítulo 53 - A Flor que Semeia o Caos 3


Fanfic / Fanfiction Epopéia do Fim - Capítulo 53 - A Flor que Semeia o Caos 3

{No capítulo anterior}

Damon: Eu sabia... Você não está bem... [Ele pôs a mão em sua testa.] Está quente... 

Daisy: Não se preocupe, eu— Cof Cof! [Daisy tossiu alto.] 

Damon: Você está com febre. Deixe o almoço comigo, vou te levar pra cama.

Brandt: Arrogance! 

Julie: Arrogance?

Chloe: Não... Temos que fugir!

Brandt e Arrogance: ARROGANCE FLARE! (Labareda da Arrogância)

???: Você fala demais quando está empolgado, Brandt! Melhor parar logo. [Brandt reconheceu a voz. Ele estalou os dedos e o fogo todo se extinguiu em questão de milésimos de segundo. Ele ficou mais sério. Silver, Grey e Lilith estavam na frente de Julie e Chloe que estavam ofegantes.]

Silver: Gōu! (Chuva Torrencial) 

Grey: Nitsu Handle! (Punhos do Sol) [Os golpes foram unidos na direção de Brandt que não tinha defesa.]

???: Saikuron Konran. (Ciclone do Caos) [O ciclone inibiu o ataque unido de Grey e Silver que observaram mais atentamente.]

Brandt: O que vocês querem?

???: Não é óbvio? [Meade e Arthur estavam à frente de Brandt.] Viemos lutar de seu lado. [A guerra eclodia...]

~~~x~~~

"Guerra total!! É chegado ao ápice da colisão entre os Dez Apóstolos!!"

~~~x~~~

Silver: Meade e Arthur?!

Grey: Não me diga que...

Brandt: Lutar do meu lado? Eu não pedi nada a vocês.

Meade: Se acalme um pouco, Brandt. Já dissemos antes que não vamos deixar você sozinho nessa.

Chloe: O que... Pensam que estão fazendo?

Meade: Nada demais. Afinal, você também tem seu time.

Silver: Esperem, Meade, Arthur. Não estamos aqui para lutar, estamos aqui para impedir essa luta desnecessária.

Meade: Nós também. Mas, essa é a hora perfeita...

Silver: Hã?

Meade: Por que não vemos qual de nós é o mais forte? [Meade sacou seus Fios da Redenção.] 

Silver: O que?

Lilith: Meade, você por acaso tem ideia do que está falando?

Meade: É estranho, não é? Pois bem. [Ele os lançou na direção dos cinco que desviaram.] 

Grey: Ele realmente nos atacou...

Silver: Tsc. Parece que não temos escolha... [Silver levantou a Lâmina do Oceano.] Sansei Ame! (Chuva Ácida)

Meade: Arthur...

Arthur: Não me diga o que fazer. [Arthur apenas olhou.] 

Meade: Assim você complica... [A chuva de ácidos começou a ir em direção a Meade, Brandt e Arthur.]

Arthur: Tch. [Ele pegou a Foice do Caos.] Saikuron Konran. (Ciclone do Caos) [O ciclone se formou e acabou com a Chuva Ácida de Silver.]

Silver: O que?! 

Lilith: Parem com isso!

Chloe: É inútil... Agora que eles começaram... Não vão parar até alguém desistir ou cair de vez.

Lilith: Por que Meade e Arthur estão fazendo isso?

Chloe: Eles são os melhores amigos de Brandt. Confesso que já esperava por isso... E se continuar... Os Dez Apóstolos podem deixar de existir. [Lilith arregalou os olhos. Ela ficou furiosa.] Chloe, Julie, fiquem aqui. [Ela pegou a Foice do Inferno e pulou.]

Chloe: Lilith! O que vai fazer?!

Lilith: Acabar com isso de uma vez! [Silver e Grey seguiam lutando contra Meade, Arthur e Brandt.] 

Grey: Nitsu Handle! (Punhos do Sol) [O ataque provocou uma onda de luz fortíssima.]

Meade: Tsubaki no Dance! (Dança das Camélias) [O ataque de Meade quase acertou Grey e Silver que conseguiram desviar.] Nada mal. [Em seguida Lilith apareceu no meio dos dois grupos.]

Silver: Lilith?

Lilith: Taka-En! (Chamas Polivalentes) [Várias torres de fogo saíram do chão por baixo de Meade, Brandt e Arthur. Porém os três saíram ilesos.] 

Meade: Isso não é o suficiente.

Lilith: Eu sei. [Lilith sorriu. Meade, Brandt e Arthur sentiram seus braços e pernas serem cortados de raspão. Meade e Brandt ficaram de joelhos.]

Meade: O que?

Lilith: Não há uma pessoa que não tenha caído no meu Lines of Hell. (Linhas do Inferno) Até vocês conseguiram.

Silver: Lilith é incrível...

Grey: Sim.

Brandt: Ares Flames! (Chamas de Ares) [As chamas conjuradas por Brandt queimaram as linhas de Lilith.]

Meade: Já disse que não é o suficiente! [Meade preparou-se para atacar, quando Lilith mal percebeu Arthur a sua frente. O olhar cortante de Arthur fez Lilith suar de medo.]

Silver: Isso não é bom! Lilith! [Ela não conseguia se mexer. Era a primeira vez que era encarada assim. Só a aura de Arthur era o suficiente para fazer ela ficar paralisada.] 

Eu não... Consigo me mexer... - Lilith pensou. - Arthur é tão forte assim?!

Arthur: Já cansei disso. Estão tomando meu precioso tempo a toa. [O olhar dele era será esmagador. E pela primeira vez de todas, o tom orgulhoso da voz de Arthur foi escutado. Até Chloe e Julie ficaram assustadas. Lilith conseguiu se mexer, mas era tarde.] Dai Hendō. (Cataclismo) [Silver e Grey correram. Era tarde. Todos foram engolidos pela explosão descomunal que Arthur provocou... Enquanto isso, Elaine estava no bosque de perto do Pantheon do Sol e da Lua quando sentiu o tremor.] 

Elaine: Terremoto? Melhor eu ir falar com o Grey-kun. [Ela voltou para casa mas ele não estava lá. Ela foi falar com Apolo.] 

Apolo: Grey? Ele saiu com o Silver e a Lilith. Disse que precisava se apressar.

Elaine: Grey e Lilith-chan? Pra que?

Apolo: Ele não disse. 

Elaine: Ele disse onde ia?

Apolo: Também não.

Elaine: Ok, obrigada. [Elaine saiu.] Por que estou com esse mau pressentimento...? [Na ilha a fumaça se dissipou e mostrou Arthur. E depois, Meade e Brandt.]

Brandt: Vocês vieram pra estragar minha diversão?

Meade: Foi mal... Mas pelo menos ganhamos.

Silver: Quem disse... [Os três olharam. Silver, Grey, Lilith, Julie e Chloe estavam bem.] ...que vocês ganharam? [Silver e Grey estavam um pouco feridos.]

Arthur: Oooh... Conseguiram sobreviver ao Dai Hendō à queima roupa. Nada mal.

Silver: Usei uma barreira fortificada de água no tempo exato. Não evitou 100% dos danos mas foi eficiente o bastante.

Arthur: Considerem isso como sorte... Pois não acontecerá de novo. 

Julie: Isso não vai acontecer. [Julie e Chloe se juntaram aos três.] 

Lilith: Julie, Chloe! Vocês podem lutar?

Chloe: Sim, já nos recuperamos. 

Meade: Cinco contra três... Bem injusto não acha?

Lilith: Vocês que começaram! 

Meade: Bem, é verdade... Mas não adianta nada. Já sabemos quem vai vencer e quem vai perder. [A batalha prosseguiu. As explosões foram maiores. Elaine sentiu novamente e decidiu seguir até o local dos impactos.] 

Elaine: Tomara que não seja o que estou pensando... [Ela se apressou. Na ilha, Lilith e Silver estavam batalhando contra Arthur. Meade estava contra Grey e Chloe e Julie estavam contra Brandt. Sempre eles alternavam.]

Lilith: Droga! 

Arthur: Agora vocês não vão escapar. 

Silver: Merda, Lilith! [Silver preparou o escudo, mas Arthur foi mais rápido.] 

Arthur: Dai Hendō. (Cataclismo) [Na hora que a explosão se formou...]

Julie: Rule... [Todos olharam.] Breaker. (Transgressor) [A flecha explodiu no momento exato. E o Cataclismo foi parado!] 

Lilith: Julie!

Isso! - exclamou Silver. Arthur apenas olhou. Grey fugia incansavelmente dos fios de Meade. Ele decidiu então pular e ir pra cima de frente.

Meade: Idiota... [Meade fez um movimento com os braços para dentro. Os fios vieram pelos lados, mas Grey já esperava isso. Ele girou e os socou.] Hã?

Grey: Surpreso?! [Grey veio e acertou um soco em Meade que voou e parou no chão.] Foi mal, eu realmente não queria ter que fazer isso.

Meade: Hehe. Maldito... [Meade sorriu, com a mão na bochecha direita, a que foi socada. Brandt e Chloe trocavam golpes e Julie atirou. Brandt desviou e parou. Julie e Chloe ficaram lado a lado. Brandt deu uma olhada e viu Meade caído.] 

Brand: Falou tanto pra tomar esse soco horrível... Patético. 

Meade: Fique quieto... [Meade levantou.] Estamos apenas começando.

Grey: É... Isso mesmo. 

Meade: Dansushida. (Dança da Samambaia) [Os fios que Grey havia socado e estavam praticamente inutilizados no chão, se levantaram e cercaram Grey.]

Grey: O que?!

Meade: Você é muito convencido, Grey! [Os fios enrolaram Grey, que ficou preso.] 

Grey: Merda... Gaah! [Meade apertou mais forte. Os braços e pernas de Grey começaram a sangrar.]

Silver: Tsc. Grey está perdendo... [Silver mal olhou para Grey e sentiu um calor extremo. Arthur atacou com a Foice do Caos e Silver defendeu na hora, indo para trás.]

Arthur: Preste atenção na sua batalha! [Arthur o jogou para trás. Lilith veio por trás de Arthur e tentou ataca-lo, mas ele defendeu.] 

Lilith: Mesmo no seu ponto cego?!

Arthur: Eu não tenho pontos cegos. [Arthur chutou Lilith na barriga. Ela caiu de joelhos.]

Silver: Lilith! [Elaine havia chegado e de longe viu o que estava acontecendo.]

Elaine: Não acredito... Eles estão realmente... [Elaine pensou e decidiu o que ia fazer.] Preciso avisar o Damon, e rápido! [Ela começou a correr até a casa de Damon. Arthur foi finalizar Lilith, mas Silver não deixou. Ele foi pra trás e parou.] 

Arthur: Você é chato...

Silver: Desculpe por isso. [Lilith tossiu e se levantou.]

Lilith: Desculpe, Silver.

Silver: Não se preocupe. Arthur é muito forte, é incrível.

Lilith: Sim. Nunca imaginei que ele fosse assim... [Grey fez força e conseguiu se livrar dos fios de Meade. Os três perceberam. Grey estava ofegante.]

Grey: Consegui... [Ele colocou as mãos nos braços e nas pernas e se curou. E depois se levantou.] 

Meade: Merda... [Meade sentiu fogo vindo de seu lado, assim como Grey. Eles pularam. Julie e Chloe foram juntas. Brandt havia feito um mar de lava que inundou toda a parte que eles estavam da ilha. Ele sorria. Meade assobiou.]

Meade: Incrível. [O mar de lava começou a sumir enquanto Brandt andava em cima dela.] 

Brandt: Vou torrar vocês seu merdas. [O mar de lava se foi. Brandt então fechou os olhos. Ele abriu os olhos rapidamente e foi rapidamente para as costas de Chloe.]

Que rápido! - Silver pensou. Brandt atacou e Chloe caiu. Meade observou bem. Brandt atacou de novo e Julie tirou Chloe dali. Mas Brandt não parava.

Meade: Já chegou a isso... Ele está fora de controle. [Arthur, Silver, Grey e Lilith apenas olharam.]

Silver: Tenho um mal pressentimento. Temos que para-lo agora!

Meade: Acho que sim... [Brandt seguiu atacando Chloe e Julie que desviavam repetidamente.]

Chloe: Droga! Harmony, vamos usar!

Sim! - Harmony disse. Chloe preparou a Lança do Destino. Mas Brandt foi mais rápido e apareceu nas suas costas.

Julie: Chloe-neesama! 

O que?! - Chloe disse.

Brandt: Morra. 

Brandt cortou Chloe de cima para baixo com seu Machado do Holocausto. Todos ficaram surpreendidos. Julie ficou desesperada. Chloe, quase que sem luz nos olhos caiu lentamente no chão. Julie tentou correr, mas Brand cortou Chloe de novo. Ele sorria. Chloe caiu, desacordada. Uma poça de sangue se formou no chão. Brandt riu e levantou o Machado do Holocausto novamente. Tudo ficou em silêncio. Julie corria sem parar, já com lágrimas nos olhos. Pela primeira vez, Julie parecia demonstrar emoções. Silver e os outros pularam e impediram Brandt que foi para trás. Julie pegou Chloe no colo. Ela estava gélida.

Julie: Chloe-neesama... [Chloe abriu o olho esquerdo com fraqueza.]

Chloe: Ju...lie... [Ela então fechlu os olhos. Sua mão pendeu para o chão. Julie se desesperou.]

Julie: Chloe-neesama! CHLOE-NEESAMA! AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!! [Damon ouviu a porta e a abriu. Elaine estava ofegante.]

Damon: Elaine? O que hou—

Elaine: Damon! Eles estão lutando!

Damon: O que...

Elaine: Você tem que para-los, antes que algo aconte— [Um brilho branco foi visto de longe. Ele atravessou o céu, de baixo para cima.] 

Damon: O que é isso?! [Daisy, deitada, olhava para a luz.] 

Daisy: Julie... Chan? 

Julie: HAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHH!!!!!!!!!!! [O poder era imenso. Brandt sorriu mais ainda.]

Brandt: Isso! Isso! FINALMENTE IREI ME DIVERT— [Um tiro na velocidade da luz fez Brandt voar e só parar quando bateu na parede e a afundou.] O que?!

Julie: EU VOU TE MATAR! [Julie andou até a frente de todos.] BRANDT! [Julie estava furiosa... Sua sede de sangue era insaciável...]

"O rugido da Melancolia se choca contra a perigosa Arrogância!! E agora o poder escondido de Julie é liberado!!"


Notas Finais


Continua no capítulo 54 - "Sentimentos"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...