História Epopéia do Fim - Capítulo 74


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Tags Ação, Aventura, Deuses, Epopeia, Fantasia, Fim, Grega, Luta, Magia, Mitologia, Violencia
Exibições 14
Palavras 1.584
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Romance e Novela, Shounen, Suspense, Violência
Avisos: Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Boa leitura e espero que gostem!!

Capítulo 74 - A Caixa de Pandora


Fanfic / Fanfiction Epopéia do Fim - Capítulo 74 - A Caixa de Pandora

"A pergunta que começa a abalar o mundo... Esse é o presságio da tragédia...?"

Damon: ...vocês teriam coragem de matar os próprios pais?

Grey: O que você tá falando, Damon?!

Silver: Pirou, cara?

Damon: Respondam a pergunta.

Meade: Por que só nós? Por que também não fez essa pergunta pra Elaine, Arthur, Julie e Chloe?

Damon: Vou falar o porque... Se algo como uma guerra entre nós ocorrer, é pouco provável que Afrodite-san, Ártemis e Atena fiquem contra nós. Afinal elas não são levadas pela lábia de Zeus.

Elaine: Sim...

Grey: Elaine?!

Elaine: Nisso ele está certo, Grey-kun.

Damon: Poseidon. Hades. Dionísio. Apolo. Ares. É difícil ver uma posição para Ares e Hades do lado de Zeus, mas com certeza ele os convenceria a lutar de seu lado.

Lilith: Damon...

Brandt: Tsc.

Damon: E ainda temos Hermes e Deméter. Além de outros.

Silver: Espera aí. Como você já sai falando que vamos lutar e—

Damon: Você esqueceu do que Cloto falou, Silver?

Silver: Hã?

Damon: Não há como evitar o que está por vir. E eu não consigo outra coisa além disso.

Brandt: Então me responde, Damon. Você teria coragem pra matar o seu pai?! [Damon ficou em silêncio por um momento.]

Damon: Sim, teria. [Todos arregalaram os olhos.]

Daisy: Onii-chan...

Damon: Pra mim já chega, Brandt. Não vou ficar mais obedecendo Zeus. Meu pai ou não, eu não teria nenhum remorso em mata-lo.

Brandt: Você...

Damon: Estou cansado. Primeiro mentir sobre TUDO. Nos forçar a ir atrás das Irmãs do Destino falando uma mentira. Quase morremos várias vezes por causa daquela missão inútil. [Todos ficaram em silêncio e só ouviam.] Depois, ele foi o responsável por Brandt, Chloe e Julie lutarem entre si. O que depois acarretou a luta entre todos. Os resultados? Chloe quase morreu. Julie ficou desesperada. Brandt perdeu o controle facilmente. Daisy teve que parar a gente com febre altíssima.

Daisy: Onii-chan...

Damon: E agora... Forçar uma garota que não tem nada a ver com o que está havendo aqui... A usar nossas personificações, por mais que elas nunca estivessem contra nós, para nos MATAR?!

Angel: Darling...

Damon: Agora eu pergunto a vocês. Se seus pais realmente se importassem com vocês como vocês acham... Não acha que eles teriam tentado impedir Zeus de ordenar isso? [Todos ficaram assustados...] Esqueçam isso... Apenas estejam preparados para o pior no futuro...

Lilith: Damon...

Damon: Vamos pra casa. Precisamos dormir e descansar... Mas. Pensem bem sobre tudo o que eu disse. Sei que pode ser exagerado e eu posso estar errado. Mas como amigo de vocês, eu preciso que vocês confiem em mim, assim como confio em vocês. [Ninguém pôde expressar uma palavra por quase um minuto.]

Grey: Nós também confiamos em você, idiota.

Silver: Achou que esse papo ia abalar a gente? Estaremos juntos pro que der e vier, não é mesmo?

Meade: Independente de se forem nossos pais, Deuses ou sei lá das quantas. Ninguém vai abandonar ninguém aqui. Lutaremos juntos até o fim, não importa contra quem seja.

Damon: Vocês... [Damon sorriu.] Sim. Obrigado.

~~~x~~~

{Casa de Damon e Daisy: 15h32}

Daisy: Oniiii-chaan! O almoço está pronto! [Após alguns segundos, Damon apareceu, ainda com sono.]

Damon: O que? Que horas são?

Daisy: Já é tarde. [Ela riu.]

Damon: Ainda tenho que ir na casa do Arthur. Aaaah, que sono.

Daisy: Eles disseram que você podia ir lá hoje.

Damon: É, eu sei.

Daisy: Então, vamos almoçar para irmos lá logo.

Damon: O que? Você vai junto?

Daisy: Claro que sim. Eu não fiz quase nada na batalha contra as Personificações.

Damon: Quase nada? Você não treinou com a Faith.

Daisy: Sim. Mas eu queria ajudar em algo.

Damon: Se foi pro seu bem, então que seja.

Daisy: Aaaaan. Você é muito ruim. Bakaonii-chan.

Damon: Urr... Sou mesmo?

Daisy: O que? Se sentiu mal?

Damon: N-Não, claro que não.

???: Você ama mesmo sua irmã, não é? [Lilith entrou na casa.]

Damon: O que tá fazendo aqui?

Lilith: O que mais, oras? Eu vou com vocês.

Damon: Hã?

???: Daaaaaaarliiiiiiiiiing!!! [Angel de repente pulou por cima de Lilith.]

Damon: O que?! [Ela abraçou Damon e os dois caíram no chão.] Angel?!

Angel: Eu estava com saudades!

Damon: Mas não faz nem dez horas que nos vimos!

Lilith: Angel! Eu falei pra você ficar em casa!

Angel: Aaaah, você é muito chata.

Lilith: O que?!

Angel: Não tem nada pra fazer lá. Então decidi te seguir. [Ela sorria.] E foi bom. Agora eu sei onde o Darling mora. Posso vir visitar ele todos os d— [Lilith deu uma porrada em Angel.]

Lilith: Não vai rolar.

Damon: Err... Então. Eu posso almoçar agora? [Uma hora depois, Damon, Lilith, Daisy e Angel foram na casa de Arthur.]

Arthur: Bem vindos.

Damon: Yo. [Os quatro entraram. Era enorme.]

Daisy: Uaaaaaah.

Damon: É enorme aqui dentro.

Afrodite: Vocês vieram, garotos. Me sigam. Vamos pra ferraria.

Damon: Tem uma ferraria aqui?!

Arthur: Ele é o Deus Ferreiro afinal.

Damon: Ah sim. Acho que de todos os meus irmãos, ele é um dos poucos que eu nunca vi.

Afrodite: Então vamos. [Todos foram até a ferraria, abaixo da casa.] Querido? Eles chegaram.

???: Eles?

Afrodite: Sim. Os amigos de Arthur que eu disse que viriam.

???: Ah sim. Perdoem meus modos. Sejam bem vindos.

{Hefesto: Deus Ferreiro - Idade: ???}

Damon: Hehe. É a primeira vez que nos vemos não é?

Hefesto: Você é... Damon? Oh, quanto tempo!

Damon: Já nos vimos antes?

Hefesto: Quando você era um bebezinho.

Damon: Aaaah.

Hefesto: Creio que essa de cabelo vermelho seja a Lilith.

Lilith: Sim.

Hefesto: E quem são essas duas?

Daisy: Eu sou Daisy. Sou irmã mais nova do Damon.

Hefesto: Irmã mais nova?! Zeus teve outra filha e eu não sabia?!

Afrodite: Ahaha.

Hefesto: Você é linda. Damon teve sorte de ter uma irmãzinha assim.

Daisy: Ah, e-eu...

Hefesto: Não fique nervosa. E quem é essa garota?

Angel: Me chamo Angel. [O silêncio ficou por um tempo.]

Hefesto: Só isso?

Damon: Aaaaah, é uma longa história.

Hefesto: Você é filha de qual Deus?

Damon: Ah é! Eu queria te perguntar isso, mas esqueci.

Angel: Hmmm. Não sei se ela é uma Deusa... Mas o nome da minha mãe é Urânia. [Ela sorriu. Todos ficaram sem palavras.]

Damon, Daisy e Lilith: O QUEEEEEE?

Damon: Urânia?! Aquela Urânia?! [Damon lembrou dela. Uma das Musas. A que "liberou" as Armas Divinas dos Dez Apóstolos.]

Lilith: Você é filha de uma das Musas?

Angel: Acho que sim. Faz tempo que não vejo ela.

Damon: Quando foi?!

Angel: Acho que foi... Há dois dias.

Damon: ESSA SUA SÍNDROME DE TEMPO ME DÁ MEDO!

Lilith: Quem diria...

Hefesto: Bom, então... O que vieram fazer aqui ao certo?

Damon: Ah. Viemos só pra saber sobre a Caixa de Pandora.

Hefesto: Hm...

Damon: Bem, Afrodite-san disse que você sabia sobre ela. Então viemos.

Hefesto: É claro que sei sobre ela. Pois fui eu que a forjei.

Damon: Sabemos disso.

Hefesto: Por falar nisso. Suas Armas Divinas, também foram forjadas por mim. [Eles ficaram impressionados.]

Damon: Sério?

Hefesto: É claro. Ninguém mais poderia fazer isso a não ser os ciclopes que ajudaram Zeus na Titanomaquia. Mas eles foram mortos pelo mesmo...

Damon: Sempre fazendo o que quer... Tsc.

Hefesto: Parece que esse sentimento de raiva chegou a você bem antes do esperado.

Damon: É claro. Tudo que ele fez até aqui foi o que fez esse sentimento chegar até mim.

Hefesto: Entendo... Isso iria acontecer um dia. Zeus está pior que antes. Quando ele ganhou a Titanomaquia, e eu nasci. Vocês querem saber sobre a Caixa por qual motivo?

Damon: Uma das Irmãs do Destino disse que ela será o artefato que mudará o futuro. Por isso queremos saber sobre ela.

Hefesto: Hmm... Que enigma... Bom, então vou dizer. Sobre a Caixa...

~~~x~~~

"Tudo começou após o fim da Titanomaquia. Após isso eu nasci. E então, Zeus viu que o resultado da batalha sangrenta foi a criação dos Males... Os Males são tudo que há de mal nesse mundo. Medo. Terror. Ganância. Arrogância. Tudo. Não são iguais as Personificações. Os Males são o mal puro. Zeus então, teve que achar um lugar para trancar esses Males e exila-lo do Olimpo. E então, eu entrei em cena. Eu forjei uma caixa que guardaria todos os Males para sempre. A Caixa de Pandora. Porém a caixa precisava de uma chave. E então, eu criei ela... Pandora. Para dar vida a ela eu coloquei uma Personificação dentro dela..."

~~~x~~~

Damon: Uma Personificação?! Qual?

Hefesto: Infelizmente, não sei qual era. Ela apenas ficou em Pandora. Ela teve vida. A tratamos como uma filha. Mas então... Zeus fez aquilo.

Damon: Aquilo?

Hefesto: Sim... Zeus tirou Pandora de mim.

Damon: O que?! Por que?!

Hefesto: Ele nunca explicou... Desde então, nunca mais vi Pandora...

Damon: Isso é—

Hefesto: Damon. Eu te peço. Salve Pandora! Ela é como uma filha pra mim!

Damon: Hefesto... Okay. Não se preocupe. Eu vou acabar com toda essa palhaçada de uma vez por todas. E vou salvar sua filha.

Hefesto: Damon...

???: Creio que isso seja improvável. [Todos olharam para trás. Atena estava ali.]

Damon: Atena? [O sorriso dela era ameaçador.]

Sua aura está diferente... O que é isso? - Afrodite pensou. Depois, passos foram escutados. Alguém estava descendo.

Afrodite: Quem está vindo? [A silhueta apareceu. Damon arregalou os olhos.]

Damon: Você... [Sua expressão ficou furiosa.] Zeus! [Zeus estava ali. Com Atena. Afinal o que significava isso?]

Zeus: Olá, meu filho.

"Um olhar cortante... O prelúdio do conflito inevitável..."


Notas Finais


Continua no capítulo 75 - "O Torneio dos Deuses"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...