História E.P.P: Escola para putos - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Red Velvet, TWICE
Personagens Baekhyun, Chaeyoung, Chanyeol, Chen, D.O, Dahyun, Irene, Jennie, Jihyo, Jimin, Jisoo, Joy, Jungkook, Kai, Lay, Lisa, Mina, Momo, Nayeon, Rap Monster, Sana, Sehun, Seulgi, Suga, Suho, Tzuyu, Wendy, Xiumin, Yeri
Visualizações 12
Palavras 1.737
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cheguei 💞

Espero que gostem do capítulo, não sei se ficou muito grande ou pequeno...
Mas tá né ❣

Boa Leitura 💜

Capítulo 34 - Capítulos finais: Dias bons ou dias ruins?


Fanfic / Fanfiction E.P.P: Escola para putos - Capítulo 34 - Capítulos finais: Dias bons ou dias ruins?

Mais um dia, acordo pra ir pra escola, pode parecer um pesadelo pra mim, mas pelo menos esses dias valerão a pena. Faço minha rotina como sempre, e lá vou eu pra mais um dia de aula.

Chego na escola bem empolgada, pela minha surpresa vejo todos com seus trabalhos na mão, pelo jeito só falta eu e a Sana pra entregar nossa maquete, em pensar que isso era pra entregar hoje, mas na verdade é pra amanhã. Vejo a Chaeyoung e a Nayeon e vou falar com elas:

Tzuyu - Olá - acenei sorrindente - Gente! Como ficou lindo, o trabalho de vocês.

Nayeon - Claro né, eu que dei a ideia - falou toda orgulhosa.

Chaeyoung - Grande coisa, eu fiz quase tudo sozinha!

Nayeon - Não reclama que eu ajudei também!

Tzuyu - Calma gente, não precisam brigar, o importante é que vocês conseguiram fazer.

Chaeyoung - Que bom né, e você?

Tzuyu - Eu o que?

Chaeyoung - Cadê o seu trabalho?

Tzuyu - Eu e a Sana não começamos a fazer ainda!

Nayeon - Você sabe que é até amanhã né?

Tzuyu - Sim! Não se preocupem vai dar tempo.

Chaeyoung - Então tá né, espero que dê mesmo!

O sinal bateu e fomos pra sala de aula. Foi   uma aula normal, lição, lição, e mais lição, e os professores tão nem aí, quem tem que passar é nós mesmo. O Diretor passa na nossa sala e nos lembra do Halloween, que será amanhã. Me animei toda, tô muito mais a fim de fazer travessuras do que, sair por aí pedindo doces.

O tempo ia passando, e o recleio acabou chegando. Saí com minhas amigas e sentamos numa mesa, fiquei observando o que aquelas pessoas faziam no intervalo, e acabo vendo o meu Xiumin discutindo com o JungKook, ao ver isso saido dessa mesa e vou ver o que está acontecendo.

Tzuyu - Xiumin por que você está brigando com ele - abracei um do seus braços e encarei o JungKook.

Xiumin - Ele tá te xingando!

Tzuyu - Como é? Tá achando que sou suas piranhas pra você ficar me xingando?

Jungkook - Não disfalo nada o que falei, você é uma...

Xiumin - Uma o que? Vamos agora fala! -- ficou frente a frente com ele.

Jungkook - Não vou perde meu tempo com vocês, da licença - se virou e se retirou.

Xiumin pegou no braço dele e não deixou ele ir.

Xiumin - Onde você pensa que vai?

Tzuyu - Xiumin não precisa fazer isso!

Xiumin - Você não tava aqui pra saber o que ele falou de você!

Tzuyu - Foda-se, o que ele falou não significa  quem eu sou.

Xiumin - Eu sei, mas...sou teu namorado e não vou permitir que alguém xingue minha namorada.

Tzuyu - Ownt que fofo, nem parece você!

Jungkook - Aff - revirou os olhos.

Chanyeol - Posso saber o que tá acontecendo aqui.

O diretor aparece entre nós.

Chanyeol - Qual é o motivo da confusão?

Xiumin - Ele tava xingando minha namorada!

Chanyeol - Por que tava xingando ela?

Jungkook - Não é da sua conta!

Chanyeol - Nem da sua também! Como se você tivesse direito de ficar xingando as namoradas dos outros né! Só porque você não tem uma, não significa que pode sair falando mal da Tzuyu! De vez fazer isso porque não cuida da sua vida, porque o fim do ano tá aí, e suponhamos que você não vai querer repetir por falta né? 

Tzuyu - Toma - falei em meu pensamento. 

Chanyeol - Já vou indo, espero que não tenha que voltar aqui. Tchau Tzuyu!

Tzuyu - Tchau - sorri.

Xiumin - Pronto Tzuyu, quero ver ele falar de você denovo, da próxima vez ele não escapa!

Saímos dali, e pedi pro Xiumin dizer tudo o que o JungKook falou. Fico brava ao ouvir tudo o que ele me disse, mas eu não vou dar bola pra isso, ele não é a primeira pessoa que não gosta de mim.


Quebra de tempo

Estava indo na casa da Sana, já as nove horas da noite, como nós sabíamos que ia demorar pra acabar esse trabalho, ela acabou falando pra mim dormir na casa dela, pra irmos pra escola juntas. 

Chego na casa dela, e sem enrolação já começamos a fazer a maquete, separamos por parte cada coisa que íamos fazer, mas do nada algo inesperado acontece, a base da nossa maquete quebrou ao eu deixar cair no chão. Sana ficou brava comigo, pois não íamos conseguir comprar outro suporte, porque as lojas já estão fechadas neste horário. Não tinha outro jeito se não colar o que quebrou, o grande problema é se a professora vai aceitar, já que ela disse que não queria rasuras. Tentamos caprichar e deixar aquilo bonito o mais possível, mais perfeito do que já tava não podia ficar. Terminamos nosso trabalho às três horas da madrugada, sem energia pra nós ficarmos acordadas acabamos dormindo.

Quando já amanhece, já me arrumo pra ir pra escola, faço o que tenho que fazer e espero a Sana pra irmos para a escola. A menina demorou um pouco, e ainda quase deixou nosso trabalho cair no chão, tô sentindo que isso ainda não vai acabar bem.

No caminho pra escola, enquanto a gente conversa, vejo o Suga vindo em nossa direção, pucho a Sana e vou com ela pra outra calsada pra não ter que passar por ele, mas parece que não adiantou, parecia que ele queria falar com nós, e veio atrás de nós duas. Sana inconformada já reclama:

Sana - O que esse menino quê?

Tzuyu - Não sei, mas não dá atenção!

Sana - Se ele não falar com nós tudo bem!

Continuamos andando, e ele começou a nos seguir, eu não aguentei e fui falar com ele.

Tzuyu - Não tem mais nada pra fazer não?

Suga - Não! Olha - olhou pro nosso trabalho - que lindo posso ver - começou a cutucar nossa maquete.

Tzuyu - Para, você vai estragar nosso trabalho.

Suga - Calma só tô vendo - persistiu.

Sana - Pra você ver não precisa colocar a mão!

Suga - Ah sério, eu não vou quebrar - falou afeminado.

Tzuyu - Nos deixa em paz menino insuportável!

Suga - Não dá, eu te avisei!

Tzuyu - Até hoje tô esperando, fala é fácil né, já faz muito tempo que você disse que ia se vingar de mim e até agora nada!

Suga - Ah é - pegou a maquete da mão da Sana e pisou em cima.

Tzuyu - Seu desgraçado, cretino, não acredito que você fez isso - comecei a dar piti.

Suga - Opa! Desculpa - deu risada.

Sana - Ficamos quase a madrugada inteira fazendo isso, e você quebra? Tá pensando que é quem?

Suga - Culpa sua amiguinha aí! - passou por nós dando risada.

Tzuyu - Sana me segura se não vou bater nesse menino!

Sana - Não, deixe queto! Temos outra coisa pra nós se preocupar, olha o que ele fez - pegou o que sobrou do nosso trabalho - vamos ficar com zero!

Tzuyu - A professora não vai aceitar isso, e agora? O que vamos fazer?

Sana - Vamos tentar convencer ela a deixar nós entregar outro dia!

Tzuyu - Você não entendi? Ela não vai deixa! - comecei a me desesperar.

Sana - Calma, vamos pra escola, lá a gente fala com a professora, tá bom?

Tzuyu - Tá, pode ser!

Pegamos o que sobrou daquela maquete e jogamos no lixo. Por fim acabamos chegando atrasadas na escola, e tivemos que ficar pra fora da sala, até a troca de aula. Após a troca, entramos na sala nervosas, até que a professora chega, olho pra Sana desesperada e escondo minha cara atrás da bolsa.

A professora começou a fazer a chamada, após isso começou a chamar os nomes dos alunos que não tinham entregado as maquete ainda, até que ela chama meu nome é o da Sana, como não queria tá aqui agora.

Professora - Sana e Tzuyu, cadê o trabalho de vocês?

Ignorei a pergunta dela por um tempo, mas depois respondi.

Tzuyu - Então...um menino quebrou nosso trabalho!

Professora - Parem de inventar descupa! Vocês duas tiveram muito tempo pra fazer isso, acha que eu vou acreditar nessa mentira? Claro que não!

Sana - Não estamos mentindo, por favor acredite em nós!

Professora - Não! Estão com zero as duas!

Tzuyu - O que? Tá zuado com comigo né? Acha que eu perdi meu tempo fazendo isso pra ficar com zero? Mas nem pensar, quero que você nos de outra chance!

Professora - Eu já falei que não Tzuyu, pare se não vou te dar ocorrência!

Tzuyu - Eu não fiz nada! Que loca.

Professora - O que você falou? - me encarou.

Tzuyu - Nada não, tava falando com a Sana.

Professora - Acho bom mesmo!

Tzuyu - Sana faz alguma coisa não fica queta!

Sana - Fazer o que? Quer que eu comece um protesto aqui? A gente tentou.

Tzuyu - Não, nem pense em desistir! Depois eu vou falar com o Chanyeol!

Sana - Com o diretor? Por que?

Tzuyu - Só espere!

Ficamos fazendo lição e conversando até o recleio chegar. Saímos da sala quando o sinal bateu, e fomos direto pra diretoria, fiquei batendo aquela porta até o Chanyeol abrir. Até que ele abre.

Chanyeol - Quem é que tá batendo nessa porra de porta? Tzuyu? Oh, descupa, é que eu estava ocupado. Querem falar comigo, podem entrar - sorriu envergonhado.

Sana - Quanta violência - deu risada.

Todos sentamos, e comecei a falar o que o Suga tinha feito com nosso trabalho, e que a professora não tinha acreditado em nós, e nos deixou com zero. Chanyeol deu risada e disse que não poderia fazer nada, continue insistindo, até que ele disse que ia tentar conversar com nossa professora e ver o que ele poderia fazer. Eu ainda não fiquei satisfeita, pois ele parecia que não ia fazer nada e reclamei:

Tzuyu - Sério? Só isso? Não tô vendo que você tá interessado a nos ajudar!

Chanyeol - O que você quer que fassa? Eu sou apenas um diretor não faço milagres! Pra você não ficar tão brava no Halloween não vou deixar o Suga entrar, tá bom pra você agora?

Tzuyu - Não sei! Mas já é aceitável!

Chanyeol - Era só isso então?

Tzuyu - Sim, obrigada pela atenção!

Chanyeol - Magina, voltem sempre, ou não, assim não vou ter problemas pra resolver - deu risada.

Tzuyu - Tá, pode deixar.

Sana - É...mas ninguém garanti nada - rimos juntos e ficamos sérios.

Tzuyu - É melhor a gente já ir né Sana?

Sana - É mesmo, tchau Chanyeol até uma próxima!

Chanyeol - Até, tchau.

Saímos da sala dele o fomos aproveitar o resto do recleio. O diretor pode até não ter feito muita coisa, mas pelo menos não vou ter que olhar na cara de alguém no Halloween...


Continua...


Notas Finais


Obrigado pela leitura 💗

Espero realmente que tenham gostado.
Erros me desculpem...

Não sei se estou desandado nos capítulos, qualquer coisa me avisem ❣

Haverá apenas mais dois capítulos, o próximo será o penúltimo ( T.T )

Bom foi isso...
Até o próximo capítulo então 💗


Xoxo 💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...