História Era apenas uma amizade! (Baixathentic) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Visualizações 96
Palavras 636
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eae...
Bom...
Desculpa...
Eu não...
Ah Mano..
Sério eu n queria..
Perdão...
Boa leitura :/

Capítulo 7 - Foi minha culpa?!


P.O.V AUTORA

Cauê começa a gritar como louco e o zelador acaba escutando os gritos do branquinho, abre a porta e Cauê sem dar satisfação nenhuma, sai correndo..

A mãe dele estava o esperando lá fora..

Não avisa ninguém lá, todos ja aviam ido..

Cauê vê sua mãe, a mesma preocupada vai em direção a seu filho.. Que é ignorada..

 Cauê passa direto, sem dar explicação, passa correndo..

A mãe dele abaixa a cabeça e vai andando até casa...

Ela já avia sofrido muito! 18 anos com um filho que só a maltratava.. Já chegou a bate-la..

Chegando em casa, Cauê já tinha sd trancado no quarto..

Dona Isabel estava sozinha, sentou no sofá e ligou sua TV..

Começou a lembrar de tudo que já avia sofrido..

Pegou seu caderno com uma canetinha..

Começou a escrever algumas coisas, logo depois foi fazer a comida..

Ela iria fazer a comida preferida do seu filho..Pizza...

[Quebra de tempo; 35 mn depois]

Ela acaba de tirar do forno, estava um cheiro ótimo!

Ela resolve guardar na geladeira, sai para comprar guarana..

....

Chegando em casa, foi fazer outros tipos de comidas, as que alimentariam o resto da noite...

Enquanto isso, Cauê estava no quanto falando com a moon..

Tratando sobre assuntos da escola e etc..

....

Alguns minutos depois, Dona Isabel Chama Cauê para comer..

Cauê sai do quanto como sempre, desanimado e com cara feia..

Eles comem, Cauê volta pro quarto, é sua mãe fica sozinha novamente...

....

Depois de um tempo o pai de Cauê chega do trabalho..Cansado e com fome.. Toma banho, come e se deita.. Isabel se deita com ele.. Cauê adormece tbm..

No dia seguinte, Cauê acorda com um bilhete ao seu lado..

P.O.V CAUÊ BUENO..

-Ue, oq é isso?_ Fala Cauê com voz de sono..

- De sua mãe, como assim?

Cauê ignora o papel, o joga num canto e vai fazer suas necessdades..

Procura sua mãe, mais n a encontra..

-Ah, ela deve ter saído.._Fala Cauê andando para seu quanto nova me te sem comer nada..

Cauê joga, toma banho e se arruma para escola..

Nada de sua mãe chegar..

Ele acaba n ligando e indo pra escola mesmo assim..

Pega uma maçã e sai andando..

[Quebra de tempo; depois da escola..]

Cauê chega em casa e se surpreende, sua mãe ainda n avia chegado..

Ele vai até o quanto e vê aquele bilhete no chão..

Ele resolve finalmente ler..

"Oi filho, provavelmente você não vai ver isso...Ou ao menos se emportar.. Eu agr estou em um lugar melhor onde não averá dor e sofrimento...Eu vou pq eu já sofri de mais e não aguento esse seu jeito comigo.. Lembra da vez que vc me bateu? Pq eu não deixei vc beber? Lembra de quando vc me chamou de puta por ter apenas não deixado vc sair de casa? Entre outras coisas..Eu te amei e te perdoei! Vc mesmo sendo assim, é o meu bem mais precioso! A joia mais linda! A flor Maia bela do meu jardim, que infelizmente me machucou e me fez partir..

Sabe filho..Eu nunca pude te dar um abraço...Nem carinho..Espero que um dia vc possa encontrar alguém que possa te mudar, que possa fazer de você uma pessoa melhor! Tenta não ser assim, tão rude e grosso com todos..Vc vai ver como tudo vai melhorar!

Você não necessita de dinheiro e reconhecimento pra ser feliz Cauê, só o amor e um abraço pode fazer de uma pessoa única e especial!

Você merece ser liberto desse desejo que vc tem, de querer tudo pra vc do jeito mais difícil e doloroso..

Pra vc agr não, mais depois vai te machucar tanto..

Muda Cauê, volta a ser o menininho carinhoso de antes. O chodô de toda família!

Vc é lindo e merece uma vida melhor..

Te amo meu filho, é sempre se lembre..Eu sempre lutei pelo teu bem!

Bjs de sua mãe ♡"

Cauê sem perceber deixa sair uma lágrima, que é enchugada logo em seguida.. Ele n aguenta e desaba em meios aos travesseiros..

Cauê agr estava sozinho, sem ninguém pra o acordar e desejar bom dia toda manhã..


Continua...



Notas Finais


Sério, desculpa msm..
Eu n queria matar a mãe do Cauê..
Mais..Mesmo assim espero que tenham gostado.. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...