História .Era para ser só um encontro - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster
Tags Bts, Jin, Kim, Kpop, Namjin, Namjoon, Por Lugares Incriveis, Rap Monster, Romance, Seokjin, Shipp, Yaoi
Visualizações 28
Palavras 648
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Festa, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLAAAAA
Tudo bom?? 🌱
Eu trouxe a 2ª oneshot de hoje
Mds é muita oneshot pra mim
Enfim
É um namjin bem fluffy, então se quer ver gente morta, leia as minhas outras oneshots que você acha <3
Hehehdheee
Boa leitura 🌱🌱🌱🌱

Capítulo 1 - .Por lugares inesquecíveis


Fanfic / Fanfiction .Era para ser só um encontro - Capítulo 1 - .Por lugares inesquecíveis



Era para ser só um encontro, dois amigos nossos nos forçaram a nos encontrarmos. Mas já estamos no nonagésimo. Ou melhor, já saímos mais de cem vezes, não estamos no nonagésimo. E eu me lembro que em cada lugar que você me levou, eu amei. 

Eu me lembro vagamente da vez que me disse "Vamos ver a lua na praia?" e nós fomos. Ao chegar a maré estava alta e um luau maravilhoso estava sendo feito. E o melhor de tudo é que você nem se quer fazia ideia desse lual.

Me lembro de quando entramos num prédio que não conhecíamos só para vermos o céu estrelado a noite.

Também tenho a vaga lembrança de quando menti a minha idade para o segurança de uma festa e depois descobriram que eu tinha dezessete e meio, não dezenove.

Entretanto, nós já tivemos brigas sérias, como "Jin, você não presta, seu gordo, só come" e eu rebatia com um "Namjoon, a culpa não é minha se eu tô em fase de crescimento!" e nós ficávamos um com raiva do outro. Nunca vou me esquecer disso.

Ah... O jeito que você me abraçou por trás quando nós estávamos em pé olhando para o mar escuro durante a noite, por volta das 23:00, e eu sorri discretamente. Então você me viu sorrir e me sorriu de volta. 

Você me levava a lugares que violavam a minha reputação fortemente. Boates, bares, casas noturnas; só nunca me levou para perto de mulheres(Namjoon sempre teve medo de eu trocá-lo).

Os seus braços se encaixavam na curvatura da minha cintura perfeitamente. E na noite em que nós dois fomos para um restaurante e a luz tinha acabado, eu pude perceber que não só o nosso corpo mas também os nossos lábios tinham uma sincronia enorme. E a cada beijo que você me dava eu me apaixonava mais por você; a cada lugar que nós dois íamos, eu ficava mais caidinho por você.

Até o dia em que você resolveu aprofundar as coisas, me levando para a sua casa. 

Então da sala de estar e um copo de água para as visitas, eu fui para as escadas num amasso com você e o copo que eu tomaria água estava em cima do balcão da cozinha. Das escadas, você subia de ré atacando os meus lábios até o seu quarto, onde você me jogou na sua cama e sorriu olhando para mim.

É, Namjoon. Eu não me arrependo de ter ido a lugar algum com você. Cada lugar me proporciona alguma lembrança; e devo dizer que são sempre das melhores possíveis. 

Lembro também de quando você resolveu aprofundar tudo, mais do que tudo mesmo.

"Eu não consigo resistir a você, hyung. Nós dois nos damos tão bem, opiniões iguais, interesses parecidos... Eu amo você, Jin. Você gostaria de namorar comigo?"

"É claro!!"

E nós fomos para outro lugar, para não nos esquecermos desse pedido de namoro.

Mas, hoje, eu sinto como se fosse diferente. Você vestiu um terno preto e não me deixou olhar sua carteira nem os bolsos da sua calça.

— Vamos, meu amor? - você sorriu para mim, deixando o quarto mais iluminado.

— Joonie, finalmente veio falar comigo. - então eu te abracei orgulhoso

— Ah, amor. Tive de resolver algumas coisas. - seus braços se entrelaçaram na minha cintura e eu entrelacei os meus no seu pescoço. Ao fechar meus olhos, senti você selar meus lábios, experiente. Nos separamos e eu o olhei sorrindo

— Por que está tão feliz? - notei seu sorriso enorme

— Por nada. No restaurabte você saberá, hyung. Vamos? - sorriu para mim. Como resistir ao sorriso e as carícias de Kim Namjoon?









Hyung, eu não resisto a você e ao seu sorriso, suas piadas, seus abraços e seus beijos, seus dedos tortos e seus olhos. Seu cabelo que está sempre muito bem penteado e as suas roupas sempre limpas e passadas. Você é extremamente apaixonante pra mim. Aceita... Você gostaria se casar comigo? 




Notas Finais


AAAAAAAAAAAIII
NAMJIN É LINDO
Espero que tenham gostado, bebês <3
Não me dêem vácuo nos comentários, eu adoro saber a opinião de vocês, florzinhas 🌱🌱
Um beijo!
Desquelpem qualquer errinho~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...