História Era uma vez.... - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Madre Superiora (Fada Azul), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Personagens Originais, Peter Pan, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Roland, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Vovó (Granny), Xerife Graham Humbert (Caçador)
Tags Once Upon A Time
Exibições 40
Palavras 979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii, espero que gostem desse capítulo...
❤📖 Deixem seus favoritos e comentários🙏❤

Capítulo 10 - Constelações...


Fanfic / Fanfiction Era uma vez.... - Capítulo 10 - Constelações...

  Killian me levou até o outro lado da ilha, e estendeu um pano no chão.

Killian: agora é so esperar- falou mr olhando e sorriu.

Manuh: esperar o que gancho?- sorri de volta

Nao possou muito tempo e...

Killian: aquilo- disse apontando para o céu, que começará a ficar estrelado.- veja amor, aquelas estrelas vão nos levar para casa...

Manuh: lindo...-sorri

Killian: obrigado, eu sei que sou- falou sorrindo e erguendo a sobrancelha

Manuh: não é vc bobo, é aquilo ali- falei apontando para uma constelação

Killian: aquela é a ursa maior, umas das constelações mais bonitas que tem -ele sorriu

Manuh: e aquela?- falei mostrando outra

Killian: aquela é o arqueiro, dizem se vc seguir a ponta de sua flecha vc acha sua casa.-ele sorriu pra mim

Manuh: vamis seguir ela para voltar?- disse segurando a mão dele

Killian: sim- assim que ele falou a sombra de Pan aparece. Ele puxa uma espada e aponta pra ela- se afeste- disse me puxando para atrás dele

Manuh: cuidado - peguei correndo um pedaço de madeira que estava na fogueira e apontei para a sombra que saiu voando.

Killian: Obrigado amor, vc me salvou -disse sorrindo

Manuh: eu só pensei rápido- sorri pra ele- mas temos que sair daqui vai que ela volta...

Killian: sim, ja sei pra onde vamos- disse pegando os panos do chão- venha amor vamos

Manuh: pra onde vamos?

Killian: buscar o Jolly Roger

Manuh: vamos passar a noite em algum lugar, amanhã nós vamos

Killian: tudo bem, mas esse seu colar tem que parar de brilhar ou o Pan vai nos encontrar- disse olhando para meu colar

Manuh: nao sei pq derrepente ele começou a brilhar

EM STORYBROOKE

Cora: Me perdoa Regina- falou arrependida

Regina: Vc acha que isso tem perdão? Vc tirou minha filha de mim, e me fez esquecer dela e do Robbin...como vc pôde mãe- disse chorando

Cora: eu fiz isso pra vc virar rainha filha, pra vc ter tudo que eu não tive- falou se aproximando de Regina

Regina: nao chega perto de mim, tudo que eu queria era um final feliz e vc tirou isso de mim, agora minha filha esta por aí e eu nem ao menos me lembro do rostinho dela- disse ainda chorando e se sentou.- devolve minha memória mãe, preciso que me devolva.

Cora: Eu não posso... So um beijo de amor verdadeiro fará isso

Regina: oh mais é claro, e como vou beijar o homem que eu amo se nem ao menos me lembro dele?

Cora: filha eu sinto muito- Cora estava de costas na frente de um espelho encantado

Regina: nao sinta- disse empurrando a mae para dentro do espelho.

Regina foi ate a lanchonete da vovó, abalada, e viu Robbin lá, ela foi ate a mesa que ele estava

Robbin: Regina vc se lembrou?- disse todo feliz e se levantou

Regina: Não, mas vc estava certo tenho uma, na verdade temos um filha- disse o abraçando- me desculpe, me conte como ela é, e o nome dela... Minha mãe tirou minhas memorias sobre ela e sobre vc

Robbin: ela é linda assim como vc, tem seus olhos, e se chama Manuela...- disse sorrindo e triste ao mesmo tempo

Regina: como vamos acha-la?- falou quase chorando

Robbin: eu dei um colar à ela assim que ela nasceu e antes de sua mae a pegar, o colar é encantado, peguei com o Rumplestilstkin- Regina o interrompe

Regina: Pegou com o Gold? Como assim encantado

Robbin: sim... Ele o enfeitiçou para nos encontrar, ele irá trazer ela até nós

Regina: quando??

Robbin: quando a salvadora chegar na cidade

Regina: a salvadora, ela terá que quebrar a maldição primeiro...

Robbin: sim

Regina se levantou e foi até a loja do Mr. Gold

Regina: Gold, preciso que quebra essa maldição, me um antiduto, qualquer coisa- disse batendo a mão na mesa, nervosa e aborrecida,

Gold(Rumple): Não posso minha Cara, so a salvadora é capaz disso

Regina: então traga ela aqui, agora- disse seria em um tom de voz nervoso

Gold(Rumple): isso eu tbm nai posso, ela tem que encontrar seu caminho sozinha, seguir o que está destinada a fazer

Regina: Ora... Mais essa agora- disse brava

Gold: mas porque esse interesse todo na salvadora e em quebra a maldição?

Regina: Tenho meus motivos, agora me de licença- saiu batendo a porta.

NA TERRA DO NUNCA

Manuh: gancho,

Killian: diga amor

Manuh: porque minhas maos brilharam ?- disse olhando pra elas

Killian: vc deve ter algum tipo de magia

Manuh: nao eu nao tenho- falei meio estressada

Killian: eu acho que tem sim, olhe- disse apontando para minhas mãos que estavam brilhando de novo

Manuh: Nao naonao,- disse me levantando e assustada

Killian: Calma amor, sua magia é boa, é magia de luz

Manuh: magia de luz, é boa ?? Pq isso ta acontecendo comigo

Killian: pq vc é fruto do amor verdadeiro

Manuh: As únicas que sei sobre amor verdadeiro sao as li em um livro, e vai por mim eu nao sou filha da Branca de neve

Killian: Talvez não seja dela, mas de outra pessoa,

Manuh: quem?

Killian: nao sei, mas vou te ajudar a descobrir

Estávamos caminhando ate a caverna do nosso primeiro beijo, íamos passar a noite lá

Killian: chegamos, primeiro as damas- disse fazedno um gesto para eu entrar

Manuh: Obrigada- sorri pra ele entrando na caverna

Ele estendeu o pano que havia pego, para deitarmos, ele se sentou em uma ponta do pano e pediu que eu me sentasse tbm

Killian: vou pegar alguns galhos para fazer uma fogueira, vc ficara bem sozinha ?

Manuh: sim pode ir- eu sorri

Killian: volto logo- me deu um beijo e se levantou.

Quando ele voltou com os galhos eu ja estava dormindo, então se deitou ao meu lado e deu um beijo em minha testa.

Killian: Boa noite amor, prometo te levar pra casa logo...


Notas Finais


Obrigada por lerem... Se não deixou seu favorito deixe por favor❤🙏 comentem o que estão achando❤📖❤📖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...